É tudo questão de se desligar para se ligar...

Publicado por Victor H. Silva em 12/03/2007

[ Hits: 5.214 ]

 


É tudo questão de se desligar para se ligar...



Em 22/02/2007 foi publicada a dica que escrevi sobre "Iniciantes em Linux". Como mencionei anteriormente, iniciei com Kurumin 3.0 (apanhei bastante), fiz upgrade para a distro Kurumin 6.0 (será que falei certo ou ainda tenho resquícios de Windows!) e já no início do mês de janeiro estava com o Mandriva-Free-2007 instalado... e acreditem, funcionando beleza.

Bom, não quero dizer que esse "beleza" é que eu tenha deixado ele redondinho por passe de mágica. Não! Apanhei bastante, mas com o que fui lendo por aqui, e confesso que só busquei informações aqui no VOL, eu consegui aprender bastante. Vejam que consegui aprender até a escolher onde buscar as upgrades e updates, consegui mexer no sources.list, instalei pacotes ".tar.gz", ".rpm" e até entendi as tais "dependências". Também entendi que precisamos levar em conta que temos pacotes para PCs com processadores de 32 bits(.i586), para PCs com processadores de 64 bits(.x86_64) e pacotes independentes de arquitetura de processador... olha só que avanço! :)

Mencionei, na ocasião, que talvez uma das opções para que eu conseguisse avanços em Linux seria me desligar um pouco daquelas idéias da filosofia Windows, não fazer comparações, e quando estivesse rodando o Linux, que pensasse em Linux somente, deixando o resto todo de lado. Assim como se eu nunca tivesse tido contato com Windows e que na minha máquina tivesse somente Linux instalado.

E o resultado foi que durante todo o mês de janeiro praticamente eu só usei Linux! E digo a vocês que deu certo! Consegui avançar mais que nos 5 meses anteriores. Claro que apanhei muito, mas sempre obtive ajuda. E o melhor: a ajuda que consegui sempre deu certo.

Sei que é muito difícil a gente se desligar completamente e pensar só em Linux, ainda mais quem usa Windows desde o MS-DOS 3.1 e passou pelo Windows 3.11, 95, 98, 2000...UFA! Mas garanto que é mais uma vitória. Confesso que ainda uso Windows para aquelas aplicações que ainda não conheço bem como funcionam em Linux, mas para as que eu já conheço só as uso em Linux.

Escolhi esse método e está dando certo pra mim, pois sinto que aos poucos estou usando mais o Linux que o Windows. Quero aproveitar e agradecer aqui a ajuda inicial que recebi (e recebo até agora) do richardy lá de Natal-RN, pois chegamos a ficar no aMSN resolvendo problemas até quase 4 hs da madrugada! Quando que pessoal da Microsoft faz isso?! Pior, nem respondem as dúvidas encaminhadas a eles.

Espero que esta dica sirva de incentivo aos iniciantes que estão passando por isso tudo. E acreditem, é questão de filosofia, é questão de encarar de frente, é questão de querer... e procurar ajuda aqui, pois sempre tem alguém irá te ajudar a resolver.

Outras dicas deste autor

Iniciantes em Linux

Leitura recomendada

Criando uma calculadora empresarial no Lazarus

Instalando e configurando streaming de arquivo MP4 no FFmpeg - Ubuntu Server

Lançado live-cd baseado em Funtoo e em SystemRescue

Instalando e configurando o discador ppoe rp-pppoe-3.8 no Kubuntu Linux

Mudando a cor dos botões de controle das janelas no Zorin Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por JosuéDF em 12/03/2007 - 22:57h

kra fico feliz por vc está se livrando das drogas :-) tbm estou tentando me livrar, mas engraçado mesmo é o titulo da sua dica. "É tudo questão de se desligar para se ligar" bem criativo.

[2] Comentário enviado por Andersontm em 15/03/2007 - 09:09h

Parece até uma sessão do AA, que loucura! rsrsrs
Parabéns pela dica, é sempre bom uma mensagem de ânimo, isso ajuda bastante!!
Abs

[3] Comentário enviado por Heydyen em 31/03/2007 - 01:20h

Amigo ,pareceu que estava lendo minha biografia no Linux...kkkk
Comigo foi igualzinho ,só com a diferença que eu passei por isto no começo do ano passado ,depois fiquei o ano de 2006 inteiro usando praticamente só o Linux ,apesar de ter o XP instalado em outro HD (mais para jogos) fui usando ele cada vez menos e agora ,este mês ,finalmente larguei mão do Windows ,acabo de desinstalar ele do meu PC e deixei só o meu Debian .Não sinto mais falta do Windows ,nem pra jogar (até porque já aprendi a instalar a maioria dos jogos direto no Linux ou rodar pelo Wine/Kqemu) .
Realmente esquecendo o Windows e mergulhando de cabeça no GNU/Linux a gente descobre que o melhor nem sempre é o mais caro...hehehe
Agora até a minha esposa já não quer mais saber do sistema proprietário ,estou comprando outro PC pra mim e o meu vai ficar pra ela que já me pediu para deixar instalado só o Linux pra ela que é bem mais confiável.
É assim mesmo ,depois que se experimenta o Linux de verdade ,não se quer mais saber de outra coisa.

Abraços ,e parabéns pelo post.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts