Configurando a rede na sua máquina virtual (VirtualBox)

Publicado por Rodrigo em 05/11/2009

[ Hits: 42.695 ]

 


Configurando a rede na sua máquina virtual (VirtualBox)



Antes de começar a configurar a sua rede na máquina virtual, é necessário dar algumas permissões na máquina real e criar bridges. Para isso, no terminal de comando da sua máquina real, entre com os seguintes comandos:

# modprobe tun
# tunctl -t tap0 -u nome_de_usuário
# chmod 660 /dev/net/tun
# chown root.vboxusers /dev/net/tun


Esses comandos criam uma interface virtual.

Para criar as bridges:

# brctl addbr br0

Adicionando as interfaces na bridge:

# brctl addif br0 eth0
# brctl addif br0 tap0


Feito isso na máquina real, agora podemos começar a configurar a rede na máquina virtual. Neste caso usamos como emulador de máquinas virtuais o VirtualBox.

Antes de qualquer coisa, na configuração do VirtualBox, em configurações de redes escolha a opção de placa de rede para conectar na forma de bridge e escolha a interface tap0, como foi criado anteriormente na máquina real.

Agora já pode iniciar sua máquina virtual.

Chegamos ao ponto mais importante desse tutorial que é a configuração de rede na máquina virtual. No terminal de comando da maquina virtual, entre com os seguintes comandos:

# ifconfig

O comando acima listará as interfaces disponíveis na máquina virtual, possivelmente irá listar a "lo" e a "eth0", que foi criada na máquina real.

Agora vamos fornecer um ip para a máquina virtual. Existem dois modos de se fazer isso, um é utilizando o comando a seguir:

# ifconfig eth0 192.168.0.0/16 dev eth0 (note que o ip fica a seu critério)
# ifconfig eth0 up

A outra forma é a seguinte:

# ip addr add 192.168.0.0/16 dev eth0

Para esse tutorial não é interessante listar as diferenças entre os dois métodos. Para verificar se sua configuração deu certa, use novamente o comando ifconfig. Neste instante a máquina virtual já tem um ip definido, agora precisa-se criar uma rota para que essa máquina possa conectar-se à rede. Para isso, usam-se os seguintes comandos:

# route add default gw 192.168.0.1 netmask 255.255.0.0 dev eth0

Para verificar se a configuração está certa, use o comando:

# route

Bom, feito todos estes passos, já é possível testar sua rede uma vez que ao adotar, na configuração do VirtualBox, a placa de rede em modo bridge, sua máquina real e sua máquina virtual comportam-se como máquinas distintas na sua rede.

Para o teste pode-se usar o comando ping:

# ping 192.168.0.0

Onde "192.168.0.0" é o ip da máquina que se deseja pingar (o da máquina real ou o da máquina virtual ).

Dica: para facilitar a manipulação de sua máquina virtual pode acessá-la via ssh pela máquina real, para isso use os seguintes comandos:

Na máquina virtual:

# /etc/init.d/sshd restart

Na máquina real:

# ssh root@192.168.0.0

Onde "192.168.0.0" é o ip da máquina que se deseja acessar.

Dessa maneira os testes com firewall, servidor DNS etc ficam bem mais fáceis!

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Scroll no touchpad do Dell Inspiron 1525 (Slackware)

Bloqueando usúarios com o usermod

Recuperando senha/shell de root no Conectiva 9.x e 10.x

Turbinando seu Nautilus

loadlin - Inicializando o Linux a partir do Windows

  

Comentários
[1] Comentário enviado por jonasservo em 01/02/2011 - 21:02h

Boa noite! Rodrigo vc é o cara! Graças a vc consegui configurar e "pingar" da máquina guest (virtual) para a máquina host (máquina física ou real). Muito obrigado qridão. Que DEUS abençoe vc. Um dia quero ser fera igual a vc. Continue assim ;) Abraço!!

[2] Comentário enviado por rafael_correa em 10/08/2011 - 01:36h

Rodrigo,

Gostaria de saber se vc tem alguma dica de como eu podiria efetuar uma conexão SSH entre meu pc Windows 7, e a minha VMWARE, que esta dentro dele mesmo rodando um Mandriva, eu instalei um Putty no windows e até consigo estabelecer a conexão so que o usuário que abre não aceita a senha de root.....se tiver alguma dica ficaria mt grato....

[3] Comentário enviado por francisney em 12/11/2011 - 08:05h

Para efetuar a conexão usando o ssh e nescessario que o ssh-server esteja estalado na maquina que você quer acessar.

[4] Comentário enviado por JrSerra em 29/12/2014 - 22:08h

Caro Rodrigo, até onde eu sei, por padrão, o ssh não aceita conexão usando senha de root, isso vem disponibilizado nos arquivos de configuração, mas acho que não loga mesmo, pois com toda a segurança do processo, a mesma poderia ser interceptada, não vale a pena arriscar. O correto seria vc tentar logar como um usuário do sistema, sem ser a senha de root. Tente se logar como qualquer outro usuário do Servidor.

[5] Comentário enviado por ajnjunior em 04/06/2018 - 10:36h

Saudações,
Digitei os comandos sugeridos e deu a seguinte mensagem (isso, eu digitando os comandos como super usuário, pois como usuário normal não deu certo):
Set 'tap0' persistent and owned by uid 1000 (Quando digito o comando: tunctl -t tap0 -u nome_de_usuário)
Devo usar o nome de usuário que está na minha máquina, certo? Aquele que faço login. Porque, sempre faço isso e não está dando certo.
Já busquei informações a respeito deste erro e não consegui solucioná-lo.
Agradeço a atenção.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts