Usando o Bootsplash ao contrário

Publicado por Leandro Santiago em 14/03/2007

[ Hits: 5.780 ]

Blog: http://leandrosan.wordpress.com

 


Usando o Bootsplash ao contrário



Creio que quase todo mundo aqui gosta de ter um sistema com a sua cara, personalizado. E o bootsplash é um programa que permite isso.

Aquela barra do splash não é algo exclusivo do Linux, mas neste ela funciona como a gente quer, certo? Eis então que eu, em meus muitos momentos de inutilidade, resolvi fazer alguma coisa para deixar essa barra ainda mais com a nossa cara. Consiste basicamente em fazer a barrinha diminuir no processo de desligamento do sistema, ao contrário do aumento que sofre na inicialização do mesmo.

Distro utilizada: Slackware 11 com kernel 2.6.19.2

Basicamente funciona assim: Na inicialização do Slackware, são executados basicamente dois scripts, chamados rc.S e rc.M. Todos os outros são chamados por eles. E é nestes scripts que nós normalmente colocamos os comandos para exibirmos a barra de progresso do bootsplash, que funciona no modo silent. Levo em consideração que você já esteja usando a barra normalmente.

Para realizar a tarefa proposta aqui, adicione os comandos de splash no script rc.6, que é usado na finalização do sistema.

Acreditando que exista a função progressbar no arquivo /etc/rc.d/rc.bootsplash, faça o seguinte:

Como root, inclua a seguinte linha logo no início do arquivo /etc/rc.d/rc.6 (depois de #!/bin/sh):

source /etc/rc.d/rc.bootsplash

E vá colocando, ao longo do arquivo, entradas como:

progressbar XX

Onde XX é um número entre 0 e 100, sendo que o primeiro é 100 e vai diminuindo, até que o último (no final do arquivo) seja:

progressbar 0

Será que está tudo pronto? Não!

Acontece que quando logamos no runlevel 4 do init (modo gráfico), a imagem do splash some logo que a sessão gráfica começa, ficando no lugar um monte de letrinhas. Para resolver este problema, iremos desativar o console tty1 do runlevel 4 do init. Para isso faça, como root:

Abra o arquivo /etc/inittab para edição:

# vim /etc/inittab

Em seguida, localize uma linha mais ou menos assim:

c1:12345:respawn:/sbin/agetty 38400 tty1 linux

No meu caso é a linha 54. E a deixe assim:

c1:1235:respawn:/sbin/agetty 38400 tty1 linux

Salve e feche o arquivo (:x!)

Reinicie o sistema, em init 4, e verifique se funcionou, simplesmente desligando o sistema. Se a barrinha do splash estiver diminuindo, significa que tudo funcionou. Senão, refaça o processo, verificando onde está o erro.

Ainda é possível fazer coisas muito legais na finalização do sistema, como colocar uma animação, mensagens do tipo: "Seu sistema já pode ser desligado", e coisas assim. Quer saber como? Leia essa dica:
Links:
Muito obrigado, e até a próxima.

Outras dicas deste autor

Controlando o amarok pela linha-de-comando

Criando um planeta só seu.. no GIMP

Slim, um belo e leve gerenciador de login

KTorrent WebInterface: Controlando o Ktorrent pelo seu browser

Criando programas com opções

Leitura recomendada

Dropbox no Arch Linux

Revista Espírito Livre

Pacote Emerald-themes para Ubuntu Linux

Entendendo as cores hexadecimais (RGB)

Convertendo outros formatos de áudio para MP3 no Mandriva One e superior

  

Comentários
[1] Comentário enviado por streetlinux em 14/03/2007 - 10:01h

Caro, muito legal a sua dica.

Parabéns.

Street`



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts