Instalando e configurando sua Vivo Zap (Kyocera)

Publicado por Ricardo Macari em 12/12/2006

[ Hits: 39.526 ]

 


Instalando e configurando sua Vivo Zap (Kyocera)



Comprei esta placa recentemente e no Windows funciona muito bem, mas como gostaria de utilizá-la no Linux (Ubuntu), procurei soluções para sua configuração, mas como é algo novo no Brasil, inclusive o hardware, quase nada existe ainda em português e mesmo em inglês está bem escasso. Por isso acabei montando um howto do que tive que fazer para esta placa funcionar no meu Linux.

Algumas infos pessoais:
  • Linux: Ubuntu 6.06
  • Hardware: Notebook HP
  • Placa Vivo: Kyocera KPC650

Agora vamos a instalação:

# rmmod usbserial ; modprobe usbserial vendor=0xc88 product=0x17da

(Altere as opções vendor e product id para as suas se sua placa não for igual a minha, utilize o comando lsusb para ver estas infos)

# mknod /dev/ttyUSB0 c 188 0 ; mknod /dev/ttyUSB1 c 188 1

Configurando a placa


Se tudo deu certo até agora, vamos a configuração de sua conexão:

# pico /etc/ppp/peers/vivozap

(Copie o texto abaixo e cole no arquivo criado acima, lembre-se de alterar o usuário para o seu usuário da vivo, que deve ser seu número de telefone da placa na forma DDD+numero, sem o zero. Ex: 4199990000)

ttyUSB0 115200 crtscts
noauth
defaultroute
usepeerdns
local
ipcp-accept-local
ipcp-accept-remote
lcp-echo-failure 0
lcp-echo-interval 0
login
user [email protected] # mude para seu numero da vivo
password vivo
multilink
novj
novjccomp
noccp
persist
passive
connect '/usr/sbin/chat -v -f /etc/ppp/chat-vivozap'

# pico /etc/ppp/chat-vivozap

(copie e cole o texto abaixo no arquivo criado acima)

ABORT "NO CARRIER"
ABORT "NO DIALTONE"
ABORT "ERROR"
ABORT "NO ANSWER"
ABORT "BUSY"
ABORT "Username/Password Incorrect"
SAY "VIVO Zap inicializando...\n"
"" "ATZ"
OK "AT&C0+CRM=1"
OK "ATDT#777"

# echo "/usr/sbin/pppd call vivozap" > /usr/bin/vivozap

# chmod +x /usr/bin/vivozap


Para se conectar apenas digite na sua shell de usuário:

$ vivozap

Boa navegação!

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Criando uma ISO do openBSD 4.1

Squid em servidor Windows

Compiz no Debian Squeeze - Instalação em notebook Probook 4320s Intel i915

Criando listas individuais para cada instância da mesma classe em Python

Melhorando a interface do Inkscape

  

Comentários
[1] Comentário enviado por dirtyman em 12/12/2006 - 11:55h

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5698

[2] Comentário enviado por ricardom em 12/12/2006 - 13:55h

Existem varios tutoriais, mas apesar de serem parecidos eu testei um por um e nada funcionou, este foi o melhor caminho que achei para tudo funcionar, inclusive no seu voce nao manda criar o nod para o dev, coisa que no meu está presente, favor ler com atencao. Obrigado.

[3] Comentário enviado por dirtyman em 12/12/2006 - 14:05h

Calma cara... só quis te mostrar que tem outro jeito de fazer a parada... qdo existe um artigo semelhante a gente faz isso p/ mostrar que se não funcionar de um jeito, tem a opção de fazer de outro... Lembre-se que ninguém aqui tá competindo e sim compartilhando conhecimento...

E qto ao nod, se você verificar as versões 6.06 e 6.10, quando tu carrega o módulo usbserial, ele automaticamente cria o dev com o nome USB0. Bom, pelos em todos que eu testei aqui funcionou. Relaxa cara, a intenção foi adicionar conhecimento.

Abraço

Desculpa qq coisa...

[4] Comentário enviado por ricardom em 12/12/2006 - 14:09h

Se eu compartilhei a dica aqui foi porque nada funcionou e do jeito que fiz funcionou, portanto este foi meu intuito. Em relacao ao modulo da usbserial eu tenho o 6.06 e ele nao carrega, portanto ele nao cria o nod e foi esse um dos pontos que me deu muita dor de cabeça e apos muita pesquisa que achei essa solucao por isso compartilhei. No mais nao estou estressado mas talvez voce esteja pois ficou chateado com o que escrevi, talvez se voce tivesse informado no seu comentario e nao apenas colocando um link suas intencoes teriam ficado mais claras. Abracos.

[5] Comentário enviado por dirtyman em 12/12/2006 - 14:19h

Sem problemas cara, acho que tudo foi um mal-entendido. Só é estranho, aqui no meu qdo eu tinha 6.06 carregou o módulo... sabe-se lá tb, pode ser a versão do kernel diferente, aqui eu uso o 2.6.17-10-386. Quanto ao nod eu uso ele no 5.10 e nas outras distros, daí sim é necessário criá-lo na mão.

Abraço

[6] Comentário enviado por ricardom em 12/12/2006 - 14:24h

Claro sem problemas. :)
Eu uso o kernel 2.6.15.

[7] Comentário enviado por _m4n14c_ em 13/12/2006 - 17:32h

ow, estou usando um nb hp nx 6110 e estou tendo alguns travamentos no teclado (uma falha intermitente, quando tento ligar a placa do vivo zap 3g)

vc teve este tipo de problema? qual a solucao que vc usou?

[]'s
jean

[8] Comentário enviado por muchoa em 09/01/2007 - 11:57h

Caro Ricardo, obrigado pela dica!

Gostaria de deixar uma humilíssima dica e uma pergunta:

a) dica: após a conexão, atribuir o "gateway default"
# route add default gw IP_DA_CONEXAO netmask 255.0.0.0

b) pergunta: a conexão tem se mostrado muito instável no Linux,
é assim mesmo?(Toda hora "cai"!).
Obs.: (não é o sinal, pois no ruindows funciona!).

[9] Comentário enviado por ricardom em 09/01/2007 - 12:50h

Boa dica muchoa, outra dica que deixo pro povo é configurar no gnome-ppp, assim ele mesmo já adiciona a rota padrao.

Sobre a questao da instabilidade no Linux, tambem achei isso, mas resolvi isso apenas deixando um terminal aberto e pingando algum servidor ou site da internet, no meu caso ajudou, tente ai e depois da um retorno aqui no artigo.

Abracos!

[10] Comentário enviado por muchoa em 11/01/2007 - 14:51h

Ricardo,

mesmo achando meio estranha a sugestão "(...)deixando um terminal
aberto e pingando algum servidor ou site da internet", não logrei êxito.

A conexão cai, não obstante o comando "ifconfig" revelar que existe uma conexão ppp0 ativa.

Faço um "ping" no gateway default mas não obtenho resposta.

Honestamente, ainda não sei o que é!


[11] Comentário enviado por TheDarknessRJ em 18/01/2007 - 18:36h

Em resposta a pergunta sobre o "Gateway default", acho que basta não ter um configurado antes e ele automaticamente configura.
A opção "defaultroute" faz isso.
Se alguém puder testar, coloque aqui a confirmação.

[12] Comentário enviado por prof.martini em 19/01/2007 - 17:53h

Caro Ricardo

Comprei também esta placa da Vivo e estou tentando instalar no linux (minha distro é Suse 10 Linux Enterprise e meu notebook é um HP). Porém, eu não tenho tido nenhum sucesso, pois mesmo quando eu coloco a placa da Kyocera, o LED azul nem se quer liga. Se eu dou o comando #lsusb aparece apenas o ID do mouse. Vc ou alguem tem alguma sugestão ? Um detalhe que pode ser relevante: meu notebook tem um Turion 64bits e a versão que eu instalei do Suse também é 64bits.

Desde já agradeço a atenção de todos.

Origado

Sandro

[13] Comentário enviado por evandrofisico em 15/03/2007 - 11:37h

Olá a todos,

Vocês tem problemas de desempenho?

A minha conexão é completamente estável, muito raramente caí.
Eu estou na cobertura EVDO (Brasília, Asa Norte), com sinal a 100%, porém, a taxa de download que consigo é de 80 KBps (testei vários sites com link gigabit para ter certeza que o problema não seria a outra ponta).
Para uma propaganda de 2,4 Mbps, esse valor está bem abaixo do esperado.
Alguém tem alguma idéia?
A Vivo diz que está tudo bem.

Valew

[14] Comentário enviado por mestevao em 12/07/2007 - 21:34h

Utilizei o tutorial e o Vivo-zap está funcionando muito bem. Sobre o problema de instabilidade na conexão, ao contrario do nosso amigo Evandro de Brasília, aqui onde eu moro, o sinal é 1x-RTT e acontece um pouco de instabilidade quando não estou enviando/recebendo dado algum durante um tempo. Acho que este período de silêncio é que causa a queda da conexão. A solução que encontrei é deixar o emule ligado. Dessa forma a conexão se torna bem estável, ficando até mesmo dias sem perder qualidade. Agora. O que eu estou procurando mesmo é uma forma de conseguir o valor da intensidade do sinal. Alguém no fórum sabe como? A minha intenção é colocar no painel do Superkaramba uma barra mostrando a intensidade do sinal como se fosse no próprio aplicativo Vivo-zap Passport.

Agradeço a todos.

Marcos Antonio.

[15] Comentário enviado por gabrielmichi em 28/02/2010 - 17:51h

Ola Ricardo,
parabens pelo tutorial, muito bom, porem estou com um problema.
fiz tudo certo e talz, ai agora abro o teminal digito vivozap, e não acontece nada (deve ser normal)
porem quando abro o firefox não abre nenhuma pagina, então deve estar desconectado ainda...
tenho que fazer algo a mais? noq sera q eu errei?
não aparece nenhuma mensagem de erro nem nada...
obrigado



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts