Arch Linux: Otimizando o seu makepkg para sua arquiterura

Publicado por Robson Padilha Cordeiro em 31/07/2008

[ Hits: 8.248 ]

Blog: http://manjarohome.unaux.com/

 


Arch Linux: Otimizando o seu makepkg para sua arquiterura



Antigamente utilizava o Swiftweasel no Arch pois ainda não conhecia o PKGBUILD e o makepkg. Num belo dia um usuário do fórum do Arch me deu uma leve dica e resolvi correr atrás.

Descobri que podemos escrever no /etc/makepkg.conf as configurações do nosso processador e melhorar a performance dos programas compilado e instalados pelo PKGBUILD.

Por padrão no Arch vem configurado assim:

CHOST="i686-pc-linux-gnu"
CFLAGS="-march=i686 -O2 -pipe"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"

No meu caso, que tenho um processador Semprom 2400+, ficaria assim (notem que no CFLAGS é adicionado as instruções da cpu):

CHOST="i686-pc-linux-gnu"
CFLAGS="-march=athlon-xp -O2 -pipe -fomit-frame-pointer"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"

Mãos a obra:

1) Abrir o seu "/etc/makepkg.conf" com seu editor predileto como usuário root (vi, vim, emacs);

2) Substituir as linhas da configuração original pelas respectivas configurações* de seus processadores;

3) Salvar e sair.

Pronto, agora seus programas rodarão mais rápidos e utilizando todas as instruções do seu processador.

Ah, no meu caso eu compilei o Firefox que está no AUR. Depois dessa configuração ele ficou muito melhor que antes. Muito mais rápido!

No Wiki do Arch tem mais instruções para outras CPUs e mais sobre o makepkg.

Um abraço a todos e Viva o Arch!!!!
Ps: E o Linux também!! =)

Outras dicas deste autor

Arch Linux: Catálogo de pacotes - Projeto Pacnet

Arch-Live: Testando o Arch Linux sem instalar

SRWare Iron - O Chrome sem "Spyware"

Tema ArchLinux (Iron/Chrome)

ArchLinux - Ativando o NumLock na inicialização do Fluxbox e/ou Openbox

Leitura recomendada

Atualizando a BIOS de máquinas virtuais baseadas em KVM/QEMU

Rapidinha com o squid, iptables, sarg, samba e apache

Samba não loga no Windows 7: "Falha na relação de confiança entre esta estação de trabalho e domínio primário" [Resolvido]

Como atualizar o Java (JDK) no Slackware 14.2: superando o erro no sbopkg

Customizando o SystemRescueCD Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por SMarcell em 31/07/2008 - 08:17h

Isso também vale pra quem compila programas a partir do código-fonte (./configure, make e make install). Basta que pra isso, se exporte essas variáveis colocando-as no /etc/profile ou mesmo no .bashrc do usuário.

[2] Comentário enviado por phvie em 31/07/2008 - 09:54h

Você não cita, mas existe também o ABS.
O Firefox, por exemplo, poderia ter sido compilado de lá.
Para mais: http://wiki.archlinux-br.org/ABS

[3] Comentário enviado por davis.peixoto em 31/07/2008 - 10:02h

Nice tips guys!

[4] Comentário enviado por kalib em 31/07/2008 - 10:08h

Show de bola..
parabéns pela dica..
E viva o linux! ;]

[5] Comentário enviado por robsonpc em 31/07/2008 - 15:58h

Valew Kalib!! O ABS eu acho muito complicado hehehe...Vlw pela dica SMarcell!!
Abraços a todos!!!

[6] Comentário enviado por albfneto em 31/07/2008 - 18:49h

é muito bom, e é util pro gentoo, que também usa flags de compilação.



Contribuir com comentário