Entretenimento no GNU/Linux + TV de tela grande

Publicado por Andre (pinduvoz) em 04/03/2013

[ Hits: 3.820 ]

Blog: http://casadopinduvoz.wordpress.com/

 


Entretenimento no GNU/Linux + TV de tela grande



Eu uso GNU/Linux para tudo, inclusive para ouvir música, assistir aos meus vídeos e ver minhas fotografias, seja no próprio computador, seja na minha TV LCD da sala, que é grande e "burra", já que a comprei antes que as TVs ficassem "espertas".

Ocorre que minha TV está ligada a um BDP-S580 da Sony, que, sendo mais "esperto", é capaz de lidar com o protocolo DLNA e até mesmo de acessar a Internet com um navegador interno (duro é digitar a URL no controle remoto).

Assim aprendi a usar DLNA no GNU/Linux, descobrindo que a melhor opção para isso é o PS3 Media Server, sobre o qual já escrevi uma dica no VOL (se quiser ler a dica em questão, use a pesquisa).

Mas para aqueles que não tem o DLNA como opção, a solução, ao menos para os vídeos (e músicas), pode estar em utilizar a saída VGA (ou a HDMI, se disponível) de seus notebooks (ou desktops, se for o caso), ligando-os a uma televisão de LCD, LED ou Plasma, já que, desde os primeiros modelos lançados, esses aparelhos contam com uma entrada VGA.

A parte chata desse quebra-galho, que é a ausência de um controle remoto, pode ser suprida por um smartphone ou tablet Android, pois há pelo menos um aplicativo ("app" Android) de controle remoto que funcionou perfeitamente com o VLC instalado no meu notebook com Ubuntu (o que importa é ter o VLC instalado, pois o "controle" funciona com ele no GNU/Linux em geral, no Windows ou no Mac).

O aplicativo mencionado chama-se VLC Remote Free (gratuito e sem anúncios) e pode ser encontrado facilmente na Play Store do Google Android, sendo um pouco complicada, ao menos no GNU/Linux, a configuração do "diálogo" entre o computador e o telefone.

Para configurar no Windows há um assistente, que pode ser baixado no site do desenvolvedor.

Quanto à configuração no MacOS X, não tenho o S.O. da maçã aqui e não posso ajudar.

Já para configurar no GNU/Linux, forneço um roteiro abaixo porque, como adiantado, dá um pouco de trabalho.

Em primeiro lugar, rode o comando ifconfig no terminal e identifique o IP do seu notebook. No meu caso, é 192.168.0.109, para Wlan0, ou seja, para minha conexão sem fio.

Descoberto o IP, você deve adicioná-lo ao aplicativo VLC Remote Free, clicando em "adicionar computador" (veja imagem abaixo) e depois em "add manually". Na tela de adição, o "nome remoto" pode ser o da sua máquina (não é obrigatório) e o "endereço remoto" será o IP local obtido no passo anterior (192.168.0.109, para wlan0, no meu caso).
Linux: Entretenimento no GNU/Linux + TV de tela grande
A configuração no aplicativo está pronta, restando configurar o VLC no computador. Para isso, abra-o e clique em:

Ferramentas → Preferências

Agora, no canto inferior esquerdo, há duas opções de exibição das configurações: "Simplificado", que deve estar marcado, e "Detalhado", que você deverá marcar para revelar outras opções.

E nessas outras opções, você navega até a chave "Interface" e clica na subchave "Interfaces principais", marcando "web (HTTP)", como na imagem seguinte:
Quase pronto! Falta apenas editar o arquivo de hosts do VLC para que o Android seja autorizado a controlá-lo remotamente. Para isso, rode:

cd /usr/share/vlc/lua/http/
$ sudo gedit .hosts


Obs.: Use o root se não puder usar sudo.

No arquivo aberto desmarque (remova as tralhas, ou os "#" da frente das linhas) tudo que está abaixo de # private addresses, deixando o arquivo assim:

#
# Access-list for VLC HTTP interface
# $Id$
#

# localhost

::1
127.0.0.1

# link-local addresses
#fe80::/64

# private addresses

fc00::/7
fec0::/10
10.0.0.0/8
172.16.0.0/12
192.168.0.0/16
169.254.0.0/16

# The world (uncommenting these 2 lines is not quite safe)
#::/0
#0.0.0.0/0

Salve, feche o arquivo e reinicie o VLC, reiniciando também o VLCRemFree no Android.

Pronto! Agora seu Android controla o VLC, que você pode utilizar para assistir aos seus filmes e ouvir suas músicas "à distância", com todo o conforto que um controle remoto proporciona.

Dica publicada antes em:
Até a próxima.

Outras dicas deste autor

Para os fãs de cinema...

Recoll e de brinde dois ícones Faenza

Ubuntu remasterizado pelo Hamacker

Zen Mini - PCLinuxOS com Gnome "Magro"

Emesene com suporte a webcam no Ubuntu 9.04

Leitura recomendada

Abrindo o KDE a partir do Windows, com cygwin

Criando pequenos pacotes TGZ

Ajustando Brilho de Tela com Xrandr e Atalhos de Teclado

Eterm transparente no Slackware 13.1

Economizando espaço nos seus screenshots

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário