Oracle Java em Debians-like (sem recorrer a PPAs)

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 24/01/2013

[ Hits: 10.639 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Oracle Java em Debians-like (sem recorrer a PPAs)



Saudações, membros do VOL!

A dica de hoje do dino aqui, vai ensinar a instalar o Oracle Java em sua distribuição Debian-like sem recorrer ao PPA da webupd8.org.

Quem me conhece, sabe que eu tenho verdadeiro horror ao conceito de PPA, e sempre procurei formas de contornar a necessidade da existência deles em meu sistema. Hoje, apresento a solução que encontrei para o Oracle Java.

1° passo: Habilitar os repositórios corretos.

No Debian, é preciso habilitar o repositório contrib do testing. No Ubuntu e derivados, é preciso habilitar o multiverse.

2° passo: Instalar o pacote java-package.

Com os repositórios corretos habilitados, o comando abaixo dá conta do recado de instalar.

# apt-get install java-package

3° passo: Baixar o oracle java apropriado para sua arquitetura.

Vá nesta página:
E baixe o Oracle Java JRE ou o JDK. Como o JDK é mais completo, recomendo usá-lo, e esta dica vai partir do pressuposto que você fez a mesma escolha.

Clique no botão "Download", abaixo da imagem escrito "Java" e acima do "Java Platform (JDK)", conforme a figura a seguir:
Aceite o contrato de licença e baixe o arquivo ".tar.gz" correspondente à sua arquitetura, em /home/seuusuario:
  • x86 para: 32 bits
  • x64 para: 64 bits

Poderia ser qualquer outra pasta, mas escolhi o diretório do usuário por questão de simplicidade.

4° passo: Criar e instalar o pacote de instalação do Oracle Java.

Após terminar o download, rode o comando:

fakeroot make-jpkg jdk-7u11-linux-x64.tar.gz

Obs.: O nome exato do arquivo depende da versão que você baixar do site da Oracle.

Este comando criará um pacote ".deb" com um nome parecido com: oracle-j2sdk1.7_1.7.0+update11_amd64.deb.

Mais uma vez, o nome exato depende da versão e da arquitetura que você baixou no site da Oracle. Instale esse pacote com o comando:

# dpkg -i oracle-j2sdk1.7_1.7.0+update11_amd64.deb

O pacote irá configurar seu sistema para automaticamente usar o Oracle Java.

5° passo: Criar os links simbólicos adequados.

Após instalar o Oracle Java, rode os comandos abaixo para criar os links simbólicos necessários para o Google Chrome e o Firefox:

# for i in /usr/lib/mozilla/plugins/ /opt/google/chrome/; do ln -s /usr/lib/jvm/j2sdk1.7-oracle/jre/lib/amd64/libjava.so "$i"; done

# for i in /usr/lib/mozilla/plugins/ /opt/google/chrome/; do ln -s /usr/lib/jvm/j2sdk1.7-oracle/jre/lib/amd64/libnpjp2.so "$i"; done


Reinicie quaisquer navegadores abertos e sinta-se à vontade para usar o Oracle Java sem recorrer a PPA.

Abaixo, você pode ver minha janela de plugins do Google Chrome mostrando que o Java está habilitado:
E com esta o slacker lcavalheiro despede-se, desejando a todos vocês "amplexos dobbsianos" fraternos, e um GET SLACK OR DIE! de brinde. ;-)

Outras dicas deste autor

X-Box no Ubuntu 12.04 - Configurando Joystick

Alterar o gerenciador de login do openSUSE

MAME no Ubuntu 12.04 - Instalação com GNOME Video Arcade front-end

Perdi minha senha de login do computador - E agora?

Slackware Current: Xorg não subindo após upgrade de 21/08/2015

Leitura recomendada

Java - Instalação em três passos no Ubuntu

Copiar o conteúdo de uma lista para outra lista em Java

Convertendo tipo "data" para "calendar" em Java

Universidade XTI - Vídeo aulas

Como instalar e configurar um servidor GlassFish no Eclipse Luna

  

Comentários
[1] Comentário enviado por viniciussilva em 10/12/2013 - 10:42h

kra, realmente muito boa a dica.

[2] Comentário enviado por lcavalheiro em 10/12/2013 - 11:57h


[1] Comentário enviado por viniciussilva em 10/12/2013 - 10:42h:

kra, realmente muito boa a dica.


Valeu!

[3] Comentário enviado por schevenin em 13/02/2014 - 00:25h

Após rodar o comando " $fakeroot make-jpkg " recebi esta mensagem de erro " /usr/bin/fakeroot: line 178: make-jpkg: comando não encontrado "
Já resolvido após instalar o Build-essential e o java-package

$ sudo apt-get install build-essential
$ sudo apt-get install java-package

Após instalação dos dois pacotes rodeio o comando novamente e funfo!

Parabéns pelo tuto Luís

[4] Comentário enviado por lcavalheiro em 13/02/2014 - 11:37h


[3] Comentário enviado por schevenin em 13/02/2014 - 00:25h:

Após rodar o comando " $fakeroot make-jpkg " recebi esta mensagem de erro " /usr/bin/fakeroot: line 178: make-jpkg: comando não encontrado "
Já resolvido após instalar o Build-essential e o java-package

$ sudo apt-get install build-essential
$ sudo apt-get install java-package

Após instalação dos dois pacotes rodeio o comando novamente e funfo!

Parabéns pelo tuto Luís


Hm... a instalação do java-package já constava na dica, mas eu realmente me esqueci do build-essential. Como este último é o primeiro pacote que eu sempre instalo em uma Debian-like, nem me liguei. Muito obrigado pela informação!

[5] Comentário enviado por xerxeslins em 18/02/2014 - 15:41h

SIm, muito bom. A teoria é essa. Aqui eu fiz isso, e tanto o google chrome como o iceweasel, na página de teste do java, diz que o java está instalado.. mas mesmo assim não abre no banco do brasil =(

aparece:

"Problema ao identificar o computador, verifique a instalação do Java. Caso não esteja instalado, clique aqui para realizar a instalação."

mas está instalado!

[6] Comentário enviado por lcavalheiro em 02/03/2014 - 19:48h


[5] Comentário enviado por xerxeslins em 18/02/2014 - 15:41h:

SIm, muito bom. A teoria é essa. Aqui eu fiz isso, e tanto o google chrome como o iceweasel, na página de teste do java, diz que o java está instalado.. mas mesmo assim não abre no banco do brasil =(

aparece:

"Problema ao identificar o computador, verifique a instalação do Java. Caso não esteja instalado, clique aqui para realizar a instalação."

mas está instalado!


É porque o IcedTea não fica habilitado por padrão. Abra a janela de plugins (no Firefox, CTRL+SHIFT+A) e altere de "Perguntar para ativar" para "Sempre ativar". Reinicie o navegador. Eu também passei esse perrengue até me ligar nesse detalhe. Maldito Banco do Brasil rsrsrs



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts