Ubuntu e derivados não querem atualizar? Resolva na marra!

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 30/04/2015

[ Hits: 2.318 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Ubuntu e derivados não querem atualizar? Resolva na marra!



Senhoras, senhores, transgêneros, professores e caras da informática aqui do Viva o Linux, aqui começa mais uma Dica do Dino® trazendo para vocês informações tão fresquinhas quanto o cadáver da besta morta por Adam Kadmon, antes do princípio de todas as coisas.

Hoje nós vamos ler um pouquinho sobre um problema comum a muita gente aqui no VOL e que acabou de acontecer comigo. Minha irmã tem um netbook ASUS rodando o Xubuntu 14.04 LTS, mas ela atualmente mora em Campinas (eu moro em Rio de Janeiro/RJ) e deixou o bichinho com minha mãe (que mora em Duque de Caxias/RJ).

Acontece que eu sou o suporte técnico da família, e minha mãe me ligou para dizer que o computador não estava atualizando. Eu estranhei, mas fui ver. Quando eu vi, o computador estava com o mesmo problema que várias pessoas aqui no fórum apresentam: *buntu 14.04 LTS e derivados não conseguem atualizar. Acabei de resolver a fossa criada por essa situação, e vou postar como fiz a pajelança.

Então, peguem seus pentagramas, velas pretas e o nome verdadeiro de seus inimigos e vamos iniciar esse ritual?

Procedimentos

1. Pois ser um slacker, é muito bom às vezes (ou, como só o terminal salva nessas horas)

Quando o computador não quis atualizar, minha primeira providência foi checar a "sources.list". Obviamente, não adiantou muito, do contrário não teria nada demais. Já muito fulo de raiva, ponderei algumas vezes e concluí que o erro estava nas configurações do APT relacionadas à atualização.

Consultando a documentação, vi que essas configurações são armazenadas no diretório /etc/apt. Então, eu tinha que recriá-las na mão, certo?

Mas, antes eu precisaria apagar as configurações brocadas atuais:

# rm -rf /etc/apt/*
# rm -rf /etc/apt/.*

Uma vez removidos esses diretórios, precisamos recriar algumas coisas que o APT vai chiar se não encontrar:

# mkdir /etc/apt/{trusted.gpg.d,preferences.d,sources.list.d,apt.conf.d}

Podemos passar para o próximo passo, agora.

2. Uma "sources.list" que funcione vale mais do que dez Ubuntus voando...

Vamos colocar uma "sources.list" funcional no sistema. Acesse:
... e crie uma "sources.list" a seu agrado. Preste atenção, pois ao selecionar o país dos repositórios, você deve escolher "United States". Selecione os repositórios que lhe interessem, porém, não adicione nenhum PPA agora, e clique em "Generate List!"

Ele vai gerar uma "sources.list" que você poderá baixar usando o comando indicado no próprio site ao invés de copiar e colar que nem um tonto. O comando vai ser algo como:

# curl http://repogen.simplylinux.ch/txt/sources_4093d5d75db63e7d5df64a09f46dddf42ba92c62.txt | sudo tee /etc/apt/sources.list

Só o endereço é que vai ser diferente. Na mesma página, você terá a lista de chaves GPG que deverão ser instaladas (que vai ser nenhuma, porque não selecionamos nenhum PPA), mas não se preocupe com isso agora.

3. Instalando as chaves GPG

Rode:

# apt-get update

Ele vai ler os repositórios mas não vai além disso, pois vai chiar da ausência de certas chaves GPG públicas (que ele próprio exibirá). Instale toda e qualquer chave requisitada pelo apt-get update com os comandos:

# gpg --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv CHAVEGPG
# gpg --export --armor CHAVEGPG | apt-key add -

Faça isso para todas as chaves que ele reclamar de não ter encontrado (como não adicionamos nenhum PPA, serão apenas duas). Rode novamente o:

# apt-get update

E perceba que agora ele conclui o processo sem reclamar de nada. Rode um:

# apt-get upgrade
# apt-get dist-upgrade

E corra pra galera!

Conclusão

E é isso, ubunteiros de plantão.

Fica aqui a Dica do Dino® para resolver a vida de vocês, e eu me despeço desejando a todos vocês compilação longa e próspera.

Outras dicas deste autor

Reiniciando o KDE 5 Plasma sem reiniciar o computador

Subliminal: buscando legendas via terminal

Criando vídeo de teste com color bar e tom de 1 kHz usando o FFMPEG

Instalação do Discord no openSUSE 42.3

Geração automática do menu principal para gerenciadores de janelas

Leitura recomendada

Trocando tela de login do Fedora 17

WindowMaker - Dockando na marra

Driver da Nvidia no Ubuntu 9.04

Locales no Slackware

Embelezando o Ubuntu 16.04

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts