Instalando o Snort no Debian

Publicado por Leonardo Damasceno em 16/09/2009

[ Hits: 21.781 ]

Blog: https://techcraic.wordpress.com

 


Instalando o Snort no Debian



Snort é um "farejador" que analisa todo o tráfego da rede, porém não toma nenhuma atitude. Neste tutorial você verá como integrar o Snort com o Guardian. O Guardian, por sua vez, toma a ação de atualizar o iptables com os alertas gerados pelo Snort, ou seja, ele interpreta o log do Snort e atualiza a regra do iptables.

Antes de iniciar, vamos colocar os seguintes mirrors em nosso sources.list:

deb http://ftp.us.debian.org/debian lenny main contrib non-free
deb http://de.debian.org/debian squeeze main

Agora vamos atualizar a lista de pacotes:

# apt-get update

Criar diretório IDS na raiz:

# mkdir /IDS

Criar diretório para instalação do http:

# mkdir /www

Copiar todos os pacotes para /IDS:

# cp snort-xxx.tar.gz /IDS
# cp http-xxx.tar.gz /IDS


Descompactar em /IDS e fazer a compilação:

# tar -zxvf http-xxx.tar.gz
# cd http-xxx


Obs.: Verifique se o pacote build-essential está instalado, pois utilizaremos o compilador GCC e esse pacote já vem o GCC e outros softwares. Caso não esteja devidamente instalado, utilize:

# apt-get -y install build-essential
# ./configure --prefix=/www
# make && make install


Verifique se o iptables está instalado e sua versão utilizando:

# iptables -V

Antes de instalar o Snort, vamos instalar a Libcap, que é necessária para a instalação do Snort:

# apt-cache search libpcap

(assim verificamos o nome e a versão do pacote)

# apt-get -y install libpcap0.8-dev

Foi utilizada a versão 0.8 da libpcap.

Precisamos instalar também o Libpcre:

# apt-get -y install libpcre3-dev

Agora vamos instalar o Snort-xxx:

# tar -zxvf snort-xxx.tar.gz
# cd snort-xxx
# ./configure
# make && make install


Crie os seguintes diretórios:

# mkdir /etc/snort
# mkdir /etc/snort/rules


Ainda no diretório /IDS/snort-xxx faça:

# cd etc/
# cp classification.config gen* threshold.conf unicode.map sid* snort.conf reference.config /etc/snort/


Agora vamos colocar as rules baixadas do site snort.org (lembrando que é necessário ter login no referido site para baixar as rules):

# cd /IDS
# tar -zxvf snortrules-snapshot-CURRENT.tar.gz
# cd rules
# cp * /etc/snort/rules


Obs.: O link direto para download é: snortrules-snapshot-CURRENT.tar.gz

Para isso você precisa ter login, mas para criar seu login no site é FREE, grátis. :)

Crie o arquivo que irá guardar os logs:

# mkdir /var/log/snort
# cd /var/log/snort
# touch alert


Para rodar o Snort, edite o arquivo:

# vim /etc/snort/snort.conf

Altere a linha:

var RULE_PATH ../rules

Para:

var RULE_PATH /etc/snort/rules

E faça assim:

# snort -c /etc/snort/snort.conf -o

Ou melhor:

# snort -c /etc/snort/snort.conf -o -i eth0 -D

Definição do Guardian:

"O Guardian, é uma ferramenta que lê os logs do snort em tempo real e bloqueia algum ataque que esteja vindo de algum lugar na internet, ou melhor, bloqueia alguma coisa que possa vir a ser um problema para seu servidor e/ou você." - Snort + MySQL + Guardian + ACID - ataliba.eti.br

Agora vamos instalar o Guardian:

# cd /IDS
# tar -zxvf guardian-1.7.tar.gz
# cd guardian-1.7/scripts


O programa Guardian utiliza sempre os scripts denominados guardian_block.sh e guardian_unblock.sh. Assim, deverão ser copiados para os arquivos com esses nomes correspondentes ao firewall que pretendemos utilizar. Copie:

# cp iptables_block.sh /usr/bin/guardian_block.sh
# cp iptables_unblock.sh /usr/bin/guardian_unblock.sh
# chmod 755 /usr/bin/guardian_block.sh /usr/bin/guardian_unblock.sh
# cd ..
# cp guardian.pl /usr/bin
# chmod 755 /usr/bin/guardian.pl
# cp guardian.conf /etc/


Vamos configurar alguns parâmetros no guardian.conf:

Interface eth0 #Interface eth0, a que terá os terminais bloqueados
AlertFile /var/adm/secure #Mude para /var/log/snort/alert
TimeLimit 86400 #Mude para um valor em segundos que pretendemos que o endereço IP fique bloqueado pela firewall. O valor 99999999 remove esta opção.

Crie o arquivo de log do guardian:

# touch /var/log/guardian.log

Crie o arquivo guardian.ignore com os endereços IP que se pretende ignorar:

# touch /etc/guardian.ignore

Inicie o Guardian:

# guardian.pl -c /etc/guardian.conf

Caso retorne um erro relacionado a seu IP, ex.:

Warning! HostIpAddr undefined!
Attempting to guess...

Abra o arquivo /etc/guardian.conf, no começo do arquivo, descomente a linha:

# HostIpAddr

Deixando assim:

HostIpAddr SEUIP

Ex.: HostIpAddr 192.168.0.102

Agora, tente de novo iniciar o Guardian...

Para visualizar o log use:

# tail -f /var/log/snort/alert

Uma observação importante é que o Snort, com o pacote básico das regras, gera muitos falsos positivos, porém serve muito bem, mas caso você tenha uma rede grande, e queira um alto nível de segurança, seria bom comprar as regras!

Onde comprar? No próprio site do Snort

Outra coisa que queria deixar bem claro é que não houve cópia, esse tutorial realmente foi TOTALMENTE elaborado por mim e postado em meu blog:
Porém, faz muito tempo que o fiz, então, busquei algumas referências em blogs e outros sites, mas não me lembro de todos.

Um abraço :)

Referências:
Outras dicas deste autor

PostgreSQL com encoding LATIN1

Adicionando o IMSpector em seu pfSense

NetGrok, uma ótima ferramenta para monitoramento

Configurando WPAD

Quatro áreas de trabalho no Debian com Compiz

Leitura recomendada

Adicionando o repositório brasileiro no ArchLinux

Projeto Spider - Estendendo o Synfig

A importância de validações no lado do servidor

Criando usuário para reiniciar ou desligar o Debian com segurança

Integrando Windows 7 ao Samba

  

Comentários
[1] Comentário enviado por xlipesousa em 14/03/2013 - 11:55h

Olá, instalei o Snort + Guardian e estava funcionando legal, depois que instalei o MySQL e configurei o BASE (acidbase) o Snort parou de gerar logs no /var/log/snort/alert, com isso o Guardian parou de bloquear também. Vejo todos os pacotes pelo BASE e a conexão com o banco está ok, mas nada de log. Alguém pode me ajudar?



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts