Clonar Partições - Um Jeito Fácil

Publicado por Alberto Federman Neto. em 24/06/2018

[ Hits: 19.522 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Clonar Partições - Um Jeito Fácil



1. Introdução

Há várias maneiras de clonar (ou copiar) partições inteiras, de sistemas instalados. Por exemplo com clonezilla; comando dd; com acronis; partedmagic (outro outro link.

Mas este jeito que descrevo, é bem fácil, até para iniciantes.

2. procedimento

Você precisa da sua distro com gparted instalado (ou o live dvd ou live pendrive dela, ou ainda um live cd de gparted.

A. você precisa ter a partição (ou partições) que quer clonar, desmontadas... vamos chamá-las, para facilidade didática de: sda1, sda2 e sda3.

B. agora "espete" na porta USB o dispositivo para onde vai clonar as partições. Exemplo, pendrive, ou disco rígido portátil, ou ainda outro HD interno (claro que instalado, e aí, não precisa espetar nada).

Chame, abra o gparted. Ele vai "enxergar" as partições do dispositivo A (fonte) e do dispositivo B (destino). Clique com o botão direito na partição que quer copiar (exemplo, sda1, dispositivo A).

Acesse no próprio gparted, o dispositivo B. No "espaço não alocado", "cole" a partição e clique em "executar". A partição no dispositivo fonte, A, será "clonada" para o dispositivo destino, B, na forma de uma partição sdb1.

Repita os procedimentos para as outras partições que queira clonar. No nosso exemplo as partições sda2 e sda3 serão clonadas respectivamente, para sdb2 e adb3.

Resumo do método: marque as partições que deseja clonar (copiar), no gparted, vá no mesmo gparted, dispositivo destino, e "cole", clone. Faça as operações uma por uma, para evitar erros (principalmente se tiver pouca RAM).

3. se precisar, recuperar o grub

Dependendo da sua configuração e sistema, pode ser que tenha que regravar o GRUB. Há vários procedimentos para isso, eis alguns:

4. exemplo, na prática

Eu tenho instalada uma distro redcore, que estou testando, mas ela estava instalada persistente, em um pendrive bootável de 16 giga, e ele ficou muito pequeno.

Então o que fiz? Clonei as três partições (/boot, swap e raiz) para outro pendrive maior, agora de 32 giga.

As imagens esclarecem. Na figura 1, clonando a partição raiz do redcore (sdc3) para o outro pendrive maior (em uma partição sdb3)
Linux: Clonar Partições. Um Jeito Fácil.
Figura 1
Nas outras duas imagens: figura 2, são as partições do redcore, no pendrive pequeno de origem e figura 3, mostra as partições já clonadas.
Linux: Clonar Partições. Um Jeito Fácil.  Linux: Clonar Partições. Um Jeito Fácil.
Figuras 2 e 3
No meu caso, precisei regravar o grub. Usei um live cd do próprio redcore.

Para regravar na MBR do pendrive (reconhecido como sdc), usei uma modificação deste procedimento, descrito no wiki do Sabayon Linux:
Outras dicas deste autor

Atualização controlada de Sabayon Linux

Como usar Looking Glass sem alterar seu sistema Linux

Usando seu velho Zip Drive em Linux

Forçando montagem automática de dispositivos móveis em Sabayon

Cron - Teste de funcionamento

Leitura recomendada

Script de Backup - (Proxy) Endian Firewall 3.2.2

Resolvendo erro com backup do remastersys no Xubuntu

Clonezilla (100% automatizado) com GRUB2

Como fazer Backup com o Grsync [vídeo]

Google Drive no Debian Wheezy 7.8 64 bits

  

Comentários
[1] Comentário enviado por clodoaldops em 25/06/2018 - 20:47h

Very good. Mais fácil impossível.

[2] Comentário enviado por removido em 26/06/2018 - 00:51h

Isso ai usa o tal partclone por baixo?

Sabe dizer ser existe algo fora o dd para visualizar os arquivos do usuário depois de gera a imagem (tipo montar a imagem)?

Seria legal criar um artigo mostrando (ferramenta | tempo para gera imagem | tempo para clonar)

Acho que o clonezilla é o menor tempo verifica ai.... :)

O legal do dd é em relação ativação do Rwindows as outras ferramentas de clonagem faz com que o Rwindows pede para ativa novamente após terminar o processo.


[3] Comentário enviado por albfneto em 29/06/2018 - 12:12h

@meianoite.

Sim o Gparted usa o partclone para clonar, veja aqui:

https://gparted.org/livecd.php

que eu saiba, nos meus testes. ele clonou a partição toda, e não fez uma imagem, pq não precisei restaurar nada do clone, apenas regravar o grub no pendrive maior e as partições funcionaram. Os arquivos estavam todos lá, na partição clonada.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].



Contribuir com comentário