Verificando processos com o PS

Publicado por Sandro Roberto Ferrari em 30/08/2007

[ Hits: 34.426 ]

 


Verificando processos com o PS



As opções mais importantes são os seguintes:
  • a - mostra todos os processos existentes;
  • e - exibe as variáveis de ambiente relacionadas aos processos;
  • f - exibe a árvore de execução dos processos;
  • l - exibe mais campos no resultado;
  • m - mostra a quantidade de memória ocupada por cada processo;
  • u - exibe o nome do usuário que iniciou determinado processo e a hora em que isso ocorreu;
  • x - exibe os processos que não estão associados a terminais;
  • w - se o resultado de processo não couber em uma linha, essa opção faz com que o restante seja exibido na linha seguinte.

$ ps aux

A seguir, segue a descrição dos campos mostrados anteriormente e alguns que só são mostrados com a combinação lax:
  • USER - nome do usuário dono do processo;
  • UID - número de identificação do usuário dono do processo;
  • PID - número de identificação do processo;
  • PPID - número de identificação do processo pai;
  • %CPU - porcentagem do processamento usado;
  • %MEM - porcentagem da memória usada;
  • VSZ - indica o tamanho virtual do processo;
  • RSS - sigla de Resident Set Size, indica a quantidade de memória usada (em KB);
  • TTY - indica o identificador do terminal do processo;
  • START - hora em que o processo foi iniciado;
  • COMMAND - nome do comando que executa aquele processo;
  • PRI - valor da prioridade do processo;
  • NI - valor preciso da prioridade (geralmente igual aos valores de PRI);
  • WCHAN - mostra a função do kernel onde o processo se encontra em modo suspenso;
  • STAT - indica o estado atual do processo, sendo representado por uma letra:
    R - executável;
    D - em espera no disco;
    S - Suspenso;
    T - interrompido;
    Z - Zumbi.

    Essas letras podem ser combinadas e ainda acrescidas de:

    W - processo paginado em disco;
    < - processo com prioridade maior que o convencional;
    N - processo com prioridade menor que o convencional;
    L - processo com alguns recursos bloqueados no kernel.

Outras dicas deste autor

Calculadora para modo texto

Limpar comentários

Sinais de processos

Descobrindo compartilhamentos NFS de uma máquina

Impressão com CUPS via console

Leitura recomendada

Otimização GCC - Descobrindo o modelo do seu processador

Manipulação de fitas com MT

O comando grep

Calendário no modo console

Criando o comando grub-update no Fedora

  

Comentários
[1] Comentário enviado por f_Candido em 26/08/2008 - 15:45h

Excelente dica. Uma boa descrição.

Abraços

[2] Comentário enviado por Bella em 14/10/2009 - 20:33h

Excelente dica, mas como eu posso fazer para obter a porcentagem que um processo ficou no estado Dormente?

[3] Comentário enviado por VonNaturAustreVe em 07/02/2010 - 18:09h

Gosto de combinar com o kill para killar processos travados.

[]'s

[4] Comentário enviado por marcosnakamine em 31/05/2017 - 14:46h

Quem quiser saber como ordenar os resultados, segue o link:
https://unix.stackexchange.com/a/203345/173113



Contribuir com comentário