Criando PDF pelo terminal

Publicado por Andre (pinduvoz) em 04/02/2013

[ Hits: 16.238 ]

Blog: http://casadopinduvoz.wordpress.com/

 


Criando PDF pelo terminal



O Facsimile, ou simplesmente Fax, morreu.

Por conta disso, é comum enviarmos documentos por e-mail, seja através de imagens escaneadas (o JPEG ou JPG, são os formatos mais comuns), seja através do popular formato da Adobe, o PDF, que permite reunir várias imagens num único arquivo, na ordem que quisermos.

No Windows há vários programas gratuitos que permitem criar arquivos PDF a partir de imagens, mas isso é incrivelmente mais fácil no GNU/Linux via terminal, ou linha de comando, usando o programa ImageMagick (instale-o, portanto).

Você duvida? Então veja:

1. Nomeie suas imagens JPG (ou JPEG) na ordem em que elas devem ser incluídas no futuro arquivo PDF (imagem1.jpg, imagem2.jpg, ou 1.jpg, 2.jpg... para ser econômico);

2. Coloque essas imagens numa mesma pasta;

3. Navegue pelo terminal até a pasta onde estão as imagens e use o comando:

convert *.jpg meu_arquivo.pdf

4. Para ficar ainda mais fácil, instale o ImageMagick pela Central de Programas (Ubuntu, Debian e derivadas), ou o equivalente da sua distribuição.
Instale também o pacote Nautilus-open-terminal, se você usa o GNOME:
Agora faça o que está nos itens 1 e 2 (acima), pelo navegador de arquivos, ou seja, pelo Nautilus.

Quando você estiver na pasta onde estão as imagens, clique com o botão direito do mouse num espaço vazio da janela direita do Nautilus (Janela de arquivos) e escolha: Abrir num terminal
No terminal aberto, você terá apenas que digitar o comando:

convert *.jpg meu_arquivo.pdf

Note que "meu_arquivo.pdf" pode ter qualquer nome, mas precisa ter a extensão ".pdf".

Observações

O gerenciador de arquivos do KDE 4 (Dolphin) tem opção de abrir a pasta mostrada no terminal, acessível pelo respectivo menu (Ferramentas → Abrir o terminal).

Ele conta também com um prático terminal embutido, que pode ser acessado pela tecla F4.

O Thunar e o PCManFM, gerenciadores de arquivos do Xfce e do LXDE (pela ordem), também fornecem esta opção.
  • No Thunar/Xfce, faça exatamente como no GNOME.
  • No PCManFM/LXDE, faça como no KDE 4.

Até a próxima dica.

Outras dicas deste autor

Usando o dca para colocar ícones no Acer Desktop (AA1)

Thunar "empaca" quando aberto [resolvido]

Login mediante senha no Acer Aspire One (Linpus Linux Lite)

Unity 3D: ícones na "área de notificação"

Teclado ABNT2 pelo Terminal

Leitura recomendada

Ligar e Desligar Touchpad do Notebook no LXDE

Conectando celular Nokia via Bluetooth no Debian

Barra de tarefas no Xubuntu

Configurando o "Audio Preview" do Nautilus no Debian 5.0 (Lenny)

Campanhas para MegaGlest usando Python

  

Comentários
[1] Comentário enviado por joorlando3 em 04/02/2013 - 17:39h

O imagemagick faz muitas coisas, juntando ele com o ghostscript dá para fazer coisas mais incríveis como juntar imagens, melhorar a qualidade de arquivos e compactar pdfs (o ghostscript compacta um pdf muito bem). Criei um script com o ghostscript e com o imagemagick que economiza muito tempo de diversas pessoas.

[2] Comentário enviado por julio_hoffimann em 04/02/2013 - 19:38h

Também vale a pena avaliar o GraphicsMagick ( http://www.graphicsmagick.org/ ), fork do ImageMagick desenvolvido por vários contribuidores. Disponível nos repositórios do Ubuntu.

Abs.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts