Man pages em formatos de arquivos digitais

Publicado por Ricardo Brito do Nascimento em 12/09/2007

[ Hits: 8.517 ]

Blog: http://brito.blog.incolume.com.br

 


Man pages em formatos de arquivos digitais




É possível converter as man pages do Linux para arquivos digitais e assim ter um arquivo imprimível e portável, o qual poderá ser visualizado mais tarde no ghostview, GNU evince, adobe acrobat reader ou qualquer outro visualizador de formatos digitais.

man pages em PS (PostScript)

PostScript é uma linguagem de programação especializada para visualização de informações, ou uma linguagem de descrição de páginas, originalmente criada para impressão e posteriormente modifica para o uso com monitores ('display PostScript').

A linguagem fornece uma máquina de pilha e comandos específicos para o desenho de letras e figuras, incluindo comandos de traçado e formas de representação de imagens. Foi desenvolvida pela Adobe, tendo como inspiração uma linguagem desenvolvida na Xerox, a InterPress.

O Linux trabalha com o formato PS nativamente.

Podemos obter o arquivo em formato postscript da seguinte forma:

man "comando" -t > "NomeDoArquivo.ps"

A opção -t formata a página em PostScript. O pipe redireciona os dados PS para um arquivo. Esta opção usa "/usr/bin/groff -Tps -mandoc" para formatar as páginas do manual. A saída deste comando pode ter ainda de ser processada por outro antes de a poder imprimir. Exemplo:

$ man ls -t > ls.ps

Transforma a man page do comando 'ls' em um arquivo PostScript chamado 'ls.ps'.

BUGS
  • -t só funciona se existir o programa troff ou equivalente.

man pages em PDF (Portable Document Format)

PDF é um formato de arquivo desenvolvido pela Adobe Systems para representar documentos de maneira independente do aplicativo, hardware, e sistema operacional usados para criá-los. Um arquivo PDF pode descrever documentos que contenham texto, gráficos e imagens num formato independente de dispositivo e resolução.

O PDF é um padrão aberto, e qualquer pessoa pode escrever aplicativos que leiam ou escrevam PDFs. Há aplicativos gratuitos para Linux, Windows e Macintosh, alguns deles distribuídos pela própria Adobe.

PDF pode ser traduzido em português como Formato de Documento Portátil.

Podemos obter o arquivo em formato pdf, a partir do ps, da seguinte forma:

$ ps2pdf ls.ps ls.pdf

O comando ps2pdf converte o formato ps para o formato pdf, possibilitando a independência de sistema operacional.

Imprimindo o arquivo direto do terminal:

$ lpr ls.ps
$ lpr ls.pdf


Possíveis dependências:

$ apt-get install -y evince ghostscript groff
$ yum install -y evince ghostscript groff


Referências:
Outras dicas deste autor

atrpms.repo para yum no rhel4

SSHFS - Montando sistema de arquivos remotos via SSH (Secure Shell)

Instalando pacotes utilizando RPM

Utilizando o comando rsync

LaTeX, BibTeX e PDF sobre Ubuntu

Leitura recomendada

Instalando Debian em servidores DELL

Splash do Grub: Como desabilitar a logotipo que aparece durante o boot do Ubuntu

Replicação no LDAP com slurp

Netflix no Debian Wheezy

Usando o dicionário ispell

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts