Linux - Brincando com o comando ifconfig

Publicado por Roberto Rodrigues da Silva em 23/10/2006

[ Hits: 212.028 ]

 


Linux - Brincando com o comando ifconfig



O comando ifconfig é utilizado para atribuir um endereço a uma interface de rede ou configurar parâmetros de interface de rede.

Aqui irei descrever somente algumas "curiosidades/brincadeiras" para quem ainda não sabe.

OBS: Neste e em outros documentos que eu escrevi, a formatação do texto possui os seguintes significados:
  • O "#" significa que o comando dever ser executado como usuário "root".
  • O "$" significa que o comando deve ser executado como usuário sem privilégios.

1 - Alterando o Mac Address:

O Mac Address da placa de rede teoricamente não pode ser alterado fisicamente, mas pode ser alterado virtualmente. Nos sistemas like-unix/Linux é utilizado o comando ifconfig, segue um exemplo.

É necessário estar com a placa de rede desativada:

# ifconfig eth0 down

Agora altere o Mac Address:

# ifconfig eth0 hw ether 00:D0:D0:67:2C:05

Agora ative a placa de rede e configure o endereço IP/Mask:

# ifconfig eth0 192.168.0.1 netmask 255.255.255.0 up

OBS: Altere o endereço de Mac Address, IP e NetMask para o seu.

2 - Adicione um segundo endereço IP (apelido/alias):

Essa opção é muito utilizada para você ter mais de um endereço IP na mesma interface de rede. O detalhe está na hora de especificar a interface, você pode ir colocando uma "interface:numero" para cada novo endereço.

Segue abaixo o exemplo:

Adicionando o primeiro endereço:

# ifconfig eth0 192.168.0.1 netmask 255.255.255.0 up

Adicionando o segundo endereço:

# ifconfig eth0:1 10.0.0.5 netmask 255.255.255.0 up

Adicionando o terceiro endereço:

# ifconfig eth0:2 172.16.12.78 netmask 255.255.255.0 up

Agora digite o comando ifconfig para exibir o resultado:

# ifconfig

Você verá os alias/apelidos da interface eth0 e os seus endereços IPs.

3 - Ativar/Desativar modo promíscuo:

O modo promíscuo permite que a interface de rede receba todos os pacotes que passam por ela, mesmo os que não são destinados a ela. Técnica muito utilizada para monitorar o tráfego da rede (sniffing), tanto para o "bem" quanto para o "mal".

Para ativar o modo promíscuo:

# ifconfig eth0 promisc

Para desativar o modo promíscuo:

# ifconfig eth0 -promisc

Para verificar se alguma interface está em modo promíscuo:

# ifconfig | grep -i PROMISC

A saída do comando acima deve ser equivalente a:

"UP BROADCAST RUNNING PROMISC MULTICAST MTU:1500 Metric:1"

Dica de segurança: Se você notar que sua rede está sendo monitorada indevidamente ou que sua rede ficou muito lenta recentemente. Utilize o comando acima em seu gateway ou qualquer outro host suspeito para verificar se a placa de rede está operando em modo promíscuo. Você pode estar sofrendo um ataque de algum sniffer em algum host da sua rede.

4 - Alterando o tipo de mídia:

Alguns exemplos para configurar o tipo de mídia que sua interface está utilizando. Alguns tipos: auto, 10base2, 10baseT, 100baseT, 1000baseT, entre outros tipos...

Alterando o tipo da mídia:

# ifconfig eth0 media 10baseT

OBS: Sua interface deve suportar o tipo de mídia que você quer configurar. Algumas interfaces de rede não suportam essa mudança e irá aparecer a seguinte mensagem de erro:

"port: SIOCSIFMAP: Operation not supported"

Fim.

Recursos: Manual do ifconfig (man ifconfig)

http://robertors.bs2.com.br

Outras dicas deste autor

Configurando proxy no APT-GET

Link simbólico e hardlink

Leitura recomendada

Como limpar os comentários do squid.conf

APT com cores e barra de progresso

O que fazer após instalar Ubuntu 16.04 LTS

Mostrar ou ocultar ícones da área de trabalho do Fedora MATE

Configurar driver NVidia no SUSE 10.1

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mlegidio em 23/10/2006 - 06:18h

Ja tinha lido um artigo com as mesmas informações, mas como nunca usei acabei esquecendo. Mas valeu sua dica pra lembrar as informacoes mais importantes.

[2] Comentário enviado por pedemesa em 23/10/2006 - 09:31h

Muito bom!

[3] Comentário enviado por lennon.jesus em 23/10/2006 - 11:55h

Valeu pelas informações!

Abraços.

[4] Comentário enviado por aborges_br em 23/10/2006 - 14:38h

Roberto, muito interessantes as dicas. Uma pergunta: como faço para verificar em que velocidade está configurada a placa de rede? Agradeço anteciapadamente.

[5] Comentário enviado por jakovski em 24/10/2006 - 19:56h

good job !

viu vc eh de maringa roberto !?

[6] Comentário enviado por paulo.ubuntu em 20/02/2007 - 17:41h

Muito bom o comentário...

[7] Comentário enviado por Thiago Madella em 10/07/2008 - 17:09h

Muito bom amigo.

[8] Comentário enviado por nielsenyuri em 15/02/2011 - 16:08h

dica muito boa para quem esta começando a estudar linux

[9] Comentário enviado por gonzalezsm em 17/02/2011 - 10:56h

otimo post.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts