Removendo Kernels Antigos Graficamente do Linux Mint

Publicado por Clodoaldo Santos em 28/04/2020

[ Hits: 1.118 ]

 


Removendo Kernels Antigos Graficamente do Linux Mint



Para remover kernel antigo graficamente no Linux Mint, siga os passos abaixo.

1. Abra o Gerenciador de Atualizações e na aba "Ver" , clique em "Kernels Linux":
Linux: Removendo Kernel Anitgo Graficamente do Linux Mint
2. Na janela "Kernel", clique em "Remover Kernels":
Linux: Removendo Kernel Anitgo Graficamente do Linux Mint
3. Agora selecione aqueles que deseja remover e depois clique em "Aplicar":
Linux: Removendo Kernel Anitgo Graficamente do Linux Mint

Obs.: antes de remover os kernels antigos, tenha certeza que todo seu hardware esteja funcionando perfeitamente com o kernel atual!

Outras dicas deste autor

Instalando Etcher no Ubuntu 18.04 LTS

Instalando Steam e VirtualBox no Fedora 24

Instalando LibreOffice no Debian 9 - versão recente

Instalando Grub Customizer no LMDE 3

Y PPA Manager no Ubuntu 14.04

Leitura recomendada

Instalação do GNOME no Debian Sid

Bug do Caja no Docky [Resolvido]

O que fazer após instalar Linux Mint 18

sources.list (e extras) para o Debian 8.0 Jessie

Clique no touchpad! (Fedora 17 Xfce Spin)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por pinduvoz em 28/04/2020 - 03:54h

Tem esse comando para fazer isso:

dpkg -l 'linux-*' | sed '/^ii/!d;/'"$(uname -r | sed "s/\(.*\)-\([^0-9]\+\)/\1/")"'/d;s/^[^ ]* [^ ]* \([^ ]*\).*/\1/;/[0-9]/!d' | xargs sudo apt-get -y purge

Fonte:

https://elias.praciano.com/2014/04/como-remover-versoes-antigas-do-kernel/

Lembro que isso foi também uma dica antiga de um usuário do Ubuntu que morreu muito jovem de uma doença degenerativa. Foi triste a história dele.

Editado:

Vejam: http://ubuntued.info/ganhe-espaco-removendo-kernels-antigos

Lá menciona o mesmo comando, bem como a fonte dele (post do Andre Gondim em seu já desaparecido blog).

E sobre o André Gondim:

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff1011201120.htm

[2] Comentário enviado por pinduvoz em 28/04/2020 - 04:02h

Quando escrevi acima, não estava lembrando o nome do usuário Ubuntu que mencionei (coisas da idade...). E o primeiro nome dele era, coincidentemente, o meu: André.

André Gondim foi um grande incentivador do SL em geral e do Ubuntu em particular. Um pouco do que ele fez, malgrado as limitações que lhe eram impostas pela doença que o acometia (fibrose pulmonar, se não me engano), pode ser encontrado no link abaixo:

https://www.profissionaisti.com.br/author/andregondim/

Ele também publicou por aqui (procurem e acharão nos arquivos do VOL dicas dele).

Após quase dez anos da ida do meu xará para o plano superior, deixo nesta mensagem uma homenagem por tudo que ele fez em favor das causas que abraçou em sua curta vida, especialmente a causa do SL.

Que Deus o tenha em bom lugar.

[3] Comentário enviado por clodoaldops em 28/04/2020 - 06:21h

Eu já usei essa dica do saudoso André Gondim.
Diferença de usar o Gerenciador de Atualizações do LinuxMint é que neste você poderia remover apenas o kernel que você desejar.

[4] Comentário enviado por pinduvoz em 28/04/2020 - 10:44h

Sim, caro clodoaldops. Sua dica é gráfica e diferente. O complemento que postei tem outro escopo e é radical: remove todos os kernels antigos, simplesmente, e é bom deixar pelo menos um deles.
Postei porque achei um complemento interessante a sua dica e também porque aproveitei para relembrar meu xará, merecidamente.

[5] Comentário enviado por clodoaldops em 28/04/2020 - 10:47h

Se não me engano o blog do André Gondim era o Meu Pinguim, não era não?
Eu já usei essa dica dele inúmeras vezes principalmente quando eu usava ubuntu-não-lts



[6] Comentário enviado por pinduvoz em 29/04/2020 - 04:32h

O blog dele usava o seguinte endereço:

http://andregondim.eti.br

E o endereço ainda está ativo, mas com outro tipo de conteúdo.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts