SnowLinux ao estilo MacOS X

Publicado por Glaypson Rocha Façanha em 08/11/2013

[ Hits: 5.581 ]

 


SnowLinux ao estilo MacOS X



Acredito que um dos pontos fortes do GNU/Linux, é poder deixá-lo com a cara que quisermos. Como gosto muito da aparência do MacOS X, procurei várias dicas sobre como deixar o GNU/Linux o mais próximo daquele ambiente gráfico.

Achei as alterações feitas na SnowLinux 4 MATE, a que ficou mais parecida e atual. Repasso agora a quem interessar.

Modificações

A versão que achei mais parecida com um Mac, foi a da Macbuntu baseada em Ubuntu 10.10 que, infelizmente, é muito antiga. Modificando o Snowlinux 4 MATE, baseado no Ubuntu 13.04, consegui ótimos resultados.

Após baixar e instalar a distribuição em sua máquina, passemos às modificações:

1. Nas propriedades do painel inferior, mude para Top e exclua o outro painel. Exclua o menu padrão (botão direito sobre o menu) e inclua o menu principal do MATE. O menu passa a ter só uma coluna de opções. No meu caso, inclui também um indicador de tempo da minha cidade, uma lupa de pesquisa de arquivos e um matador de processos.

2. Instalar Docky e mateconf-editor. Como uso conexão Wireless, instalei também network-manager-gnome e ubuntu-restricted-extras para os codecs, Flash e Javas "da vida".

Para que o Docky apareça em 3D, vá em: Preferências → Janelas → Habilitar composite

3. No Docky, para adicionar aplicativos na barra, é só executá-lo pelo menu e depois clicar com o botão direito sobre o ícone e fixar no Docky.

Dica: quando coloquei o Caja, gerenciador de arquivos do MATE, ele não executava, então, tem que editar como root o arquivo /usr/share/applications/Caja.desktop e mudar a linha Exec, colocando caja /home/seuusuario. Se quiser, pode modificar Name[pt_BR] para Finder, para aparecer na descrição do ícone.

4. Em outros artigos da Internet, nós podemos encontrar links para baixar os temas de ícones e temas do MacOS X Lion no Ubuntu 13.04. Após aplicar o tema e os ícones, vamos mudar a posição dos botões da janela. Execute, no terminal, o configurador dconf-editor e vá em:
  • org → mate → marco → general → button_layout
  • Modifique para: close,minimize,maximize:menu
  • Feche o dconf-editor

5. No GRUB2, podemos colocar uma imagem, tipo Mac, em /boot/grub e executar update-grub2 para que ela apareça no boot. Se quiser instalar o Plymouth e colocar a maçã enquanto o sistema é carregado, também em outros artigos mostram como fazer.

6. Instalei também o Compiz, porque gosto daquelas firulas na tela.

Configurar Compiz:
  • Geral :: Compatibilidade GNOME, Composite, OpenGL
  • Acessibilidade :: Enhanced Zoom Desktop
  • Área de Trabalho :: Cubo da área de trabalho, girar cubo
  • Efeitos :: 3D Windows, Animations, Decoração da janela, Janelas gelatinosas
  • Efeitos compiz:
    • open :: fade -100
    • close :: fade -100
    • minimize :: Magic lamp - 500
  • Extras :: nada
  • Carregamento de imagem :: todos
  • Utilidade :: Compiz library toolbox, Filtragem através de expressões regulares, mouse position polling, D-bus
  • Gerenciamento de janela :: Alternador de aplicativo, colocar janelas, dimensionar, mover janela, redimensionar janela, shift switcher

7. Alterar algumas fontes usadas no GNOME, então, vá em: Sistema → Preferências

Abra a aba Fonts e altere a configuração para:
  1. Fonte de aplicativos :: bitstream vera sans - estilo - roman - tam. 8,6
  2. Fonte de documentos :: aquabase - estilo - regular - tam. 9,0
  3. Fonte da área de trabalho :: trebuchet ms - estilo - negrito - tam. 9,0
  4. Fonte do título de janelas :: lucida grande - estilo - bold - tam. 9,0
  5. Fonte de largura fixa :: bitstream vera sans mono - estilo - roman - tam. 10,0
* Encontrei as fontes também pesquisando na Net.


É isso aí, rapaziada. Agora é só curtir seu "MacOS X Lion".
Linux: Snowlinux estilo Mac OS X


Outras dicas deste autor

Script para avisar compromissos

Leitura recomendada

Blog sobre o Linux

SFTP - Limitando acesso por usuário

Problemas gráficos no Gnome Shell com placa gráfica Mobile Intel GM45 Express Chipset (Dell Inspiron 1545)

Cinco razões que fazem o Ubuntu 9.10 melhor que o Windows 7

Java no Iceweasel do Debian Lenny

  

Comentários
[1] Comentário enviado por glaypson em 08/11/2013 - 10:35h

Só uma correção e um comentário adicional:

O Snow já traz a barra de menus na posição "Top", portanto remova a outra barra que está embaixo.

Se for utilizar o "Compiz", no gerenciador de configurações do compiz não habilte ainda os efeitos "janelas gelatinosas" e outros efeitos do cubo. Pelo menos, aqui na minha máquina não funcionou de primeira. Inclua o comando "compiz --replace" nos "Aplicativos de Sessão". Após reiniciar a sessão aplique os os outros efeitos desejados.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts