Netflix no Slackware usando wine-pipelight

Publicado por Pedro Guimarães em 22/01/2014

[ Hits: 8.366 ]

 


Netflix no Slackware usando wine-pipelight



Uma solução elegante, que permite rodar plugins, como o Silverlight, de forma "nativa" em um navegador GNU/Linux, usando o Wine.

Requisitos:

Slackware 14.1 x86 ou Slackware 14.1 x86_64 com multilib habilitado.

Pacotes necessários:
Escolha o pacote de acordo com a versão do Slackware que você está usando (pkg para x86, e pkg64 para x86_64). Existe a opção para compilar os pacotes, baixando os SlackBuilds no diretório build, mas ela não irá ser abordada por essa dica.

Observação 1: o Wine é desenvolvido para 32 bits (x86). Por isso, caso esteja usando a versão 64 bits (x86_64), é necessário habilitar o multilib primeiro.

Observação 2: ainda sobre a versão 64 bits, é necessário que você baixe a versão 32 bits do OpenAL, e não a versão 64 bits. Além disso, é necessário usar o programa convertpkg-compat3 (incluído quando se habilita o multilib) para criar um pacote do OpenAL compatível com um sistema multilib.

Para isso, rode os seguintes comandos (na pasta em que se encontra o pacote OpenAL baixado):

# convertpkg-compat32 -i OpenAL-1.15.1-i486-2alien.tgz
# upgradepkg --install-new /tmp/OpenAL-compat32-1.15.1-i486-2aliencompat32.tgz


Observação 3: o pacote webcore-fonts-installer não contém nenhuma fonte da Microsoft, mas o script após a instalação baixa e instala, automaticamente, as fontes Microsoft que o Silverlight exige.

Agora, para testar se tudo foi instalado corretamente, abra um terminal e rode:

pipelight-plugin

Ativando o Silverlight:

pipelight-plugin --enable silverlight

Está quase tudo pronto, só falta instalar um User Agent switcher, pois alguns sites que rodam Silverlight, reportarão seu navegador GNU/Linux como incompatível.

Recomendo o UAControl. Instale-o e o configure dessa forma:
  • Ferramentas → UAControl Options → Add site
  • Em "Site", digite: netflix.com
  • Em "Action", clique em "Custom" e coloque esse User agent: Mozilla/5.0 (Windows NT 6.1; rv:23.0) Gecko/20131011 Firefox/23.0

Abra o Firefox e vá até fds-team.de/pipelight (a pagina de testes do wine-pipelight) e rode o teste do Silverlight. Fazendo isso, o wine-pipelight, automaticamente, irá instalar todos os pacotes do Windows necessários. Aguarde.
Linux: Netflix no Slackware usando wine-pipelight

Caso a página de testes te informe que é necessário limpar o cache dos plugins, vá em about:support, abra a pasta do seu perfil e delete o arquivo pluginreg.dat. Reinicie o Firefox.

Se tudo der certo, hora de curtir. :)
Linux: Netflix no Slackware usando wine-pipelight

Fonte: Alien Pastures » Pipelight: using Silverlight in Linux browsers
(em inglês - acesse para mais informação)

Outras dicas deste autor

Logando automaticamente no Slackware

Firefox no Slackware 14.1 - Traduzido e atualizado

Leitura recomendada

Instalando Spotify no Ubuntu 16.04 LTS

Wine 1.2-rc6 no openSUSE 11.3 64 bits - Corrigindo erro de Time Zone

Super Mario War para Linux - Instalação no Insigne 5.5

Zimbra Open Source (migração, backup e restauração)

Rundeck - alterando a senha de admin

  

Comentários
[1] Comentário enviado por lcavalheiro em 23/02/2014 - 21:22h

Só pra deixar um pitaco, quem resolver compilar tudo tem que seguir a ordem correta:
OpenAL > cabextract > webcore-fonts-installer > pipelight > wine-pipelight

[2] Comentário enviado por PedroBatista em 30/03/2014 - 23:49h

Rodou perfeitamente. Tive apenas que instalar o pacote fontforge para evitar erro com o wine, mas fora isso, nunca vi funcionar tão bem =D
Parabéns

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 14/06/2014 - 10:19h

FAVORITADO TAMBÉM

[4] Comentário enviado por xerxeslins em 14/06/2014 - 10:30h

Recentemente voltai ao Slackware e estou muito satisfeito ( mais uma vez).

Primeiro, o Wine no Slackware funciona melhor que em Linux Mint (onde no meu jogo preferido o scroll não funciona no LM, mas no Slack sim) e agora mais essa do netflix, que com certeza, não tem surpresas e pegadinhas. Basta seguir a dica. Acabei de testar e estou vendo netflix :)

obrigado!

[5] Comentário enviado por lcavalheiro em 14/06/2014 - 18:31h


[4] Comentário enviado por xerxeslins em 14/06/2014 - 10:30h:

Recentemente voltai ao Slackware e estou muito satisfeito ( mais uma vez).

Primeiro, o Wine no Slackware funciona melhor que em Linux Mint (onde no meu jogo preferido o scroll não funciona no LM, mas no Slack sim) e agora mais essa do netflix, que com certeza, não tem surpresas e pegadinhas. Basta seguir a dica. Acabei de testar e estou vendo netflix :)

obrigado!


Xerxes, sabe de uma coisa? No Slackware as coisas são feitas para funcionar. E daí que não tem o PulseAudio (nas palavras de AlienBOB, o pior software já criado para o GNU / Linux), e daí que ainda usa o LILO? A estabilidade e a facilidade de personalização explicam porque o Slack é a distro que está há mais tempo por aí. Sobre a distro, cito Duke Nukem: "Hail to the King, baby!"

[6] Comentário enviado por xerxeslins em 14/06/2014 - 18:37h

@lcavalheiro: verdade!

[7] Comentário enviado por lcavalheiro em 14/06/2014 - 18:44h

Eu vi isso durante uns dois meses nos quais o Fedora rodou no meu notebook. Ainda que a distro não seja um terror administrativo como as Debian-like você percebe os pequenos detalhezinhos que perturbam o juízo, como lentidão, configurações bizarras e tais. No Slack (que voltou esta tarde pro note) não tem nada disso

[8] Comentário enviado por Felipeigor em 19/07/2014 - 15:54h

Excelente dica , favoritado aqui tbm , jaja vou instalar o slack aqui no note e depois vou ver como funciona o netflix :P



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts