Reinstalando Linux sem fazer backup ou formatação no KDE

Publicado por Adenilson dos Passos em 27/09/2010

[ Hits: 6.694 ]

 


Reinstalando Linux sem fazer backup ou formatação no KDE



Olá galera!

Ultimamente estou usando o KDE Lenny 5.0 na versão stable distribuída pela Mepis e descobri algo interessante para um usuário Linux.

Sabe aquela chatice de ter que "becapear" arquivos antes de fazer uma reinstalação, ou ter que reconfigurar tudo de novo depois de reinstalado, recriar atalhos, preferências, configurações ou até mesmo ter que recomeçar um download do zero depois de ter pausado quase acabando? Isso acabou!

Nesta distribuição, temos a opção de reinstalar o KDE sem precisar deletar a partição /home. É só abrir o instalador e escolher a mesma partição que foi usada antes, sem formatar, e mandar instalar. Escolha as mesmas senha, opções e a opção "atualização do sistema". O software vai te perguntar se deseja realmente escolher a antiga partição /home como a do sistema. Clique em "sim" e mande instalar, reiniciando o sistema.

O computador vai iniciar com um novo splash e um novo grub. Tudo novo, menos a /home. Quando for usar os seus programas ou instalar um que não tenha vindo na versão, você vai ter uma surpresa! No caso do Firefox, vai estar com os seus favoritos, downloads pausados, históricos, complementos e preferências do jeitinho que você deixou.

Se for usar o amsn, os plugins, emoticons e até o login automático, vão estar lá. Caso esteja usando um gerenciador de downloads (Azureus, Deluge, Frostwire etc), os downloads continuarão de onde parou antes da instalação.

Quase tomei um susto ao abrir o Deluge, pensando : - Put's! Vou ter que abrir todos os torrents de novo! Que nada! Estavam lá quase 120 arquivos listados e do jeito que eu deixei. Os completados, intactos. Os incompletos reiniciando o download do ponto onde pararam. Chique, não? Até o Kaffeine abriu as minhas "playlists", do jeito que deixei. Bela sacada do pessoal do Mepis.

Pessoalmente ainda não sei se outra distribuição faz isso. Mas eu sei que o Mepis faz isso em cima de todas. Ou seja; se eu estava usando o Kubuntu ou o Gnome; não importa; ele vai instalar por cima do antigo e manter minha /home, arquivos e preferências, bastando que eu reinstale os programas que estão faltando.

Não tenha medo de sobrescrever, não vai deletar nada. Apenas instalar o que está faltando, ou seja; os arquivos da /usr, /var, /run, /etc. No caso dos repositórios recomendo fazer um backup do seu source.list para não perder, pois a pasta /etc é totalmente reescrita.

Fiz isso e deu certo.

Caso queira testar e tenha medo; faça um backup antes e depois me escreva um comentário do que achou. Ah, até suas preferências quanto à área de trabalho ficam intactas. Apenas o papel de parede e o painel mudam. Por exemplo: se você instalou o KBFX e for instalar de novo ele voltará como antes, já configurado.

Chega de sofrer! É por isso que eu gosto do Linux: prático, bonito e funcional. E o mais importante: livre!

Viva o Linux!

Minha próxima dica será sobre como usar truques de programas baseado no que eu escrevi acima.

Até mais galera!
;-))

NOTA: Mepis é uma distribuição. Seu sistema é baseado no Debian 5.0 Stable e o gerenciador de sessão é o KDE (3.5 e 4.3).

Caso alguém goste do Gnome ou outro gerenciador de sessão, é só instalar. O sistema básico de partições é EXT2 e EXT3, mas instalei em cima de uma Reiserfs sem problemas. Se você sabe o que está fazendo vá em frente.

P.S.: Aprenda a ler o console de instalação.

Outras dicas deste autor

Partições NTFS - Resolvendo problema de montagem

Converter arquivos de áudio com praticidade

Instalando o Firefox sem problemas no Debian Lenny

Leitura recomendada

Imprimindo em uma HP Laserjet 3030 conectada a um Jetdirect através linha de comando

Desafio Linux Hacker

Som no Flash + Firefox + Slackware

Como fazer a cópia (clonar) de um HD para outro

Customizando o SystemRescueCD Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 27/09/2010 - 14:28h

legal, isso,

pq no ubuntu, no mandriva e no sabayon, teóricamente sim,
mas na prática as vêzes dá problema, principalmente no mandriva
e no ubuntu.

Esse parágrafo:

antiga partição /home como a do sistema.

dá a ideía d eque é para fazer a nova Raix, /, no lugar do antigo /home....

mas pelo que entendo não é isso, é para fazer a instalação do novo linux, naraiz, /, sem reformatar e sem mexer na /home é isso?

[2] Comentário enviado por NilPassos em 27/09/2010 - 15:56h

Isso mesmo !

[3] Comentário enviado por bybinhabr em 17/06/2011 - 12:57h

legal! vou tentar aqui... fazer um backup da /home no HD externo e tentar instalar o Ubuntu por cima do OpenSUSE pra ver se rola...

obrigada pela dica!

[4] Comentário enviado por NilPassos em 21/06/2011 - 01:10h

Um detalhe que esqueci de mencionar é o seguinte:
Caso escolha um nome diferente para a home esta será sua home no sistema.Para usar a antiga home você necessitaria digitar o mesmo nome da home como sendo o nome de usuário da nova instalação.Será avisado pelo instalador que já possui uma home com esse nome e se deseja usá-la como a home principal do sistema.Clique em sim.
Você também poderá criar um novo usuário com o mesmo nome da antiga home, será indagado pelo sistema se deseja usar a home já existente como sendo a sua, clique em sim.
Vou ter de fazer uma nova instalação. Desta vez usando o Kubuntu 2011.Assim que terminar posto o resultado.
Até mais

[5] Comentário enviado por NilPassos em 21/06/2011 - 01:15h

Comentário enviado por albfneto em 27/09/2010 - 14:28h:

"Esse pedaço de parágrafo:

antiga partição /home como a do sistema.

dá a ideía d eque é para fazer a nova Raix, /, no lugar do antigo /home....

mas pelo que entendo não é isso, é para fazer a instalação do novo linux, naraiz, /, sem reformatar e sem mexer na /home é isso? "

Sim.Foi isso que quis dizer.
Ps: Desculpe. É que não paro para revisar o que escrevo.Estou aprendendo também...

[6] Comentário enviado por NilPassos em 31/07/2011 - 04:55h

Para instalar o Ubuntu ou o Kubuntu por cima de outra distribuição faça o seguinte :
Entre no console do live cd e digite sudo konqueror ( ou qualquer outro navegador de arquivos que estiver disponível). Se pedir senha vá até a configuração de senha e defina uma senha de root para o Ubuntu normalmente como se faz num sistema instalado.
Altere as permissões de pasta do Hd para leitura e escrita. Ainda nesta mesma janela ( note que assim estou usando o navegador como root ) acesse o Desktop do live cd e abra o instalador.
Sigai todas as etapas normalmente. Escolha particionamento manual. Defina a sua antiga partição como a partição do sistema, não se esquecendo de desmarcar a opção formatar ou não marcá-la.
Digite o mesmo nome de usuário. nome do computador e senha da antiga instalação. O instalador irá avisá-lo sobre uma substituição de arquivos apenas do pacotes conflitantes no sistema, tais como os da /usr ou da /etc. Clique em sim e avance. A instalação iniciará normalmente. Quando terminar, reinicie o PC e pronto! Você estará com uma nova distribuição e um antigo Desktop ( kkk ).
Qualquer dúvida, me avisem.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts