Vamos usar Slack!

Dia desses navegando aqui pelo VOL, vi muitas coisas sobre Slackware, uma distro que usei por um bom tempo a alguns anos atrás. Fiquei com saudade! Então, resolvi instalar a distro novamente. Passei a usá-la e decidi documentar, através de vídeo, todo o processo para servir a mais pessoas.

[ Hits: 10.193 ]

Por: Marcos Oliveira em 30/05/2017 | Blog: http://terminalroot.com.br/


Ambiente MATE no Slackware



MATE é um ambiente de desktop derivado do GNOME. Foi criado devido à mudança agressiva de visual do seu sucessor, GNOME 3, que não agradou todos.

Pode ser descrito como a continuação do GNOME 2, com os recursos do GNOME 3, mas com o visual intuitivo e tradicional de sua versão anterior.

Comandos utilizados:

mkdir mate-desktop
cd mate-desktop/
lftp -c "open http://slackware.org.uk/msb/14.2/1.16/; mirror x86"
cd x86/
su

# upgradepkg --install-new deps/*.t?z
# upgradepkg --install-new base/*.t?z
# upgradepkg --install-new extra/*.t?z
# exit

xwmconfig

Dica baseada no artigo do VOL: MATE Desktop 1.16.0 [GTK3] no Slackware [Artigo]

Assista ao vídeo:
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Conectar Internet Wi-Fi por comando
   3. Ambiente MATE no Slackware
   4. Como personalizar e instalar programas no Slackware
Outros artigos deste autor

FreeBSD Release 11.1 - Introdução, instalação e customização

Adicione vídeos como papel de parede no seu Linux

Gerencie suas contas financeiras pessoais com Terminal Finances

Como Rodar Shell Script e Python via Apache no Linux

Funtoo + bspwm + Polybar + Rofi - Instalação e Configuração

Leitura recomendada

Implantando o Nagios em HTTP Seguro (HTTPS)

Instalando Linux dentro do Windows

Gcombust, um frontend para cdrecord

Instalando o Ocomon 1.40 no FreeBSD 6.0

Servidor VoIP com Slackware e Asterisk

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Fellype em 30/05/2017 - 14:09h

Muito bom o artigo! Vai ajudar bem os iniciantes.
Acrescentando informação... Para os que desejam usar o Slackware focando em multimídia, existe o projeto Studioware - http://www.studioware.org/ - que possui uma coleção de SlackBuilds para softwares nas categorias áudio, vídeo e edição de fotos.

[2] Comentário enviado por Nissika em 01/06/2017 - 21:52h

Muito bom!
Uma dúvida, mesmo se eu estiver em um notebook sem acesso a internet a cabo irei conseguir fazer conexão a rede wireless usa esse método?

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 08/06/2017 - 10:56h

Favoritei.

[4] Comentário enviado por edps em 08/06/2017 - 12:17h

Olá, obrigado pela citação em seu artigo.

Sobre o último vídeo, algumas coisas...

Não acho recomendável ficar mexendo na pasta de instalação do firefox, visto que ele é um pacote provido pelo próprio Slack (se não quer tê-lo basta remover via slackpkg), e tem dica aqui no VOL e acho que é do Xerxes Lins ensinando como passá-lo para pt_BR.

* ou se prefirir use uma dica como essa abaixo, de autoria do @albfneto (que o instala numa pasta em $HOME):

https://edpsblog.wordpress.com/2017/05/15/firefox-novo-em-toda-e-qualquer-distro/

Ou minha (instalação em 5 passos em /opt):

https://edpsblog.wordpress.com/2015/12/10/how-to-firefox-no-linux-em-5-passos/

Sobre o SLINT, tenho um tutorial para a versão 14.1, acho que basta alterar as versões:

https://edpsblog.wordpress.com/2015/12/25/how-to-slint-instalacao-do-slackware-em-pt_br/

Quanto ao SLIM, segue:

https://edpsblog.wordpress.com/2013/05/18/instalacao-do-slim-no-slackware/

* e acho que fora a configuração em /etc/slim.conf e no /etc/rc.d/rc.4, você também deverá adicionar o ambiente padrão em ~/.xinitrc

AInda sobre Display Managers, eu prefiro o LXDM, que também está disponível no SlackBuilds:

# sbopkg -r
# sqg -p lxdm
# sbopkg -i lxdm

Um abraço.

[5] Comentário enviado por binbash em 31/07/2017 - 17:09h


[3] Comentário enviado por xerxeslins em 08/06/2017 - 10:56h

Favoritei.


Valeu, xerxes! Ser favoritado por vc, quer dizer que estou indo bem :)!

[6] Comentário enviado por binbash em 31/07/2017 - 17:10h


[2] Comentário enviado por Nissika em 01/06/2017 - 21:52h

Muito bom!
Uma dúvida, mesmo se eu estiver em um notebook sem acesso a internet a cabo irei conseguir fazer conexão a rede wireless usa esse método?


Sim, usei o mesmo método no Gentoo e deu certo!

[7] Comentário enviado por binbash em 31/07/2017 - 17:11h


[4] Comentário enviado por edps em 08/06/2017 - 12:17h

Olá, obrigado pela citação em seu artigo.

Sobre o último vídeo, algumas coisas...

Não acho recomendável ficar mexendo na pasta de instalação do firefox, visto que ele é um pacote provido pelo próprio Slack (se não quer tê-lo basta remover via slackpkg), e tem dica aqui no VOL e acho que é do Xerxes Lins ensinando como passá-lo para pt_BR.

* ou se prefirir use uma dica como essa abaixo, de autoria do @albfneto (que o instala numa pasta em $HOME):

https://edpsblog.wordpress.com/2017/05/15/firefox-novo-em-toda-e-qualquer-distro/

Ou minha (instalação em 5 passos em /opt):

https://edpsblog.wordpress.com/2015/12/10/how-to-firefox-no-linux-em-5-passos/

Sobre o SLINT, tenho um tutorial para a versão 14.1, acho que basta alterar as versões:

https://edpsblog.wordpress.com/2015/12/25/how-to-slint-instalacao-do-slackware-em-pt_br/

Quanto ao SLIM, segue:

https://edpsblog.wordpress.com/2013/05/18/instalacao-do-slim-no-slackware/

* e acho que fora a configuração em /etc/slim.conf e no /etc/rc.d/rc.4, você também deverá adicionar o ambiente padrão em ~/.xinitrc

AInda sobre Display Managers, eu prefiro o LXDM, que também está disponível no SlackBuilds:

# sbopkg -r
# sqg -p lxdm
# sbopkg -i lxdm

Um abraço.


Valeu pelos complementos, edps!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts