Dica para otimizar Ubuntu padrão com Gnome em low-cost notebooks/UMPCs

Publicado por V1dux em 10/08/2008

[ Hits: 19.675 ]

 


Dica para otimizar Ubuntu padrão com Gnome em low-cost notebooks/UMPCs



O Ubuntu tem se tornado uma grande opção de distribuição padrão, principalmente aos iniciantes do mundo Linux devido a facilidade de instalação e configuração. Mas em contra-partida tem ficado cada vez mais pesado... lembrando muito o Windows Vista... vale dizer que "pesado" quer dizer numa máquina modesta com poucos recursos ou aquela onde não há drivers compatíveis e satisfatórios.

Para quem possui um notebook muitas vezes é quase um parto fazer todos os dispositivos funcionarem por causa dos drivers proprietários "não-Linux", dando em perda de rendimento e performance com a questão do próprio Ubuntu estar ficando mais pesado... notebooks esses que rodando o sistema original (tipo XP) rodam muito bem, mas no Linux acabam se tornando uma carroça!

E quando temos uma máquina com essas características, a primeira coisa que vem em mente são os Linux mais "lights" com algum gerenciador de janelas mais leve, como o XFCE, Fluxbox (ou qualquer outro *box), IceWM, LXDE (esse é realmente muito promissor) ou então partir para uma instalação mais "aventureira" como Debian puro, Slackware, Gentoo, Arch, etc.

Mas ao partir para esse lado temos o inconveniente de termos que configurar muita coisa "na raça" e convenhamos que isso não é nem um pouco atraente do ponto de vista de um usuário comum como eu... outra questão é o fator tempo... quanto tempo temos disponível para configurar nosso sistema operacional para que fique satisfatório?

E se sua máquina faz parte das "parcialmente suportadas pelo Linux", aí realmente o buraco é mais embaixo... é necessário editar arquivos de configuração (provavelmente na mão mesmo), compilar drivers opensource da comunidade e torcer para que seja compatível com seu kernel, ou então recompilar o próprio kernel etc e tal...

Uma opção seria o XUbuntu, um pouco mais leve, só que com menos applets que o Ubuntu original... utilizei de várias dicas como desabilitar serviços (alguns específicos para notebooks), temas leves, menos applets, mas enfim... nenhuma delas eu conseguia realmente uma grande diferença em termos multimídia para que eu deixasse o conforto do Ubuntu padrão (applets bluetooth, som, todos out-of-box) até chegar a essa dica (com pequenas alterações em relação ao original):

Passo 1

Essa dica pode ser feita logo após a instalação no primeiro boot, mas nada impede que você faça depois. Ele vai reorganizar alguns arquivos de sistema lidos na hora do boot, deixando-o um pouco mais rápido. Quando aparecer a tela de contagem regressiva do Grub, tecle "ESC"...

Selecione a opção de boot "Ubuntu 8.04, kernel 2.6.24-16-generic..." e tecle "e"... ( "e" de EDIT... só p/ constar...)

Na próxima tela, na segunda linha "kernel /vmlinuz-2.6.24-16-generic root=UUID=6162302f-3f32-4b73-bb56-c42f4f9fbce2 ro quiet splash..." tecle "e" novamente.

Acrescente ao final da linha a palavra "profile" e não esqueça de dar um espaço antes da última palavra escrita...

Aperte "Enter" e depois tecle "b" para dar boot normal... nesse momento esse boot será um pouco mais longo que o normal, mas apenas dessa vez... nas outras já estará mais rápido.

Passo 2

O Grub tem aquela contagem regressiva para entrar no boot padrão.. o normal são 10 segundos... mas se você já está careca de saber qual sistema usar, coloque menos tempo. Você pode fazer isso editando o arquivo /boot/grub/menu.lst. Abra um terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal) e digite:

sudo gedit /boot/grub/menu.lst

E altere o valor na linha onde aparece "timeout 10" para o tempo que você quiser.

Outra opção é instalar o programa "Startup". No terminal, faça:



sudo apt-get install startupmanager

Após instalado ele vai estar em Sistemas > Administração > Start-Up Manager. O tempo de boot é a primeira opção. Coloque quantos segundos quiser. Abaixo temos mais opções de configuração do boot padrão, resolução do processo de boot deixando mais compatível com a resolução que você usa no seu note, etc. Ao final desse passo dê um reboot e ele estará mais rápido.

