Como Habilitar Virtualização Aninhada (Nested) no KVM

Publicado por José Flauzino em 17/06/2019

[ Hits: 1.142 ]

Blog: http://www.inf.ufpr.br/jwvflauzino/

 


Como Habilitar Virtualização Aninhada (Nested) no KVM



A virtualização aninhada, Nested Virtualization, permite que em uma máquina real (notebook, computador pessoal, servidor etc) sejam criadas máquinas virtuais e, dentro dessas máquinas virtuais, se crie outras máquinas virtuais.

NOTAS:
  • Essa dica considera que o KVM já está devidamente instalado.
  • Esses passos foram testados em Ubuntu, Debian e Fedora, provavelmente funcionará com qualquer outra distribuição Linux.

Verificando se a virtualização aninhada é suportada

Nem todos processadores suportam a virtualização aninhada, portanto, é importante verificar isso antes de qualquer configuração.

Para processadores Intel use o seguinte comando:

cat /sys/module/kvm_intel/parameters/nested

Para processadores AMD, use o seguinte:

cat /sys/module/kvm_amd/parameters/nested

Em ambos os processadores, se a saída do comando for "1" ou "Y", é porque é suportado. Caso for "0" ou "N", não é possível fazer virtualização aninhada.

Habilitando a virtualização aninhada

Crie um novo arquivo dentro do diretório /etc/modprobe.d com o nome "nested.conf":

sudo touch /etc/modprobe.d/nested.conf

Insira uma linha no arquivo "nested.conf" informando que o KVM estará apto a realizar virtualização aninhada.

Para processadores Intel, execute o comando a seguir:

sudo "echo options kvm-intel nested=y" > /etc/modprobe.d/nested.conf

Já para processadores AMD, execute o seguinte:

sudo "echo options kvm-amd nested=y" > /etc/modprobe.d/nested.conf

NOTA: para ambos os casos, o parâmetro "y" pode ser substituído por "1", pois os dois significa a mesma coisa.

Reinicie o sistema:

sudo reboot

Veja se a virtualização aninhada do KVM está habilitada.

Para processadores Intel:

cat /sys/module/kvm_intel/parameters/nested

Para processadores AMD:

cat /sys/module/kvm_amd/parameters/nested

A saída deverá ser "Y" ou "1", indicando que está habilitada.

Pronto, aproveite o KVM!

Outras dicas deste autor

Instalação do CloudStack 4.12 no Ubuntu 16.04

Instalando o Mininet

Criando Zona Básica no CloudStack 4.12

Leitura recomendada

Error 403 do Apache no Mandriva 2008.1

Som no Flash + Firefox + Slackware

PuTTY Connection Manager

Repositório EPEL no CentOS 7.0

Recuperando senha do root sem Live-CD

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts