Migração braçal do joomla para outro servidor

Publicado por Robson Niedson em 16/01/2008

[ Hits: 10.402 ]

Blog: http://www.niedson.com

 


Migração braçal do joomla para outro servidor



Como escrevi no artigo "Migração de dados no Joomla", que esclarece mais sobre a migração no Joomla, disponível aqui no VOL. A melhor maneira de se fazer a migração de maneira manual (sem auxílio de componente) é da seguinte forma:

Instale um novo Joomla, nesta dica estamos falando de migração da mesma versão, então faça um backup dos seus dados antigos, e faça o INSERT para esta tabela.

Você poderá encontrar a seguinte mensagem, ao fazer o teste:

"The page you are trying to access does not exist"

Isso esta ocorrendo provavelmente porque algum diretório está sem permissão de escrita e execução para acessar o diretório, geralmente isso ocorre com o diretório "components", que não tem permissão execução, foi o que aconteceu comigo. Após vasculhar os fóruns e não achar a solução resolvi navegar pelo meu editor de sites, e este diretório não estava conseguindo ser acessado justamente devido não ter permissão de EXECUÇÃO.

Como vocês sabem, os servidores LINUX possuem o CHMOD como um sistema de segurança muito eficaz para segurança dos arquivos, com ele você define quais arquivos podem ser acessados por terceiros e qual o tipo de permissão ele poderá fazer com o arquivo (executar, ler ou escrever).

No caso do Joomla, é necessário que vários diretórios como o "components", além da permissão de escrita, também possam ter permissão de leitura e execução.

Por isso aquela mensagem de erro é porque o diretório não pode ser lido e por isso, o componente que exibe o fluxo das notícias, menus e outros não funciona.

Se você não conhece, ou não lembra mais, relembre os atributos de permissão do CHMOD.

---------

RELEMBRANDO ATRIBUTOS DE PERMISSÃO DO CHMOD:

O chmod atua basicamente sobre três níveis; usuário 'u', grupo 'g' ou outros 'o'. Tanto pode usar letras como o modo octal para permissões. O modo octal (descrito abaixo) usa números de 0 (zero) a 7 (sete). Usa também letras para designar 'r' leitura, vem do Inglês 'read', 'w' gravação, vem do Inglês 'write' e 'x' vem do Inglês 'execute'.

Para arquivos (-)
0 (zero) permissão negada
1 permissão de execução
2 permissão de gravação
3 permissão de gravação e execução
4 permissão de leitura
5 permissão de leitura e execução
6 permissão de leitura e gravação
7 soma de todas as permissões

Para diretórios (d)
0 (zero) permissão negada
1 permissão para entrar no diretório
2 permissão para gravar dentro do diretório
3 permissão de entrar e gravar no diretório
4 permissão para listar o conteúdo do diretório
5 permissão de listar e entrar no diretório
6 permissão de listar e gravar no diretório
7 soma de todas as permissões

Outras dicas deste autor

Problemas com a tradução no Drupal (CMS)

Leitura recomendada

Descubra o ip de links de uma página sem esforço

Tenha seu próprio velocímetro de internet (teste de banda) em Flash

Tag <video> com autoplay não está funcionando? [Resolvido]

W3Schools.com: tutoriais, referências e exemplos voltados para a web

[RESOLVIDO] Links e botões que não funcionam no navegador

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts