Linux agora também é cristao!

Publicado por Marcus-RJ em 25/11/2006

[ Hits: 8.492 ]

 


Linux agora também é cristao!



Hoje em dia existem distribuições Linux para todos os gostos. Há quem diga que este é um ponto negativo do Linux, outros discordam, acham positivo. Mas isto não importa agora, pois esta dica irá falar da distribuição Ichthux.

O Ichthux é uma distribuição voltada para o público cristão, com isso possui algumas diferenças que a fazem especial. Entre elas estão: bloqueio a conteúdo web impróprio, ícones cristãos e até emoticons personalizados para salas de bate-papo.

Segundo os desenvolvedores deste novo software, o Linux foi escolhido porque "softwares de código aberto são compatíveis com os valores cristãos e o Linux deve ter seu lugar em igrejas, escolas e casas cristãs" (meio messiânico, né"?).

O Ichthux pretende disponibilizar versões da Bíblia em dez línguas, incluindo o hebreu, além de diversos utilitários para consulta apologética. O nome Ichthux vem de ichthus, palavra grega para peixe. O software é representado por dois arcos que se cruzam, a figura é um antigo símbolo cristão. O Ichthux e baseado no Kubuntu.

Para saber mais, não perca tempo, experimente logo essa distribuição.

Download da distribuição: www.ichthux.com

Fonte: www.tudolinux.com.br

Outras dicas deste autor

Instalar Debian 4 em modo gráfico

Leitura recomendada

Baixe já sua Revista Fedora!

Mostrar a previsão do tempo com PHP

Como atribuir um rótulo a um pendrive no Linux (ou outro dispositivo USB)

Script para servidor espelho entrar no ar e notificar o administrador

Comandos básicos que você precisa aprender para usar o terminal no Ubuntu

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Alan_MMW em 25/11/2006 - 21:40h

gosto muito disso cara
sou cristão
vou daar uma olhada pra como eh essa distro.

[2] Comentário enviado por in54no em 25/11/2006 - 21:48h

Ola, otima dica, acho muito legal este tipo de iniciativa, gosto mesmo!
Té mais, fiquem com Deus!
In God We Trust :)

[3] Comentário enviado por morronix em 26/11/2006 - 00:44h

legal cara.mas agora eu jah uso ubuntu..hehehehe...tomara que de comercialmente certo essa distro,seria muito interessante para as igrejas que mantém projetos sociais...In God we trust forever!!

[4] Comentário enviado por midgardsoul em 26/11/2006 - 12:36h

Valores cristãos?
Isso só pode ser piada...
Nada contra os religiosos ai, mas tecnologia e religião não são compatíveis. Um contradiz o outro. É como ter um criacionista chamando chipanze de vovo.
Absolutamente non-sense.

[5] Comentário enviado por albertguedes em 26/11/2006 - 13:57h

Desculpa midgardsoul, mas não vi exatamente onde está a incompatibilidade do uso de tecnologia para fins religiosos.
Pelo artigo, ela até ajuda.

[6] Comentário enviado por nissieloin em 27/11/2006 - 08:41h

midgardsoul, concordo plenamente com albertguedes. Faço parte da Igreja que detem os maiores tecnólogos do país. Inclusive o Bispo presidente é um doutor físico nuclear. Bem como professores de universidade, feras de programação, hardware, REDES LINUX e diversos outros. Sei somente que a GPL, FSF e o GNU só seguem as diretivas básicas do cristianismo.

Muito bom artigo, fiquem com Deus.

[7] Comentário enviado por nissieloin em 27/11/2006 - 08:43h

Freely you have received, freely give (Matth 10:8)
De graça recebestes, de graça dai. (Mateus 10.8)

[8] Comentário enviado por JefersonLopes em 27/11/2006 - 11:10h

midgardsoul, você está sendo preconceituoso e querendo gerar polêmica.

Se ler a Bíblia em 2 Reis, capítulo 2, versículo 11, vai entender do que estou falando, e não me diga que aquilo é "estórinha", pois, te farei a seguinte pergunta: - Como você acha que o povo naquele tempo iria explicar por exemplo um avião ou helicóptero, ou mesmo um OVNI?

Nós não somos nada além de pó, simples moléculas de carbono.

[9] Comentário enviado por midgardsoul em 27/11/2006 - 12:19h

Não estou sendo preconceituos, só o que fiz foi dar minha opinião (bem como todos os demais); mas admito que gerei polêmica aqui.
Eu poderia, sim, rebater todos os outros comentários e seus respectivos autores também o fariam; mas não vou. Justamente porque o intuito não era gerar polêmica, nem um flame wars.
Então, como disse no comentário anterior, nada contra os religiosos.
Afinal, religião é que nem gosto.. não se discute.
É isso ae, desculpe a quem se sentiu ofendido, realmente não era a intenção.
MidgardSoul

[10] Comentário enviado por nusk em 27/11/2006 - 16:55h

Caralho que infame!!! Vou criar a distribuição para ateus também!

[11] Comentário enviado por megatux em 28/11/2006 - 01:02h

Caros,

Acredito que o foco primário aqui seja o nosso amado GNU/Linux, e não religião. Também não sou religioso e detesto quando tentam me convencer que a "minha religião salva, as outras são todas mentirosas ...". Enfim, a dica (propriamente dita) demonstra que o Linux atinge a todas as camadas, seja ela social, religiosa e/ou política. E nos tempos atuais isto sim pode ser chamado de milagre, pois une os homens em prol do benefício mútuo, sem distinção de cor, raça, classe social ou crença. Mais uma do Software Livre ...

Abraços

[12] Comentário enviado por marcus-rj em 28/11/2006 - 02:32h

Confesso que quando elaborei esta dica não imaginei que ela seria publicada, muito menos que geraria tanta polêmica. Como autor da dica, concordo com o megatux, o importante não é agente entrar num debate religioso, mas sim levantar o poder de ação do software livre nos mais diversos setores. Isto é claro, befeciando a comunidade do software livre e os seus usuários. Importante ressaltar também que poderíamos aproveitar para comentar a distribuiçaõ em sí, e dizer o que acharam dela. Em breve vou descrever detalhes das particularidades dessa distribuição.
Abraços a todos!!

[13] Comentário enviado por lmarcosleite em 28/11/2006 - 17:14h

Concordo com a msg posta anteriormente, ao invés de entrar em debate religioso vamos testar a distribuição e comentar do ponto de vista técnico, assim que puder irei fazê-lo.

[14] Comentário enviado por EdDeAlmeida em 28/11/2006 - 18:10h

Não sou cristão. Na verdade, sou um ateu convicto e inabalável. Mas acho que a iniciativa de uma distribuição específica é válida.

Nós que militamos no software livre somos defensores da liberdade, não somos? Afinal, lutamos contra a tirania do software proprietário e a opressão do poder econômico que mantém tantos excluídos digitais. Em meio a isso, temos de defender o direito de cada grupo de lutar pelo que acredita, exercendo suas liberdades e sua cidadania.

Que sigam em frente os cristãos, com seu Ichthux. E se precisarem de ajuda estaremos aqui.

Não vejo porque a tecnologia se oponha à religião. No meu entender é o bom senso que se opõe à religião, mas isso é uma opinião pessoal e não tenho qualquer direito de impô-la a quem quer que seja. De expressá-la sim, pois a liberdade religiosa (ou não) é uma garantia constitucional.

Minha esposa é cristã evangélica. E convivemos em perfeita harmonia. Eu respeito as convicções dela, na mesma medida em que ela respeita as minhas.

Quanto aos valores cristãos, acho mesmo que devem ser propagados. Se ao menos metade da humanidade se comportasse como a bíblia diz que Jesus mandou, o mundo seria bem melhor. Isso vale, inclusive para muitos que se dizem cristãos e não ligam para nenhum dos mandamentos do Cristo.

O mundo precisa muito de ética. E se a única maneira de alguns terem ética é pela religião, que seja!

[15] Comentário enviado por EdDeAlmeida em 28/11/2006 - 18:16h

Bonito, Megatux. É assim que se fala.

E nusk, quando for criar sua distribuição para ateus, conte comigo.

[16] Comentário enviado por landor em 19/02/2007 - 01:02h

Tenho certeza que a tecnologia e dom de Deus e tudo que vier para somar para a humanidade e bem vindo.Sou cristaõ sou de Deus e não abro mão de ser filho do rei.gostei muito da iniciativa

[17] Comentário enviado por removido em 20/06/2007 - 16:27h

OU, já existia software "cristão"!!!

O M$ Windows cobra DÍZIMOS TRÍZIMOS QUADRÍZIMOS e tudo mais...

E como são as coisas, o "cristão" lá em cima chamando o rapaz de preconceituoso, mas ele nem pôde mostrar a opinião dele que foi bombardeado pelos "irmãos"...

sem contar o outro se crescendo pelo "pastorzinho" que é "fisico nuclear", Ah me poupe, inteligência e conhecimento independe de questões filosóficas ou religiosas...

Sejamos LIVRES pessoal, LIVRES!!!

[18] Comentário enviado por Teixeira em 28/11/2007 - 23:44h

Outro dia esbarrei com uma "Christian Edition" no site do Ubuntu...
Não fui muito fundo, mas deu para perceber que se trata de uma distribuição comum, com extensões em forma de wallpapers e alguma outra facilidade que lembrem a prática constante do cristianismo, mesmo no ambiente Linux.
A idéia é boa - no geral - mas não sei o quanto realmente o é.

O amigo edlonewolf só é realmente ateu porque Deus EXISTE !
(Se Deus não existisse, pois mais que você assim o desejasse, não conseguiria ser ateu...)
Isso é uma brincadeira amena, sem sentido de ofensa.
Para o rodrigo.capellini, devo esclarecer que jamais uma obra CRISTÃ será reconhecida através do DÍZIMO, que é uma peça fundamental da lei mosaica (e não da graça cristã).
O cristão é reconhecido pelo rastro que deixa, e que tem de estar pautado nos rastros do Mestre.
O dízimo é adotado atualmente apenas como forma justa de organização social das igrejas.
Jesus Cristo cumpriu TODA a lei (segundo o texto da Bíblia) para nos redimir, e não deixou nenhuma "ponta solta"....
Mas vamos parar por aqui, porque não é esse o foco do artigo nem da comunidade.
Um grande abraço a todos!



[19] Comentário enviado por barklome em 24/06/2010 - 22:42h

Religiao e linux naum se discute

hehehe



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts