Lxde na prática

Publicado por Kevin-Moc em 22/03/2010

[ Hits: 19.197 ]

 


Lxde na prática



Há bons e ótimos artigos sobre o Lxde no VOL, mas nenhum na minha opinião mostrou o ambiente na prática como eu gostaria de ver, mesmo o apresentando muito bem. Concordo que para conhecê-lo é preciso mesmo prática, mas para quem ainda não arriscou instalar, vai mais uma amostra do ambiente.

O artigo Conhecendo o LXDE apresenta os aplicativos do ambiente Lxde, sua instalação, inclusive por compilação e também como alterar o gerenciador de janelas, que por padrão é o Openbox.

Outra dica que recomendo a leitura é a Xubuntu + Lxde, a única ressalva que faço é que no meu caso utilizo o Debian GNU/Linux e, embora com isso tenha mais trabalho para configurar e instalar as coisas que nos *buntu's, no Debian os programas vem em suas configurações padrões, o que acaba tendo um desempenho um pouco melhor, mas Xubuntu e seus aplicativos com ambiente Lxde dão uma combinação muito boa.

Outro bom artigo é o Ambiente gráfico LXDE, vou colocar o link já para a segunda parte do artigo, recomendo inclusive, caso já tenha lido os anteriores, começar a leitura na parte de configuração. Apresenta os objetivos do ambiente, a configuração do Lxde, adição de aplicativos para início automático, alteração do gerenciador de login e adição de temas ao ambiente.

Embora na maior parte dos casos os ícones sejam criados automaticamente, nem sempre é assim e como o LXDE não tem por padrão um editor de menu, basta que seja criado um atalho na estrutura padrão do freedesktop.org, que é um padrão para os ambientes gráficos.

Basta que o arquivo fique no caminho: /usr/share/applications. Os ícones geralmente ficam no /usr/share/pixmaps/programa.xpm, em sua maioria no formato .xpm

Para maiores detalhes, um boa dica explicando a estrutura dos atalhos é:
Existe também programas que criam os atalhos automaticamente, no KDE e Gnome, só não testei o programa Alacarte no LXDE, mais explicações no artigo:
Para que um programa execute automaticamente ao logar no sistema adicione o comando no arquivo: /etc/xdg/lxsession/LXDE/autostart

Uma observação interessante que me incomoda ao rodar qualquer LiveCD com LXDE em máquina virtual pelo Virtualbox é que o sistema automaticamente ajusta a resolução da tela e parece ter uma incompatibilidade entre o ajuste manual e o VirtualBox, acredito que no Vmware deva funcionar.

Para ajustar a resolução de tela use o comando:

# xrandr -s 1024x768

No meu caso eu coloquei o comando no arquivo acima para executar ao logar no sistema.

Porque LXDE?

Um ambiente leve, rápido e funcional. Porque tenho uma cultura de outro sistema operacional e gosto do layout com uma barra de ferramentas embaixo, um menu com os programas e o relógio do lado direito da tela, além de alguns atalhos de teclado que aprendi e aqui também me são úteis.
Win+E, abre o gerenciador de arquivos (PCMan). Suporta abas, facilitando a cópia de arquivos entre 2 ou mais pastas, monta pendrives automaticamente, desmonta apenas com botão direito e também a função de buscar arquivos. Ctrl+Esc abre a lista de aplicativos.
Posso configurar o painel do sistema de acordo com minhas necessidades, adicionei um monitor de rede só para minha conexão 3G da Claro. Ao conectar ele já monitora a conexão. Tenho também um monitor do processador, controle de volume do sistema e relógio digital. Posso adicionar também monitor de bateria e luzes do teclado por exemplo.

Conclusão

O restante fica por conta da seleção de programas leves para acompanhar a sistema.

Segue um screenshot com a lista de alguns jogos que tenho aqui.
Acabei de instalar o Scrot para capturar as telas.

Comentem suas experiências com a ambiente.

Abraços a todos.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Simples pós-instalação do Debian 9 (Strech)

Atualizando Kernel, Xorg e KDE de maneira simples no Slackware 10.2

O medo do Linux

Modem interno Motorola SM56 Si3054 no Linux

Alterando a cor do console

  

Comentários
[1] Comentário enviado por gustavo.x4ids em 01/04/2010 - 18:05h

Olá brother... sou iniciante no linux e escolhi a destribuição Ubuntu para começar... aprendi algumas coisas e me interessei pela proposta de versões "buntu" mais leves com ambiente graficos sem mtos efeitos como Lubuntu e Xubuntu... testei ambas e tive mta dificuldade(e até agora nao descobri) como enxergar pcs em rede Windows... decidi quebrar a cabeça com o Lubuntu q me agradou os recursos oferecidos e vem com o LXDE como base... gostei mto do LXDE tirando esse fato de nao conseguir sequer enchergar outros computadores na rede...

tenho um servidor de arquivos Windows e pelo Lubuntu nao consigo vê-lo...
consigo me conectadar com o Lubuntu na internet por ele normalmente e inclusive meu pc "pinga" outros IPs tb...

li algumas coisas sobre nao conseguir pelo "pcman" ter acesso a pastas compartilhadas, mas nao encontrei nenhuma solução...

o mais proximo q consegui de fazer foi ter o Ubuntu instalado em uma máquina com o gnome e instalar o ambiente gráfico LXDE, ai depois iniciei a sessao com o LXDE e criei um atalho para abrir com o Nautilus... assim eu conseguia acessar a rede e os pcs windows....
mas oq eu quero fazer mesmo é uma instalação limpa do Lubuntu e poder acessar os arquivos na rede...

tem como? alguem pode me ajudar?

obrigado.

[2] Comentário enviado por Kevin-Moc em 02/04/2010 - 16:50h

Da uma lida no:
http://www.guiadohardware.net/dicas/acesso-windows-samba.html

Nesse caso o que deve estar acontecendo é que o Nautilus tem o cliente samba integrado e o Pcman não.

[3] Comentário enviado por Kevin-Moc em 02/04/2010 - 17:23h

Um detalhe, a integração com o cliente samba com o Pcman já funciona desde a versão 0.9.3 atualmente estou usando a versão 0.5 no Lenny

Da uma lida nessa dica também, o gigolo pode resolver o seu caso.

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Gigolo-alternativa-para-montar-shares-do-Samba



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts