Como aumentar a memória do Tomcat7 no Linux

Publicado por Robson Fernando Gomes em 02/02/2016

[ Hits: 6.178 ]

Blog: http://maguscode.blogspot.com/

 


Como aumentar a memória do Tomcat7 no Linux



O principal objetivo desta dica explicar de maneira simples como aumentar a memória do Tomcat7 no Linux.

Para fazer a alteração da quantidade de memória que o sistema utiliza é necessário seguir os passos a seguir.

1. Permissão de super usuário

É necessário que seu usuário tenha permissão de super usuário. Para dar permissão caso você não seja o root é necessário executar o comando "sudo su".
Linux: Como aumentar a memória do tomcat7 no linux
Figura 1 - Utilização do comando sudo su

2. Executar o comando dpkg-reconfigure

Como comando dpkg-reconfigure você poderá alterar algumas propriedades da sua aplicação, em nosso caso o Tomcat7 poderá ter a memória alterada.
Linux: Como aumentar a memória do tomcat7 no linux
Figura 2 - Execução do comando dpkg-reconfigure
Após executar o comando você será direcionado para uma tela de configuração do Tomcat7. Na primeira tela utilize o mouse para clicar em OK.
Linux: Como aumentar a memória do tomcat7 no linux
Figura 3 - Tela para alteração da conta dedicada para tomcat7
Agora abrir a tela mais importante para nosso post, que pode ser vista abaixo:
Linux: Como aumentar a memória do tomcat7 no linux
Figura 4 - Tela para adicionar parâmetros extras e alterar o tamanho da memoria utilizada pelo tomcat7
Para alterar a memória do Tomcat7 basta alterar o parâmetro -Xmxm. No meu caso essa linha já foi alterada.

Basta aumentar o valor para aumentar a memória utilizada pelo Tomcat, nesse exemplo estou utilizando 1308 Mb de memória para o tomcat7.

Fonte: http://maguscode.blogspot.com.br

Outras dicas deste autor

Instalando o PostgreSQL no GNU/Linux

Copiar o conteúdo de uma lista para outra lista em Java

Entendendo intefaces - POO

Como verificar ou setar permissões em arquivos através do JAVA

Verificando se um número é par ou ímpar em Java

Leitura recomendada

Cinnamon - Como desabilitar o (chato) teclado virtual

Teclado ABNT2 definitivo no Archlinux

Ícones no menu do Fluxbox

Fontes da Microsoft no GNU/Linux

Contornando problemas de falta de bibliotecas - Links simbólicos

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário