Excluindo "output errors" nas saídas dos comandos

Publicado por Xerxes Lins em 19/06/2015

[ Hits: 4.476 ]

Blog: https://voidlinux.org/

 


Excluindo "output errors" nas saídas dos comandos



Ao executar um comando, pode acontecer que, em sua saída, apareçam mensagens de erros que não são de seu interesse. Por exemplo:

grep -R xerxes /etc
grep: /etc/polkit-1/rules.d: Permissão negada
/etc/passwd:xerxes:x:1000:100::/home/xerxes:/bin/bash
grep: /etc/sudoers: Permissão negada
grep: /etc/securetty: Permissão negada
/etc/group:lp::7:lp,xerxes
/etc/group:wheel::10:root,xerxes
/etc/group:audio::18:xerxes
/etc/group:cdrom::19:xerxes
/etc/group:video::27:root,xerxes
/etc/group:lpadmin:x:106:xerxes
/etc/group:games:x:35:xerxes
/etc/group:vboxusers:x:104:xerxes
/etc/group:vboxguest:x:1000:xerxes
/etc/group:printadmin:x:1002:xerxes


Para eliminar tais mensagens podemos fazer assim. Exemplo:

grep -R xerxes /etc 2>/dev/null
/etc/passwd:xerxes:x:1000:100::/home/xerxes:/bin/bash
/etc/group:lp::7:lp,xerxes
/etc/group:wheel::10:root,xerxes
/etc/group:audio::18:xerxes
/etc/group:cdrom::19:xerxes
/etc/group:video::27:root,xerxes
/etc/group:lpadmin:x:106:xerxes
/etc/group:games:x:35:xerxes
/etc/group:vboxusers:x:104:xerxes
/etc/group:vboxguest:x:1000:xerxes
/etc/group:printadmin:x:1002:xerxes


Não apareceram as mensagens de erro. No caso, as linhas de "permissão negada".

Como isso acontece?

No interpretador de comandos, o 0 (zero) significa entrada (aquilo que você digita), o 1 significa saída padrão (resposta do comando) e o 2 significa mensagens de erro.

O uso do "2>/dev/null" significa que estamos enviando as mensagens de erro (2) para o /dev/null, que é um arquivo especial do sistema que descarta informações.

Fica a dica!

Fontes:
Outras dicas deste autor

Do Windows XP ao GNU/Linux

SimpleScreenRecorder no Debian Wheezy

Frostwire e Limewire não abrem?

Trocando SysV pelo OpenRC no Devuan

Como instalar temas

Leitura recomendada

Fedora sem ifconfig [Resolvido]

WHILE para PING em linha de comando

Manjaro - Escolher mirrors brasileiros com o pacman

Criando pastas em massa rapidamente no Linux

type - Determinar o tipo de um comando

  

Comentários
[1] Comentário enviado por tiekookeit em 24/06/2015 - 08:14h

Você pode conectar a saída de erro a saída padrão caso queira ver qual o erro está acontecendo.

(comando 2>&1) >/var/log/comando.log

Desta forma você joga no arquivo não só a saída padrão como a saída de erro, muito útil no acompanhamento de erro de tarefas agendadas.



Contribuir com comentário