Editando documentos em formato PDF com o Koffice

Publicado por Leandro Santiago em 08/01/2007

[ Hits: 12.037 ]

Blog: http://leandrosan.wordpress.com

 


Editando documentos em formato PDF com o Koffice



Um grande problema do Linux (e dos sistemas livres em geral) talvez seja a falta de aplicativos comparáveis em qualidade aos que existem nos sistemas proprietários.

O que proponho aqui não é lhe mostrar um editor PDF profissional, mas um quebra-galho para aquelas horas em que é necessário fazer alguma modificação num destes documentos, talvez uma correção ortográfica.

Acredito que muitos aqui conhecem o Koffice, que é a suíte office oficial do KDE. Suas vantagens? Leveza (somente se usado junto com o KDE), além de simplicidade e integração com o Konqueror. Mas em alguns aspectos não chega aos pés de gigantes como o OpenOffice, é claro. Bem, mas não é disso que essa dica fala. :)

O Kword, em suas versões mais recentes - estou usando a 1.5.2 -, suporta abrir documentos em pdf para edição, mas não salvar como pdf (pelo menos essa opção não é visível). Solução? Usar o sistema de impressão do KDE (kprinter) para imprimir o documento num arquivo.

Bem, vamos à luta:

Tendo o arquivo pdf às mãos, abra ele com o kword.

Irá aparecer um diálogo questionando se você deseja converter um determinado intervalo de páginas (Pág_inicio-Pág_fim), ou todas.

No mesmo diálogo, você pode escolher se as figuras do documento também devem ser importadas, além de se o documento é protegido por senha.


Clique em OK e espere o documento ser convertido, o que pode demorar um pouco.

Logo em seguida, faça as modificações necessárias no arquivo, inclusive podendo redimensionar e mover figuras.

Se você tentar salvar o documento, abrirá a janela "Salvar Como", mas dentre as "extensões" para salvar, não há pdf (o padrão agora no Kword é a odt). Opa, caminho errado. Como eu disse acima, para salvar o documento, vá em Arquivo >> Imprimir, e em Impressora, selecione Imprimir para o Arquivo (PDF). Em Arquivo de saída, selecione o nome e caminho do documento pdf final.

Importante: Não salve com o mesmo nome do o arquivo original, para não perdê-lo, pois a conversão pode não ocorrer de forma 100% perfeita.


É só esperar o sistema criar o arquivo, o que demora somente alguns segundinhos...


Essa dica foi testada em arquivos pdf sem proteção por senha ou criptografia, portanto não posso lhe dizer como o programa se comporta frente à arquivos que não atendem esta condição.

O resultado final não é comparável ao documento original, principalmente quando o layout do mesmo é muito complexo, mas funciona normalmente com os mais simples.

Muito obrigado e até a próxima.

Outras dicas deste autor

Framebuffer - recursos gráficos sem o X

Instalando programas no Linux sem ter poderes de root

Criando programas com opções

Criando e utilizando uma "biblioteca de funções"

Escolhendo a faixa de áudio e legenda nos vídeos em formato OGM

Leitura recomendada

Mplayer no Fedora Core

GitLab no CentOS 7

Authentication Failure no GDM no Arch Linux [Solução]

Instalação do Synapse no Ubuntu

Aprenda a instalar o Adobe Acrobat Reader no Fedora Core 6

  

Comentários
[1] Comentário enviado por gsi.vinicius em 08/01/2007 - 09:07h

Bom material, discordo no entanto quanto ao quesito da falta de qualidade dos softwares livres em comparação com os proprietários. Temos vários exemplos de softwares livres que dominam o mercado ou são superiores aos seus correlatos proprietários.

[2] Comentário enviado por tenchi em 09/01/2007 - 00:12h

OOps gsi.vinicius, acho que me expressei mal ;)
Não quis dizer que não existam programas livres que não sejam melhores que os proprietários..., mas que faltam muitos aplicativos "do nível" dos proprietários para os sistemas abertos, como é o caso de um editor pdf.
Sim, há muitos programas bons, como o GIMP, OpenOffice, Inkscape, Xara...... e assim vai.
Certo? Espero ter conseguido resolver o problema. rsrs

[3] Comentário enviado por bilufe em 24/12/2009 - 21:33h

Se não me engando, há uma versão do Foxit PDF Editor (que é proprietário e pago) para Linux.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts