CentOS 5 - Desabilitando serviços desnecessários

Publicado por Perfil removido em 07/06/2010

[ Hits: 24.137 ]

 


CentOS 5 - Desabilitando serviços desnecessários



Uma forma relativamente simples de otimizar o desempenho do CentOS é desabilitar serviços não usados. Serviços desnecessários variam do utilizador, no entanto de forma geral alguns serviços não são essenciais ao sistema, nos possibilitando desativá-los.

Levando em consideração que você esteja adotando o CentOS para fins utilizáveis em servidores, segue uma lista de serviços que poderão ser desativados. Em caso de dúvida há um link no nome do serviço que aponta para uma descrição detalhada.

Logando-se como root:

Para desativar serviços você precisa de privilégios de root, para obtê-lo, basta executar o comando e fornecer a senha:

su -

Desativando serviços:

Finalmente, para desativar um serviço o CentOS disponibiliza a ferramenta chkconfig. Lembre-se que em caso de dúvidas os serviços possuem links para uma descrição detalhada sobre sua utilidade.

# chkconfig --level 12345 apmd off
# chkconfig --level 12345 autofs off
# chkconfig --level 12345 avahi-daemon off
# chkconfig --level 12345 avahi-dnsconfd off
# chkconfig --level 12345 bluetooth off
# chkconfig --level 12345 conman off
# chkconfig --level 12345 cpuspeed off
# chkconfig --level 12345 cups off
# chkconfig --level 12345 dund off
# chkconfig --level 12345 firstboot off
# chkconfig --level 12345 gpm off
# chkconfig --level 12345 haldaemon off
# chkconfig --level 12345 hidd off
# chkconfig --level 12345 ibmasm off
# chkconfig --level 12345 ip6tables off
# chkconfig --level 12345 irda off
# chkconfig --level 12345 irqbalance off
# chkconfig --level 12345 kudzu off
# chkconfig --level 12345 mcstrans off
# chkconfig --level 12345 mdmonitor off
# chkconfig --level 12345 microcode_ctl off
# chkconfig --level 12345 netfs off
# chkconfig --level 12345 netplugd off
# chkconfig --level 12345 NetworkManager off
# chkconfig --level 12345 nfs off
# chkconfig --level 12345 nfslock off
# chkconfig --level 12345 nscd off
# chkconfig --level 12345 oddjobd off
# chkconfig --level 12345 pand off
# chkconfig --level 12345 pcscd off
# chkconfig --level 12345 portmap off
# chkconfig --level 12345 rdisc off
# chkconfig --level 12345 restorecond off
# chkconfig --level 12345 rpcgssd off
# chkconfig --level 12345 rpcidmapd off
# chkconfig --level 12345 rpcsvcgssd off
# chkconfig --level 12345 saslauthd off
# chkconfig --level 12345 smartd off
# chkconfig --level 12345 wpa_supplicant off
# chkconfig --level 12345 ypbind off
# chkconfig --level 12345 yum-updatesd off

Desabilitar serviços desnecessários é algo totalmente relacionado a segurança. Em servidores normalmente queremos saber tudo o que roda no sistema operacional, e para possuir um maior controle rodar o básico é fundamental. Qualquer dúvida utilizem os comentários.

Obrigado,
Leandro Toledo de Souza
www.leandrotoledo.com.br

Outras dicas deste autor

Achando MP3, e-books e muito mais no Google

Montando partições durante a inicialização

Firefox - acessando sites digitando menos

Bloqueando o chat do Gmail via firewall (iptables) e proxy (Squid) no Linux

Otimizando seu Linux com o prelink (e uma mãozinha do Kurumin)

Leitura recomendada

Compilando o kernel do Debian 3.1

Removendo softwares instalados no Slackware

Cache de DNS no RHEL 6 (Red Hat Enterprise 6)

VPN básica site-to-site com IPsec

Integração simples do Apache 2 com Tomcat 5

  

Comentários
[1] Comentário enviado por rafael291 em 15/06/2010 - 19:16h

Seria legal descrever pra qual tipo de servidor foi desabilitado ou se foi generalizado... se foi generalizado lembrar que pra alguns serviços como compartilhamento de arquivos tem alguns que desativado fica menos seguro...

Me ajudou bastante os links... parabens

Só ficou uma duvida
pq vc desabilitou o smartd?

Abraço

[2] Comentário enviado por removido em 15/06/2010 - 20:22h

Olá Rafael (rafael291),

O smartd é um serviço de monitoração de discos, porém, se você não o configurou ou não utiliza as estatísticas geradas por ele, não há necessidade de ativá-lo. Além de que é necessário ativar o SMART na sua controladora de discos para que este funcione. Bem ajustado é um recurso muito interessante que avalia a utilização do HD e sua vida útil, fora que pode ser integrado ao SNMP, sendo monitorado por Nagios, MRTG, entre outros.

Como citado, necessário é algo relativo ao utilizador, eu geralmente desativo essa lista de serviços no início da configuração, pós-instalação, e vou ativando conforme a necessidade do servidor. A prioridade é parar serviços que não utilizamos, principalmente os que rodam sobre rede, podendo ocasionar insegurança.

E, em uma instalação padrão do CentOS (como no tutorial publicado no VOL) o Samba ou MySQL, por exemplo só são instalados se o usuário marcá-los durante a instalação, diferente desses serviços listados que são habilitados por padrão durante a instalação.

Um grande abraço!!!

Obrigado,
Leandro Toledo de Souza
www.leandrotoledo.com.br

[3] Comentário enviado por fap_santos em 05/09/2013 - 10:55h

Legal o post cara!

Só tenho uma dúvida. Normalmente quando eu desativo algum serviço eu não coloco "--level 12345" o que seria isso?

Parabéns pela postagem.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts