Ventoy: crie pendrives multiboot para quantas e quais ISOs quiser

Ventoy é uma ferramenta incrível capaz de criar pendrives bootáveis sem ter que formatá-los cada vez que quiser instalar uma imagem ISO. Na verdade a formatação ocorrerá uma única vez e você poderá bootar o pendrive com a ISO que desejar. Basta copiá-la no pendrive; sim, é isso mesmo, você não precisa mais utilizar softwares específicos para gravar ISOs ou dar o velho comando "dd". Além disso pode utilizar quantas ISOs quiser simultaneamente.

[ Hits: 3.494 ]

Por: Ivan Gneiding em 16/05/2020


Procedimentos de instalação



O Ventoy não requer ser instalado no sistema para utilizá-lo. Para fazer uso dessa ferramenta devemos seguir os seguintes passos:

1. Baixar o programa

Primeiramente devemos fazer o download em:
Usuários Linux devem baixar o arquivo tarball (tar.gz).

2. Descomprimir o arquivo

Descomprima o arquivo baixado no passo anterior. Utilize a ferramenta que desejar para descomprimir, podendo ser por linha de comando ou via interface gráfica.

Após navegue até a pasta criada ao descomprimir; verifique a existência do arquivo "Ventoy2Disk.sh".

3. Cuidados a serem tomados antes da instalação do Ventoy em um pendrive

Para instalar o Ventoy em um pendrive alguns cuidados devem ser tomados.

i - Em primeiro lugar, a instalação irá formatar o pendrive, ou seja, haverá a perda de todos os dados; assim, certifique-se de ter cópia dos arquivos do pendrive (caso seja necessário).

ii - Em segundo lugar, tome muito cuidado para determinar corretamente o pendrive. Utilize o comando "fdisk -l" (deve ser realizado por um usuário com privilégio de administrador do sistema e poderá ser executado com o comando "sudo", ou seja, "sudo fdisk -l") ou outra ferramenta (como gnome disk utility, gparted, kparted etc) e olhe cuidadosamente para não realizar a instalação sobre um HD ou SSD.

Veja um exemplo abaixo. Dei o comando "fdisk -l" e procurei pelo pendrive. O fdisk dá algumas "dicas" para não errarmos: observe que em "modelo de disco" temos "USB DISK", isso já me garante que não farei a instalação acidentalmente em um HD/SSD; além disso conheço o tamanho dele, que é de 8Gb. Assim, sei que devo realizar a instalação em "/dev/sdc".
Utilizando o gnome-disk-utility podemos fazer essas constatações de maneira gráfica e simples:

4. Instalação

Observados os pontos no item anterior, para instalar o Ventoy em um pendrive devemos abrir um terminal e navegar até a pasta onde foi descomprimido.

A seguir damos o comando "./Ventoy2Disk.sh -i /dev/sdX". Esse comando requer um usuário com permissão de administrador e poderá ser executado com o comando "sudo", ou seja:

sudo ./Ventoy2Disk.sh -i /dev/sdX

Em "/dev/sdX" troque o X pelo valor encontrado na listagem do comando "fdisk" citado anteriormente (ou pela forma que você determinou). Em meu caso, por exemplo, o pendrive está em "/dev/sdc".

Na instalação seremos advertidos sobre a perda de dados do pendrive com um checagem dupla (irá perguntar se quer continuar, depois perguntar novamente). Além disso, para garantir que o usuário não cometa o erro instalando em um HD/SSD, ele mostra o tamanho do pendrive/disco a ser instalado.
Pronto! Feitos esses procedimentos já teremos o Ventoy instalado no pendrive e pronto para uso.

Na página a seguir veremos como colocar as ISOs no pendrive.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Conhecendo o Ventoy
   2. Procedimentos de instalação
   3. Copiando ISOs e relatando limitações
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Utilizando o alien para a conversão de pacotes

Um tour pelos players de áudio para Linux

Macromedia Studio 8 (Dreamweaver + Flash + Fireworks) no Debian usando o WINE

Bioinformática - PhyML: alinhamento de sequências nucleotídicas em ambiente paralelo

Instalação de softwares no Debian Linux e derivados

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 16/05/2020 - 11:29h

Gostei da ferramenta hein! Obrigado por compartilhar o conhecimento.

[2] Comentário enviado por mauricio123 em 16/05/2020 - 13:08h


Era só do que eu precisava. Achei incrível. Vou testar com algumas ISOs que eu tenho mesmo que algumas não estejam no lista de compatibilidade. Vai que funciona. Veio em boa hora.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[3] Comentário enviado por mauricio123 em 16/05/2020 - 13:15h


Beleza, as iso que eu tenho estão na lista.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[4] Comentário enviado por gneiding em 17/05/2020 - 07:50h


[2] Comentário enviado por mauricio123 em 16/05/2020 - 13:08h


Era só do que eu precisava. Achei incrível. Vou testar com algumas ISOs que eu tenho mesmo que algumas não estejam no lista de compatibilidade. Vai que funciona. Veio em boa hora.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.


Realmente uma ferramenta fantástica. Adorei assim que a conheci. Agora reservo um pendrive com ela só para isso. E o melhor: adeus "sudo dd if=bla/bla/bla of=ble/ble/ble bs=x status=y". O negócio é copiar e colar a ISO; muito bom mesmo.
Espero que tenha dado certo para ti as ISOs que usa.

[5] Comentário enviado por Cizordj em 17/05/2020 - 14:06h

Caramba que massa!

[6] Comentário enviado por clodoaldops em 17/05/2020 - 14:06h

Muito bom... Mais uma excelente opção

[7] Comentário enviado por mauricio123 em 17/05/2020 - 14:29h


[4] Comentário enviado por gneiding em 17/05/2020 - 07:50h


[2] Comentário enviado por mauricio123 em 16/05/2020 - 13:08h


Era só do que eu precisava. Achei incrível. Vou testar com algumas ISOs que eu tenho mesmo que algumas não estejam no lista de compatibilidade. Vai que funciona. Veio em boa hora.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.


Realmente uma ferramenta fantástica. Adorei assim que a conheci. Agora reservo um pendrive com ela só para isso. E o melhor: adeus "sudo dd if=bla/bla/bla of=ble/ble/ble bs=x status=y". O negócio é copiar e colar a ISO; muito bom mesmo.
Espero que tenha dado certo para ti as ISOs que usa.


Eu tive bastante problemas com manobras como essa. Agora ficou mais fácil, já até testei.

[8] Comentário enviado por ricardogroetaers em 17/05/2020 - 16:16h

Essa ferramenta parece ser "o bicho".
A linguagem usada neste artigo também é simples e objetiva, sem complicações desnecessárias.
Obrigado por disponibilizar para nós.
Obs: adicionei um "polegar para cima" no artigo.

[9] Comentário enviado por phpito em 17/05/2020 - 19:54h

Nossa, eu quebrei a cabeça pra inicializar o arquivo .iso pelo computador há dias atrás e não consegui. (Eu tenho 11 distribuições instaladas no meu HD de 500GB). Agora me aparece essa solução fantástica. Deu tudo certo comigo aqui. O "Solus" não funfou. Eu uso o linux mint como distribuição principal. Meu computador Lenovo ThinkCentre. Valeu mesmo hein!

[10] Comentário enviado por gneiding em 18/05/2020 - 09:16h


[9] Comentário enviado por phpito em 17/05/2020 - 19:54h

Nossa, eu quebrei a cabeça pra inicializar o arquivo .iso pelo computador há dias atrás e não consegui. (Eu tenho 11 distribuições instaladas no meu HD de 500GB). Agora me aparece essa solução fantástica. Deu tudo certo comigo aqui. O "Solus" não funfou. Eu uso o linux mint como distribuição principal. Meu computador Lenovo ThinkCentre. Valeu mesmo hein!


Acabo de realizar um teste com o Solus (Budgie) e rodou certinho. Talvez o arquivo tenha corrompido durante o download, ou talvez a iso que você tenha utilizado não esteja na lista, pois não são todas as isos da distro Solus que se encontram na lista de compatíveis.
Nossa, 11 distros!! Eu sempre adorei me aventurar entre as diversas distros disponíveis, mas nunca cheguei a ter 11 de uma única vez hhehe. O máximo que tive foi 5 :)
Usei o Mint por um bom tempo como principal também. Uma distro realmente muito boa. Mas por alguma razão eu sempre gostei de ir à fonte primária das coisas e hj uso o Debian. Um pouquinho mais chato de configurar algumas coisas, mas uma distro fantástica também.

[11] Comentário enviado por gneiding em 18/05/2020 - 13:15h


[8] Comentário enviado por ricardogroetaers em 17/05/2020 - 16:16h

Essa ferramenta parece ser "o bicho".
A linguagem usada neste artigo também é simples e objetiva, sem complicações desnecessárias.
Obrigado por disponibilizar para nós.
Obs: adicionei um "polegar para cima" no artigo.

Achei a ferramenta tão boa que tenho um pendrive só para isso, e agora não o formato mais para gravar outra distro :D. Quando preciso de uma ou outra disto, apenas copio para o pendrive e nada mais precisa ser feito.
Muito obrigado pelas considerações! Um abraço.

[12] Comentário enviado por Fabio_Farias em 18/05/2020 - 15:47h

Testei o programa e realmente funciona de forma muito fácil. Pode-se ter no mesmo pendrive uma iso de instalação e uma que rode em modo live para emergencias.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts