Resolvendo problemas com o gtk-config em scripts antigos

Publicado por Eduardo em 21/07/2007

[ Hits: 8.621 ]

 


Resolvendo problemas com o gtk-config em scripts antigos



Alguns scripts de "configure" antigos fazem referência a um programa chamado gtk-config para testar a configuração GTK. Esse arquivo é um script que retorna os parâmetros necessários para compilar um programa GTK.

O problema é que a partir do GTK-2.0 não se usa mais o arquivo gtk-config e passou-se a usar o pkg-config. Por isso os configures mais antigos retornam o seguinte erro:

checking for gtk-config... no
checking for GTK - version >= 1.2.6... no
*** The gtk-config script installed by GTK could not be found
*** If GTK was installed in PREFIX, make sure PREFIX/bin is in
*** your path, or set the GTK_CONFIG environment variable to the
*** full path to gtk-config.
configure: error: Test for GTK failed.

Mesmo se tendo o GTK. Se você não tem disponível uma versão mais nova do programa e não quer instalar uma versão antiga do GTK no seu computador, uma solução é criar um script que traduza as chamadas de gtk-config para pkg-config. Um script bem simples que faz isso é o seguinte:

#!/bin/sh
if test -z $*; then
    args="--cflags --libs"
else
    args=$*
fi
if test "$1" == "--version"; then
    echo "2.10.13" #use a sua versão aqui
else
    pkg-config $args gtk+-2.0
fi

Digite em um terminal o comando:

# emacs /usr/bin/gtk-config

Cole o script acima no arquivo, salve, saia e digite:

# chmod +x /usr/bin/gtk-config

Pronto. Agora é só chamar o configure de novo e vai rodar belezinha.

Abraços.

Outras dicas deste autor

Ralink RT2570 no SuSE 9.x

Leitura recomendada

Cd de Áudio sem pausa entre faixas no K3B

GUFW não abre no Ubuntu 16.04 LTS [RESOLVIDO]

Alô galera FREE, novo Slackware na área

Removendo barra de título ao maximizar programas no Ubuntu

Alternativa ao Format Factory para Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por utikawa em 17/01/2008 - 08:42h

Era isso que eu precisava, obrigado!
Eu só fiz algumas mudanças para funcionar no meu Ubuntu:

#!/bin/sh

if test -z $*; then
args="--cflags --libs"
else
args=$*
fi

if test "$1" = "--version"; then
args="--modversion"
fi

pkg-config $args gtk-dotnet-2.0

Um detalhe: agora está identificando a versão automaticamente! :-)



Contribuir com comentário