Compilando/Instalando o novo Cairo-Dock no Sabayon

Publicado por Alberto Federman Neto. em 21/05/2011

[ Hits: 7.640 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Compilando/Instalando o novo Cairo-Dock no Sabayon



A) Introdução:

Entre os bonitos painéis que podem deixar o Linux com um visual parecido com o Mac, o mais usado e conhecido no GNOME é o Cairo- Dock (escrito em C++), em suas novas versões, usando OpenGL e animações.

Porém no Sabayon Linux:

@ Pacote: x11-misc/cairo-dock-2.1.3.9 branch: 5, [sabayonlinux.org]
         Disponível:   versão: 2.1.3.9 ~ tag: NoTag ~ revisão: 0
         Instalado:    versão: Não instalado ~ tag: N/D ~ revisão: N/D
         Slot:         0
         Homepage:     https://launchpad.net/cairo- dock-core/
         Descrição:    Cairo-dock is a fast, responsive, 3D dock

e no Gentoo e seus Overlays: são encontradas apenas as versões mais antigas e mais instáveis. As mesmas que podem ser vistas neste screenshot.

Além disso, no Gentoo, essas versões frequentemente não compilam, por erros do Ebuild, que não leva em conta a mudança do automake para o cmake: Portanto, há a necessidade de compilar manualmente a última versão de Cairo-Dock (2.3.1.0_Alpha0, na data desta Dica, 26/4/2011).

B) Procedimento:

1 - Dependências:

O Cairo-Dock novo é baixado usando o sistema de contrôle de versão Bazaar (com plugin bzr), da Canonical. Também usa Cmake, glproto e outras dependências etc..

Por isso, se não instalados, comece instalando no Sabayon os pacotes necessários. Pode usar: comandos ou o Sulfur.

sudo equo install make cmake automake autoconf gcc gcc-config bzr glproto glibc libxml libxml2

Alternativamente, instale uma versão mais antiga de Cairo-Dock (do Entropy, com Sulfur) e logo a seguir, a remova:

sudo equo remove --nodeps cairo-dock cairo-dock-plugins cairo-dock-themes

Isto deixará no sistema a maior parte das dependências necessárias.

2 - Criando diretório e baixando:

Agora crie um diretório e baixe (faça como usuário comum, não como root) o Cairo-Dock novo:

cd /
$ cd home/usuario/Desktop
$ mkdir cairodock
$ cd cairodock
$ bzr checkout --lightweight lp:cairo-dock-core
$ bzr checkout --lightweight lp:cairo-dock-plug-ins


Verá que na pasta cairodock, foram criados os diretórios cairo-dock-core e cairo-dock-plug-ins

3 - Compilando e instalando:

Há várias maneiras de faze-lo. a mais simples é a seguinte: Entre na pasta cairo-dock-core e dê os comandos em sequência:

cd cairo-dock-core
$ cmake CMakeLists.txt  -DCMAKE_INSTALL_PREFIX=/usr (***)
$ make
$ sudo make install


Obs.: Apenas para sistemas de 64 bits, use:

cmake CMakeLists.txt  -DCMAKE_INSTALL_PREFIX=/usr -DFORCE_LIB64=yes

4 - Instalando os Plugins:

Agora, vá para a pasta dos Plugins e repita os passos da compilação e instalação:

cd ..
$ cd cairo-dock-plug-ins
$ cmake CMakeLists.txt  -DCMAKE_INSTALL_PREFIX=/usr (OU cmake CMakeLists.txt  -
DCMAKE_INSTALL_PREFIX=/usr -DFORCE_LIB64=yes )
$ make
$ sudo make install


5 - Cairo Dock instalado, procure-o no Menu aplicativos do Gnome, ou abra-o com o comando:

cairo-dock

Na Figura abaixo, o Cairo-Dock, OpenGL, com animação e com o seu Tema default atual (chamado Diamond) e rodando em Sabayon Linux 5.5:
Linux: Compilando/Instalando o novo Cairo-Dock no Sabayon
Conclusão:

Para mais detalhes, outras maneiras de compilar, lista completa de dependências e versões mais antigas para Ubuntu, Debian, openSUSE, Gentoo e outras Distros, veja no site original do Cairo- Dock:
Verifiquei que o Cairo-Dock novo é mais fácil de usar e mais estável que as versões antigas.

Testei em Sabayon, contudo, como usei um procedimento geral de compilação, acredito que com pequenas adaptações e respeitando as dependências, o Cairo-Dock poderá ser instalado em outras Distros.

Outras dicas deste autor

Pendrive ou cartão de memória para multimídia não compatível [Resolvido]

Como liberar espaço em partições cheias no Mandriva Linux

Sabayon Linux - Usando os dois instaladores gráficos, tanto Rigo como Sulfur

Bashish - Modifique e configure seu terminal (bash)

Atualizar simultaneamente o Kernel e o driver Nvidia no Sabayon Linux

Leitura recomendada

GDB "hackeando" programas

FL-Av - Interface gráfica para ClamAV

Site de livros

Usando funções do sistema em C com "system"

STDPRN para GCC

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 21/05/2011 - 14:20h

COMPLEMENTOS DA DICA:

a) Eis mais alguns Screenshots dessa versão de Cairo-Dock, tanto em GNOME como em KDE (compatível com KDE):

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Gnome-CairoDock-2.3./
http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/KDE-CairoDock-2.3.-Parte-2./

b) Este é um Vídeo, que fiz, onde entre outras coisas, aparece esse Cairo-Dock:

http://www.vimeo.com/23424633

[2] Comentário enviado por millemiglia em 21/05/2011 - 14:59h

Outra opção é usar o AWN que também é uma dock Mac-style. A vantagem é que o AWN já está em estágio mais avançado de desenvolvimento e é mais estável que o Cairo-dock.

[3] Comentário enviado por iz@bel em 22/05/2011 - 17:01h

albfneto, o cara do sabayon!!!
Assim, até eu instalo a última versão do cairo-dock no Sabayon
Uashaushaushaushaushaush

Mas eu acho que sou muito preguiçosa e mimada para usar algo que não seja um Debian ou Debian-like rsrsrs
Mas eu ainda vou experimentar numa virtual...

[4] Comentário enviado por hygorvv em 20/02/2013 - 21:53h

Valeuu cara! Estava com uma dificuldade na instalação (estava dando erro na hora de fazer o download do Cairo-Dock). Agora tudo ok :D



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts