Adicionando som próprio para sino do terminal

Publicado por Mateus Rodrigues em 11/08/2016

[ Hits: 1.956 ]

 


Adicionando som próprio para sino do terminal



Sou novo no mundo Linux e recentemente estava tentando alterar o sino do terminal para um arquivo de áudio próprio.

Fiquei muitos dias pesquisando sobre o assunto e não obtive resposta, cheguei inclusive a postar uma pergunta no fórum, mas não tive êxito. Por meio de uma técnica altamente avançada de "fuçagem", consegui encontrar o maldito xml, que era responsável pelo apontamento dos arquivos dos efeitos sonoros do terminal.

Visando evitar a perda de tempo de outros iniciantes, acabei decidindo escrever essa dica que, mesmo vindo de um noob, acredito ser bastante útil para a compreensão do sistema.

Inicialmente, é preciso possuir um arquivo .ogg próprio, eu acabei não testando com os outros formatos fora do padrão, portanto, fique à vontade para testar.

Para conseguir um arquivo .ogg, você pode utilizar qualquer conversor de áudio como, por exemplo, o Audacity. Caso encontre alguma dificuldade, procure alguns tutoriais sobre o assunto. Com o arquivo "nome.ogg" em mãos, precisaremos movê-lo para a pasta do sistema.

Portanto, entre na pasta onde o arquivo inicialmente se encontra e digite o comando no terminal:

sudo mv nome.ogg /usr/share/sounds/gnome/default/alerts/

Com o arquivo de áudio na pasta correta, precisamos alterar o arquivo xml do sistema que indica quais os áudios e seus determinados caminhos, que estão disponíveis para o uso no terminal. Para isso, execute o comando:

sudo gedit /usr/share/gnome-control-center/sounds/gnome-sounds-default.xml

Com a janela do editor de texto aberta, você deverá acrescentar, logo após a linha onde está escrita a tag <sounds>, o seguinte trecho:

<sound deleted="false">
    <name>Nome</name>
    <filename>/usr/share/sounds/gnome/default/alerts/nome.ogg</filename>
</sound>

Feito isso, salve o arquivo com Ctrl+s e está tudo certo.

Pronto, agora basta ir em: Configurações → Som → Efeitos de som

E então, basta selecionar o seu arquivo.

Como eu não possuo informações suficientes para afirmar com certeza que essa maneira é efetiva em todas as distros, existe uma gambiarra que pode ser feita, caso dê errado. Com o seu arquivo "nome.ogg" pronto, execute o comando:

sudo mv nome.ogg /usr/share/sounds/gnome/default/alerts/

Após isso, você deverá substituir o nome de um dos arquivos originais da pasta para um nome reserva. No exemplo, usarei o arquivo "glass.ogg" e substituirei o nome dele por "glass1.ogg". Para isso digite:

cd /usr/share/sounds/gnome/default/alerts/
sudo mv glass.ogg glass1.ogg

Agora, devemos alterar o nome do seu arquivo de áudio para glass.ogg:

sudo mv nome.ogg glass.ogg

Pronto, basta ir em: Configuraçoes → Som → Efeitos de som

E então, basta selecionar a opção Glass, que estará referente ao seu arquivo de áudio.

Outras dicas deste autor

Erro: conexão cai após suspensão no Slackware [Resolvido]

Leitura recomendada

Desabilitar efeitos metacity

Impressora HP 820c no Debian Lenny

Linpus Linux Lite do Acer Aspire One em pt_BR

Mudando resolução de tela pelo xorg.conf

Primeiras impressões após instalação do Arch Linux

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts