ITM 6.x - Configurando um Universal Agent(UA) a partir de um script shell coletor

Publicado por Ricardo Gellman em 07/08/2011

[ Hits: 3.938 ]

 


ITM 6.x - Configurando um Universal Agent(UA) a partir de um script shell coletor



ITM 6.2 tem a capacidade de usar scripts como monitores, e para isso basta você usar o Agente Universal (UA).
O Agente Universal funciona com informações vindas dos provedores de dados(ou Data Provider), por padrão são usados scripts para o Data Provider, e ele é ativado quando o Agente Universal for instalado. Existem outros provedores de dados como ODBC, HTTP, SNMP e API.

Aqui está um exemplo de configuração de um Data Provider.

Primeiro você tem que criar um metarquivo(metafile).Este arquivo define o nome da aplicação, tipos de dados, o script a ser executado e seu intervalo.

Vamos dizer que você tem um script para monitorar o espaço de paginação, chamado ps.sh, com o código abaixo:

---------------------------------
#!/bin/ksh
#SO - AIX
lsps -s | tail -1 | cut -c 27-29
---------------------------------

Em seguida, você constrói um metarquivo(metafile) que irá definir todos os atributos retornados pelo script. Neste caso, nosso script retornará o número de megabytes livres.

A primeira linha define uma aplicação, neste caso, que chamamos de "Paging_Space".

A próxima linha define um nome para o conjunto específico de atributos (Paging_Space), que é feita a amostragem de dados (S), adcionando um TimeStamp aos dados, e finalmente, o intervalo em segundos que queremos que o script use ao ser executado.

A linha 3 é a nossa fonte, nós definimos um tipo de "script" seguido do nome do script.

A linha 4 define um campo para os dados que são retornados pelo script. FreeMBPageSpace é definido como um elemento de dados de 32 bytes.

//APPL Paging_Space
//NOME Paging_Space S AddTimeStamp Intervalo=100
//fonte script ps.sh
FreeMBPageSpace D 32


Este arquivo deve estar em \IBM\ITM\TMAITM6\METAFILE. O script que você deseja chamar a partir do Metafile precisa estar em IBM\ITM\TMAITM6\SCRIPTS.

Reinicie o UA, e em breve os dados começarão a fluir para o TEPS.

Depois de ver os dados, construa as suas situations de acordo com os requisitos do cliente.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Script para adicionar hosts no Nagios

Passagem de parâmetros para funções shell script

Variável para guardar o nome do Script

Exibir arquivo de grupos /etc/group de forma personalizada conforme o usuário

Screenshot usando o terminal

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts