Instalando facilmente Mercury Messenger 2.0 RC5 no OpenSUSE e no Mandriva

Publicado por Alberto Federman Neto. em 18/01/2010

[ Hits: 11.461 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Instalando facilmente Mercury Messenger 2.0 RC5 no OpenSUSE e no Mandriva



Mercury Messenger é um dos melhores e mais bonitos mensageiros instantâneos (substitutos do MSN) para Linux. O pacote clássico é para Ubuntu e distribuições baseadas no Debian (empacotamento .deb), mas existem versões RPM (para openSUSE, Mandriva, Fedora, Red Hat etc) e as antigas para Slackware (pré-compiladas e funcionam em muitas distros, inclusive Gentoo e Sabayon).

Ele pode ser instalado em muitas distribuições, de várias maneiras:
A principal desvantagem dos processos de instalação vistos acima é que os links estão desatualizados ou só instalam as versões antigas.

Esta dica é sobre a instalação da versão nova (2.0 RC5-9.1) do Mercury Messenger no openSUSE e no Mandriva.

A) Instalando em openSUSE:

Há vários métodos, como se pode ver neste wiki, com a instalação da versão multi-arquitetura (no Arch 32 e 64 bits) que exigem a adição de repositórios (usando Yast ou Zypper), manual ou semi-automática, o que não é tão conveniente.

Baseado nesses métodos, desenvolvi um procedimento bem mais simples.

1) baixe a versão adequada à sua arquitetura (32bits, i586, ou 64 bits, ou NoArch, se preferir) diretamente do repositório, e para a versão correta do openSUSE (no caso, a mais recente, 11.2):
2) feito o download do pacote RPM para openSUSE, salve-o em uma pasta criada adequadamente (ex. /home/usuário/Desktop/Pacotes/Mercury).

3) para instalá-lo, basta navegar até esta pasta, clicar com o botão direito do mouse e escolher "Abrir com Instale Software", só isso!

Se o suporte Java completo estiver instalado (o que é default no openSUSE novo), o Mercury será instalado automaticamente em poucos minutos!

B) Instalando em Mandriva:

Use os procedimentos gerais para instalar pacotes no Mandriva. Porém, verifiquei que o pacote RPM do openSUSE funciona também no Mandriva.

Faça o download como descrito em "A, 1 e 2" e dê um duplo clique no arquivo.

C) Outras distros:

Para outras distros, clique aqui e/ou aqui.

D) Configurando e usando o Mercury:

Para usá-lo e configurá-lo, siga as instruções similares às descritas nesta dica. Use o protocolo de conexão recente "MSNP-15 Unstable", que é adequado na maior parte dos casos.

Informo que, no momento, não há tradução da versão 2.0 RC5 para português do Brasil, porém pode ser usado em inglês ou em espanhol (da Espanha ou Argentina).

Outras dicas deste autor

Cron - Teste de funcionamento

Solucionando problema comum em Sabayon e Gentoo. Portage bloqueado por bash!

ZSWAP (SWAP na RAM) em Linux - Controlável: "ligável", "desligável" e outros métodos

Gerenciador de Boot da BIOS - As vantagens de usá-lo

SPM - compilando programas-fonte com facilidade

Leitura recomendada

Usando o bom e velho Google

Mobile Media Converter - converta seus vídeos facilmente

Squid: No running copy

Abrindo várias instâncias do Firefox simultaneamente

Conectar à Internet no Ubuntu

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário