Corrigindo o "erro" com o $HOME/.dmrc no Ubuntu

Publicado por Gabriel Menezes em 27/05/2007

[ Hits: 15.155 ]

Blog: http://comunidade-linux-brasil.info

 


Corrigindo o "erro" com o $HOME/.dmrc no Ubuntu



Dois dias atrás aqui no meu computador começou a dar esse erro estranho:

"User's $HOME/.dmrc file is being ignored, preventing default session and language from being saved. File should be owned by user and have 644 permissions. User's $HOME directory must be owned by user and not writable by other users."

Então percebi que muitas pessoas também tiveram o mesmo problema.

Aqui aconteceu após eu alterar as permissões dos diretórios onde mantenho meus arquivos pessoais (meu home e os subdiretórios).

Então, resolver isso aqui foi simples.

Basta alterar novamente as permissões do home com o comando:

$ chmod 700 ~/

(700 -> O dono, ou seja, você, terá acesso total e os outros usuários não terão acesso, do jeito que queremos, certo?)

Caso não consiga, verifique se o arquivo .dmrc está com a permissão 644 ou coloque-o para estar:

$ chmod 644 ~/.dmrc

[]s

Outras dicas deste autor

Instalando o Slax no pendrive. Fácil, funcional e corrigido

E17 no (K) Ubuntu

Leitura recomendada

Configurando acesso SSH no VirtualBox via NAT

Instalação do driver da nVidia no sidux

Instalando Spacewalk no Fedora 27

Como habilitar o teclado ABNT2 no Vyatta

Teclado ABNT2 e mouse serial no live CD Ubuntu 7.04

  

Comentários
[1] Comentário enviado por fernandoborges em 19/02/2008 - 16:20h

Excelente! Tinha acontecido comigo e foi resolvido facilmente com sua dica. Parabéns...

[2] Comentário enviado por paulovinicio em 28/04/2009 - 09:35h

massa eu fikei com isso quando eu deu um comando pra dar permissao 777 em toda a home!!
mto bom, resolvi facil facil c essa dica ae vlw!!!

[3] Comentário enviado por mvzereks em 15/08/2009 - 09:22h

Grande Gabriel !!! Mandou bem mesmo !!! Aposto muita gente se deu bem com sua dica. Assim como eu. Valeu !!!

[4] Comentário enviado por netu em 18/08/2009 - 01:55h

Boa Gabriel! Funcionou aqui no meu Debian, grande abraço!



Contribuir com comentário