Passo 3

Hora de parar e desabilitar serviços desnecessários ao seu notebook... temos várias ferramentas manuais e gráficas, mas a mais eficiente que eu acho e prática para isso é o programa sysv-rc-conf, que na minha opinião é mais completa, pois posso desabilitar scripts adicionados pelo usuário também além dos serviços. Para instalar o programa abra um terminal e digite:

sudo apt-get install sysv-rc-conf
$ sudo sysv-rc-conf


Aparecerá uma tela de serviços e seus respectivos "runlevel"... com o mouse ou a tecla de espaço você pode ir desabilitando os que não servem para o seu note.

Passo 4

Deixe login automático.. vá em "Sistema > Administração > Janela de início de sessão.." Na aba "Segurança" habilite em "Habilitar início automático de sessão" e selecione seu usuário.

Passo 5

Agora sim, essa foi a dica que fez toda a diferença no meu Ubuntu padrão! Para utilizar essa dica vale lembrar que você precisa ter um sistema de no-break ou bateria igual ao de um notebook (por isso a dica é mais para notebook), caso haja imprevistos de queda de luz você poderá ter seus dados corrompidos e inutilizáveis. Bom... você foi avisado! Levamos em consideração que você usa o sistema de arquivos padrão do Linux EXT3. Abra um terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal) e digite:

sudo gedit /etc/fstab

E na linha onde se encontra sua partição root (/) substitua o texto "relatime,errors=remount-ro" pelo "noatime,nodiratime,errors=remount-ro,data=writeback".

# /dev/sda1
UUID=19f70288-7340-40c0-82d1-ee4b218fee1d / ext3 relatime,errors=remount-ro 0 1

Por:

# /dev/sda1
UUID=19f70288-7340-40c0-82d1-ee4b218fee1d / ext3 noatime,nodiratime,errors=remount-ro,data=writeback 0 1

Salve e feche... abra um terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal) e digite:

sudo gedit /boot/grub/menu.lst

E adicione as seguintes palavras:

rootflags=data=writeback

Ao final das seguintes linhas:

defoptions=quiet splash vga=788
altoptions=(recovery mode) single

Deverá ficar assim:

defoptions=quiet splash vga=788 rootflags=data=writeback
altoptions=(recovery mode) single rootflags=data=writeback

Salve e feche. Abra um terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal) e digite:

sudo update-grub

E depois o seguinte comando:

sudo tune2fs -o journal_data_writeback /dev/sda1

Lembrando que "sda1" tem que ser sua partição root (/).

Passo 6

Apesar do meu note ter 512MB de RAM, chegando a 60% disso o sistema já começa a usar a memória SWAP tornando o sistema mais lento ainda... então vamos alterar para que utilize melhor nossa RAM. Abra um terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal) e digite:

sudo gedit /etc/sysctl.conf

E ao final do arquivo acrescente a seguinte linha:

vm.swappiness=0

Aqui optei por "0" para que sempre use a RAM máxima possível.. salve o arquivo e reboot!

Resultados

Depois do boot o sistema está usando 110MB com net e Firestarter rodando com direito a ícones no tray system.

Bom... ao final dessas dicas posso rodar confortavelmente o Ubuntu padrão com Gnome, ver vídeos no VLC com Banshe ligado, Firefox e Nautilus sem ter falhas no som e imagem (só conseguia isso antes com o Xubuntu).

Se você é do tipo que abre mão de mais algumas perfumarias, pode testar o Ubuntu com LXDE, que é o Ubuntulite, fazendo uma instalação mínima e depois o LXDE como gerenciador gráfico, que na minha opinião é tão charmosa como o Gnome, mas consumindo metade dos seus recursos (+-55Mb pós-boot). Óbvio que você terá que configurar alguns arquivos extras, mas isso fica para uma próxima dica...

Abraços!

P.S.: O original da dica vocês podem ver aqui.

Outras dicas deste autor

Ubuntu Lite - O Ubuntu mais leve que existe!

Leitura recomendada

Problemas com vídeos no Firefox/Iceweasel [Resolvido]

DNS fixo na placa de rede e no resolv.conf

Controle de volume não funciona no LXDE?

Configurar o VirtualBox para detectar USB automaticamente ao plugar (fstab)

Patch de 4 linhas para acelerar o Linux (Fedora 14)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por JoseLucas em 11/08/2008 - 22:10h

Favoritos!!!
gostei muito!

[2] Comentário enviado por V1dux em 12/08/2008 - 01:47h

Obrigado! Fico feliz em poder contribuir de alguma forma! A idéia da dica era podermos aproveitar ao máximo os recursos do nosso note... Abraços!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts