Sbotools: pacotes em .txz, com o "seu nome" e no lugar que você quer

Publicado por Fellype em 16/12/2014

[ Hits: 2.271 ]

Blog: http://scidavisbr.blogspot.com/

 


Sbotools: pacotes em .txz, com o "seu nome" e no lugar que você quer



Complementando um pouco a dica do xerxeslins sobre o Sbotools no Slackware, seguem três opções que podem ser passadas antes do comando sboinstall:
  • PKGTYPE=txz :: para que o pacote criado seja comprimido no formato lzma, ficando com a extensão .txz (o padrão do sbotools é o formato gzip, com extensão .tgz). Arquivos em .txz ocupam menos espaço em disco do que os em .tgz.
  • TAG=sua_tag :: a TAG padrão dos nomes dos pacotes criados com o sboinstall é _SBo. Para alguns usuários pode ser interessante (e/ou útil) colocar sua própria TAG em alguns pacotes.
  • OUTPUT=/caminho/onde/quer/o/pacote :: para que o pacote criado seja salvo na pasta que você desejar, ao invés do local padrão que é /tmp.

Exemplo de uso do sboinstall com (todas) as opções acima:

# PKGTYPE=txz TAG=_fn OUTPUT=/home/seu-usuario/my_packages sboinstall gsl

Isto vai baixar os fontes, compilar, gerar um pacote e instalar o programa gsl (GNU Scientific Library).

Depois de compilado, será criado o pacote gsl-1.16-i686-1_fn.txz, salvo na pasta /home/seu-usuario/my_packages.

Nota: i686 refere-se à arquitetura do computador. Isto também pode ser mudado utilizando ARCH=arquitetura_desejada.

Mas no caso do sbotools, isto só vai modificar a arquitetura "-no nome do pacote gerado-", não na compilação, a não ser que seu Slackware seja x86_64 multilib.


Até mais.

Outras dicas deste autor

Você quer o BrOffice (OpenOffice/LibreOffice) no seu Slackware? Use os buildscripts do SlackBuilds.org!

Criando senhas diferentes para sites diferentes

Chat do Facebook com o Kopete sem problemas

Letras completas no Amarok 2

DESTDIR, PREFIX ou INSTALL_ROOT?

Leitura recomendada

Recuperação de OpenRC e SysVinit em Sabayon Linux

Montando servidor OpenGTS (rastreamento GPS) em GNU/Linux

Exim - Removendo todas as mensagens da fila de espera (spool)

Fazendo cópia de CDs via prompt

Atualização controlada de Sabayon Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 20/12/2014 - 22:41h

Não vejo com bons olhos gerenciadores de pacotes que tem a feature de resolução de dependencia, não no slackware, não é a sua filosofia. Leia, por favor

there are too many potential pitfalls associated with automatic dependency resolution in addition to obvious "political" issues
surrounding it. Rather than create a potentially buggy implementation or risk the perception of "preferential treatment" toward some third-party package management utility, we chose to
omit the inclusion of dependency information (with the exception of noting it in the .info and/or README files). If you want to know what non-Slackware dependencies are required by a
package, see the .info file and/or README file associated with its SlackBuild script.

Fonte: slackbuilds.org/faq/

[2] Comentário enviado por Fellype em 22/12/2014 - 09:26h

malkoongnu,
Postando na íntegra o item 21[http://slackbuilds.org/faq/#deps] da fonte que você citou:

21. Why don't you provide a way to resolve dependency information automatically in your scripts?

The short explanation goes something like this: there are too many potential pitfalls associated with automatic dependency resolution in addition to obvious "political" issues surrounding it. Rather than create a potentially buggy implementation or risk the perception of "preferential treatment" toward some third-party package management utility, we chose to omit the inclusion of dependency information (with the exception of noting it in the .info and/or README files). If you want to know what non-Slackware dependencies are required by a package, see the .info file and/or README file associated with its SlackBuild script.

O Sbotools, é apenas uma interface para "automatizar" a utilização dos scripts providos pelo projeto SlackBuilds.org. Aqui, "automatizar" significa, basicamente, baixar o script (o .SlackBuild), baixar e compilar os fontes e instalar o pacote gerado.
O Sbotools não resolve dependências automaticamente. Apenas limita-se a baixar e instalar as dependências que estão explicitas nos arquivos .info.

[3] Comentário enviado por removido em 22/12/2014 - 14:54h

Resolver dependências é justamente isso: baixar e instalar elas automaticamente. Tanto é que ele nem é nativo no slackware.

[4] Comentário enviado por Fellype em 22/12/2014 - 17:08h


[3] Comentário enviado por malkoongnu em 22/12/2014 - 14:54h:

Resolver dependências é justamente isso: baixar e instalar elas automaticamente. Tanto é que ele nem é nativo no slackware.


Você está certo nisto, mas o Sbotools não instala as dependências sem perguntar ao usuário antes. Ou seja, a dependência só será instalada se o usuário quiser (eu esqueci de mencionar isto no comentário anterior). Obviamente, se a dependência não for instalada, o programa não será compilado e/ou não vai funcionar corretamente.

Quanto a ser nativo ou não no Slackware... Aí a discussão será bem longa... Lembre-se que o slackpkg também não era "nativo" no Slackware, mas agora é.
Agora, não é por que algo não faz parte do desenvolvimento oficial do Slackware que não é bom. Se for utilizado com cautela, o Sbotools te dá um excelente controle sobre o que é instalado no seu computador.

[5] Comentário enviado por edps em 19/04/2015 - 12:39h


Aproveitei esta sua dica para criar uma em meu blog:

https://edpsblog.wordpress.com/2015/04/19/how-to-criando-pacotes-txz-com-o-sbotools/

dica favoritada! bom trabalho!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts