Livrando-se dos "pacotes órfãos"

Publicado por Gleudson Junior em 25/07/2008

[ Hits: 7.887 ]

Blog: http://www.gleudsonjunior.blogspot.com/

 


Livrando-se dos "pacotes órfãos"



Quando instalamos um determinado pacote, o sistema procura e atualiza automaticamente todos os outros pacotes necessários para o funcionamento do mesmo.

O grande problema é que na hora de remover um pacote usando o "apt", muitas de suas dependências permanecem no sistema. Chamamo-las de "pacotes órfãos", que na realidade não serão mas utilizados e apenas ocupam espaço no HD.

Para removermos esses pacotes, podemos instalar um programa, o deborphan, que faz muito bem esse trabalho. Ele realiza uma busca refinada em todo o sistema à procura desses "órfãos".

Para instalar o programa basta acessar um terminal e digitar o seguinte comando:

$ sudo apt-get install deborphan

Para listar os pobres "órfãos", vamos digitar o comando:

$ deborphan

Podemos utilizar também os seguintes parâmetros:

$ deborphan -P - mostra a prioridade do pacote encontrado

$ deborphan -z - mostra o tamanho do pacote encontrado

Para nos livrar dos "pacotes órfãos", basta digitar o seguinte comando:

$ sudo deborphan | xargs sudo apt-get -y remove --purge

Podemos também removê-los separadamente:

$ apt-get remove "pacote1" "pacote2" ...

O deborphan listará somente pacotes que realmente não estão em uso. Portanto, removê-los não afetará em nada o seu sistema.

Então... é isso! Até a próxima.

"Free by necessity ... Linux by choice"

Fonte: http://gleudson.blogspot.com

Outras dicas deste autor

Evento Debian DIA D 2008

Livrando-se dos "pacotes órfãos" (modo gráfico)

Que tal sombras e efeitos sem precisar do compiz?

Emulando jogos de Super Nitendo no Linux

Software Livre através de adesivos

Leitura recomendada

Sistema de Arquivos - Backup e Restauração de Permissões

Trocar Linux de patição / HD sem clonagem

Instalando o XFE - Resolvendo os problemas mais comuns

Fontes True type no Linux

Gparted - Uma alternativa ao Qtparted e Partition Magic

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário