Lendo registros formatados de arquivo de texto em bash

Publicado por Perfil removido em 29/04/2013

[ Hits: 4.957 ]

 


Lendo registros formatados de arquivo de texto em bash



É possível ler informações de um arquivo através do bash de um modo muito semelhante ao que o comando cut e a linguagem AWK proporcionam.

De modo que, pode-se pensar todo o problema em bash, evitando alguma complicação na mistura das duas linguagens.

Veja o fragmento do arquivo /etc/group:

root:x:0:
daemon:x:1:
bin:x:2:
tty:x:5:
disk:x:6:
uucp:x:10:
man:x:12:
proxy:x:13:


Ele possui o caractere ":" como separador de campos e possui quatro campos em cada registro (linha).

Usa-se o comando read coma opção "-a" em um laço while para a leitura. Além disso, deve-se mudar o default de separação de campos nesse tipo de leitura. A variável que determina isso, é a variável IFS (Internal Field Separator).

Dependendo da situação, pode ser bom guardar o valor da IFS para restaurá-lo posteriormente, de modo a não ter nenhuma surpresa.

Para a entrada dos dados do arquivo /etc/group, há dois modos: um no início e outro no fim:
  • 1º ao INÍCIO: cat /etc/group | while read -a i; do ...
  • 2º ao FIM: ... done < /etc/group;

A desvantagem do primeiro, é o fato de que o "pipe" executa o "while" em uma subshell e qualquer variável usada antes e fora desse "pipe", deve ter sido previamente exportada (comando export).

A opção "-a" aplica um split (quebra, separação, fragmentação) da linha lida naquela etapa do laço, de modo que a variável "i" é, na verdade, um array. O primeiro item desse array é ${i[0]}. Depois segue ${i[1]}, ${i[2]} ... Os campos são definidos pela variável IFS.

Concluindo com estes fragmentos de códigos:

1.

OLD_IFS=$IFS
IFS=:

while read -a i; do

      echo -e "group:\t${i[0]}";
      echo -e "passwd:\t${i[1]}";
      echo -e "gid:\t${i[2]}";
      echo -e "users:\t${i[3]}";

done < /etc/group

IFS=$OLD_IFS


2.

OLD_IFS=$IFS
IFS=:

cat /etc/group | while read -a i; do

      echo -e "group:\t${i[0]}";
      echo -e "passwd:\t${i[1]}";
      echo -e "gid:\t${i[2]}";
      echo -e "users:\t${i[3]}";

done < /etc/group

IFS=$OLD_IFS


Outras dicas deste autor

Ícones no tray do Ubuntu 11.04 e 11.10

Proteção contra phishing no Opera 9.10

Atualizando o kernel nos Ubuntu Like sem trauma... mesmo!

Synaptic com proxy

Logando pelo GDM como root

Leitura recomendada

Selecionando registros de um arquivo texto com o awk

Instalando Astah Community no Deepin OS

IP em modo texto (modem router)

Script para manter VPN PPTP ativa

Linux Omni-bot Autosetup 2011, programinha que facilita o uso do Omni-bot

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts