Steam no openSUSE 13.2 64 bits sob o Xfce

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 29/07/2015

[ Hits: 2.490 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Steam no openSUSE 13.2 64 bits sob o Xfce



Gamers e viciados do Viva o Linux, aqui começa mais uma Dica do Dino® acrescentando mais um item ao cardápio de fast-foods do Open McSUSE Tips para os senhores. O item do menu sobre o qual falaremos hoje é o lanche com brinquedinho: Steam.

Steam é a plataforma de streaming de jogos que tem uma montanha de opções para nós, pinguinômacos (viciados em pinguins, antes que vocês procurem a internet inteira por um neologismo criado especialmente para vocês). Recentemente, anunciou-se a vinda de um dos meus jogos favoritos para o GNU/Linux, e lá fui eu instalar o Steam no openSUSE, já rodando meu Xfce de lei. Só que o Steam não abria nem a pau, dando uma mensagem de erro que referenciava o endereço:
Aparentemente, o Steam era incapaz de se conectar ao servidor X.

Enfim, com um pouco de pesquisa encontrei pessoas que passaram pela mesma situação no openSUSE, e a solução é fácil que nem o diabo. Rode os comandos:

cd ~/.local/share/Steam/ubuntu12_32/steam-runtime/i386/usr/lib/i386-linux-gnu
mkdir ~/xcb
mv *xcb* ~/xcb

Cortesia de:
Eu ainda não testei se o GNOME precisa desses arquivos que foram movidos para o ~/xcb, mas o Xfce não precisa deles, então para mim foi seguro removê-los. Se um dia eu voltar ao GNOME eu testo isso e aí digo aos senhores.

E com essa terminamos mais uma Dica do Dino® apresentando o lanche com brinquedinho do cardápio do Open McSUSE Tips aos senhores. Boa digestão, pessoal!

Outras dicas deste autor

Plugin Pipelight no Fedora 20

Aterm pra que? Se eu tenho o RXVT!

Realizando cálculos matemáticos simples usando o vim

Abrindo aplicativos gráficos como usuário root logado como usuário comum sem kdesudo ou gksudo

Inicializando uma máquina virtual no VirtualBox via pendrive USB

Leitura recomendada

Biblivre 3 não reconhece o Postgres [Resolvido]

Melhorando a velocidade de download do Pacman e do Makepkg no ArchLinux

Configurando fone de ouvido no Ubuntu 15.04

Personalizar teclas de atalho de F1 até F12 usando inputrc para o Terminal

Configurando facilmente o menu do GNOME

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Lisandro em 29/07/2015 - 12:45h

Valeu Dino. Boa dica!



Contribuir com comentário