Convertendo Vídeos de formato .TRP para outros formatos

Publicado por Kalil Maciel em 23/04/2012

[ Hits: 19.445 ]

Blog: http://tygerstar.net

 


Convertendo Vídeos de formato .TRP para outros formatos



Olá pessoal!

O formato de Vídeo '.TRP' é gerado por muitas TVs do tipo Time Machine e alguns decodificadores HD de TV a Cabo.

Mostro aqui, como converter estes arquivos para um formato que você possa assistir em outros dispositivos.

Instalação dos Pacotes

Recentemente, instalei em minha casa TV a cabo, e eles colocaram um decodificador que permite assistir a alguns canais em HD.

Este aparelho tem uma característica muito interessante. Ele pode gravar os programas em um pendrive ou HD externo. Eu sei que esta característica está disponível também em algumas TVs da LG, da série Time Machine.

O problema é que ele gera um arquivo no formato '.TRP'.

Tentei vários players de vídeo (VLC, Xine, MPlayer) e não consegui rodar nativamente e satisfatoriamente, este tipo de arquivo.

Então, fuçando um pouco o Google, descobri como converter este tipo de arquivo para algo mais amigável. Novamente estaremos utilizando uma distribuição Linux de sua preferência (no meu caso, Ubuntu) para o procedimento.

Para começar, será necessário um pacote de Codecs que pode ser obtido através do comando abaixo:

sudo apt-get install ffmpeg

Conversão do Arquivo

Após instalado, executamos o seguinte comando para converter nosso arquivo de vídeo para o formato de nossa preferência.

Aqui, estamos convertendo para '.MP4', pois é compatível também com alguns Celulares e Smartphones.

ffmpeg -i filme.trp -vcodec copy -acodec copy -f mp4 novofilme.mp4

- Traduzindo o comando, estamos fazendo o seguinte: Convertendo o arquivo 'filme.trp' usando o Codec MP4, e gerando uma nova cópia chamada: novofilme.mp4

Assim, vocês podem assistir em qualquer computador, ou Tablet, os programas gravados.

Aqui mostramos uma conversão bem simples do arquivo. Existem algumas interfaces gráficas para uso do FFmpeg.

Foi usado neste exemplo, uma conversão simples e sem compactação. Neste caso, o tamanho do arquivo gerado será bem próximo do tamanho do arquivo original.

Espero ter ajudado. Até mais.

Previamente publicado em: tygerstar.net

Outras dicas deste autor

Página inicial personalizada

Firebird no Ubuntu - Instalação e Utilização

Leitura recomendada

Dmenu - Um menu minimalista

Como baixar e instalar o Yakuake

CrunchBang Statler

Configurando o Debian para ser uma máquina TS

Conheça o Succi Linux

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts