Como instalar programas .tar.gz

Publicado por João Santos Vieira Junior em 11/04/2018

[ Hits: 1.572 ]

Blog: https://www.youtube.com/user/007mrkernel

 


Como instalar programas .tar.gz



Nessa videoaula ensinarei como instalar um programa de extensão .tar.gz.

Escolha a opção 720p para assistir em qualidade HD.

Se os comandos padrões não funcionarem, leia o arquivo READ-ME, pois é nesse arquivo que estão as instruções necessárias para instalar cada programa.
Outras dicas deste autor

Como criar um cadastro de clientes no pgadmin3

Como instalar o antivírus ClamAV no Ubuntu [vídeo]

Meu programa para download: Calculadora de décimo terceiro salário

FrostWire no Edubuntu 14.04 64 bits

Diretórios do Linux

Leitura recomendada

Gravar imagens ISO no DVD, via linha de comando

Limitando velocidade de download

Verificar o tempo de execução de um comando

CAT - Descobrindo informações sobre sua distribuição

Aplicando permissões em arquivos

  

Comentários
[1] Comentário enviado por eldermarco em 12/04/2018 - 07:06h

Só sendo um pouquinho chato, mas com o objetivo de ser um pouco mais preciso..

Não faz muito sentido falar em instalar programas '.tar.gz'. Esse é um formato compactação genérico, que serve para distribuição de software ou qualquer arquivo. Uma forma um pouco mais correta seria dizer 'Como compilar e instalar programas a partir do código fonte'. Mas ainda dessa forma estaria genérico, pois não existe uma maneira única de fazê-lo. A menos que você apresentasse todas as formas possíveis. O fato é que depende de qual sistema de compilação e instalação - se é que existe algum - que os devs decidiram utilizar com o software. No presente caso, eles decidiram utilizar o GNU Autotools. Daí o procedimento é como tu disse.

[2] Comentário enviado por Capitao_Unix em 13/04/2018 - 20:44h


[1] Comentário enviado por eldermarco em 12/04/2018 - 07:06h

Só sendo um pouquinho chato, mas com o objetivo de ser um pouco mais preciso..

Não faz muito sentido falar em instalar programas '.tar.gz'. Esse é um formato compactação genérico, que serve para distribuição de software ou qualquer arquivo. Uma forma um pouco mais correta seria dizer 'Como compilar e instalar programas a partir do código fonte'. Mas ainda dessa forma estaria genérico, pois não existe uma maneira única de fazê-lo. A menos que você apresentasse todas as formas possíveis. O fato é que depende de qual sistema de compilação e instalação - se é que existe algum - que os devs decidiram utilizar com o software. No presente caso, eles decidiram utilizar o GNU Autotools. Daí o procedimento é como tu disse.


Cara não leve tão a sério,é só um exemplo para ajudar os iniciantes em GNU/Linux.

[3] Comentário enviado por pylm em 14/04/2018 - 03:24h

Esses exemplos levam a ideias erradas e o cidadão nunca aprende a ler a documentação, até o ponto de repetir essa dica em binários compactados em .tar.gz e dizer "muh não funciona".

[4] Comentário enviado por Capitao_Unix em 14/04/2018 - 15:25h

Mas eu disse na dica para ler o arquivo READ-ME,você não sabe ler,é isso que você não entende.

O seu recalque bate no IPTABLES e DROPA!.

[5] Comentário enviado por raserafim em 14/04/2018 - 19:09h

O seu recalque bate no IPTABLES e DROPA!.

penso que esse tipo de postura não contribui com os debates no fórum.

todas as críticas até aqui foram construtivas. nenhuma foi esnobe ou prepotente.



[6] Comentário enviado por raserafim em 14/04/2018 - 19:12h

Não faz muito sentido falar em instalar programas '.tar.gz'. Esse é um formato compactação genérico, que serve para distribuição de software ou qualquer arquivo. Uma forma um pouco mais correta seria dizer 'Como compilar e instalar programas a partir do código fonte'.

exatamente!

'.tar.gz' é tão somente um formato de compactação; assim como o é '.zip', '.rar', etc..

como se pode perceber no vídeo, para compilar e instalar foi necessário, antes de tudo, descompactar. o resultado da descompactação são os códigos fontes. a instalação, portanto, se fez a partir dos códigos fontes. por isso que, como o colega "eldermarco" disse, "Não faz muito sentido falar em instalar programas '.tar.gz'."



[7] Comentário enviado por raserafim em 14/04/2018 - 19:15h

o real problema que vejo nesse tipo de abordagem do vídeo é que instalar programas desta forma não é uma boa prática para quase que nenhuma distribuição.

o recomendado é compilar, empacotar em um formato compatível com o gerenciador de pacotes da distribuição que se usa e, só então, instalá-lo.

quando se instala algo por meio da abordagem do vídeo, assim, o resultado é que o usuário acaba por perder a capacidade de administrar por meios práticos a atualização dos pacotes instalados no sistema.

ainda que em determinadas situações muito pontuais tenha alguma utilidade, em certo sentido, por essa abordagem do vídeo, o sistema GNU/Linux perde suas propriedades de gerenciamento avançado e torna-se quase que um Windows neste quesito.

[8] Comentário enviado por Capitao_Unix em 14/04/2018 - 19:42h


[5] Comentário enviado por raserafim em 14/04/2018 - 19:09h

O seu recalque bate no IPTABLES e DROPA!.
penso que esse tipo de postura não contribui com os debates no fórum.

todas as críticas até aqui foram construtivas. nenhuma foi esnobe ou prepotente.





Não quis ofender ninguém!,essa frase " O seu recalque bate no IPTABLES e DROPA!" é agora minha assinatura,só para avisar.


[9] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 17/04/2018 - 22:27h

A Intenção foi boa, e certamente vai auxiliar alguém, porém como os colegas mencionarão nos comentários, a muitos erros de conceitos e informações, que não ajudam em nada os "iniciantes".
Melhor forma de ajudar como vc mesmo disse é fazendo certo e escutando as "criticas", não faça mais coisas essas que vc fez, usar frase prontas e de uma criança de 10 anos, que largou Windows ontem.
Toda ajuda é bem vinda, desde que bem feita.
Tome isso como aprendizagem e não uma "mijada".

Abraço

#-------------------------------------------------------------------------------------#
Administrador de Redes Mistas Linux/Windows
LPI 101-102
LPI 201
Para consultas particulares acesse:
www.cunhatec.com.br

"Falar é fácil, me mostre o código." - Linus Torvalds

[10] Comentário enviado por Capitao_Unix em 18/04/2018 - 00:02h


[9] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 17/04/2018 - 22:27h

A Intenção foi boa, e certamente vai auxiliar alguém, porém como os colegas mencionarão nos comentários, a muitos erros de conceitos e informações, que não ajudam em nada os "iniciantes".
Melhor forma de ajudar como vc mesmo disse é fazendo certo e escutando as "criticas", não faça mais coisas essas que vc fez, usar frase prontas e de uma criança de 10 anos, que largou Windows ontem.
Toda ajuda é bem vinda, desde que bem feita.
Tome isso como aprendizagem e não uma "mijada".

Abraço

#-------------------------------------------------------------------------------------#
Administrador de Redes Mistas Linux/Windows
LPI 101-102
LPI 201
Para consultas particulares acesse:
www.cunhatec.com.br

"Falar é fácil, me mostre o código." - Linus Torvalds


Tu parece mesmo uma criança de 10 anos,não entendeu que não é uma frase,é minha assinatura.Portanto não quis ofender ninguém.

Assinatura: O seu recalque bate no IPTABLES e Dropa!.




Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts