VLC Media Player

O VLC Media Player é um tocador multimídia extremamente portátil, de alto desempenho e com grande variedade de recursos e arquivos suportados nativamente. Suporta uma grande variedade de interfaces e meios de controle. Se você não está satisfeito com o seu reprodutor multimídia, o VLC Media Player é uma ótima alternativa.

[ Hits: 31.697 ]

Por: Vinícius dos Santos Oliveira em 09/04/2009 | Blog: https://vinipsmaker.github.io/


Características do VLC



Mídias de entrada:

Suporta UDP/RTP unicast e multicast, HTTP/FTP, MMS, TCP/RTP unicast, DCCP/RTP unicast, arquivos, DVD vídeo, VCD, SVCD, audio CD, MPEG Encoder, Video Acquisition.

Formatos de entrada:

MPEG (ES, PS, TS, PVA, MP3), AVI, ASF/WMV/WMA, MP4/MOV/3GB, OGG/OGM/Annodex, Matroska (MKV), Real, WAV (incluindo DTS), audio RAW (DTS, AAC, AC3/A52), Raw DV, FLAC, FLV (Flash), MXF, Nut, Standard MIDI/SMF, Creative Voice.

Formatos de vídeo:

MPEG-1/2, DIVX (1/2/3), MPEG-4 ASP, DivX 4/5/6, XviD, 3ivX D4, H.261, H.263 / H.263i, H.264 / MPEG-4 AVC, Cinepak, Theora, Dirac / VC-2, MJPEG (A/B), WMV 1/2, WMV 3 / WMV-9 / VC-1, Sorenson 1/3 (Quicktime), DV (Digital Video), On2 VP3/VP5/VP6, Indeo Video v3 (IV32), Real Video 1/2, Real Video 3/4.

Formatos de áudio:

MPEG Layer 1/2, MP3 - MPEG Layer 3, AAC - MPEG-4 part3, Vorbis, AC3 - A/52 (Dolby Digital), E-AC-3 (Dolby Digital Plus), MLP / TrueHD, DTS, WMA 1/2, WMA 3, FLAC, ALAC, Speex, Musepack / MPC, ATRAC 3, Wavpack, TrueAudio (TTA), APE (Monkey Audio), Real Audio, Alaw/µlaw, AMR (3GPP), MIDI, LPCM, ADPCM., DV Audio, QDM2/QDMC (QuickTime), MACE.

Legendas:

DVD, Text files (MicroDVD, SubRIP, SubViewer, SSA1-5, SAMI, VPlayer), Closed captions, Vobsub, Universal Subtitle Format (USF), SVCD / CVD, DVB, OGM, CMML, Kate.

TAGs:

ID3 tags, APEv2, Vorbis comment

Saída de vídeo:

X11, XVideo, SDL, FrameBuffer, ASCII Art, e suporte nativo.

Saída de áudio:

OSS/ALSA (nativo, S/PDIF, Multi-channel), SDL, PulseAudio, JACK.

Filtros de vídeo:

Deinterlace, Cropping, Image wall, Image adjust, Rotate/Mirror, Logo overlay, Magnification, Image distortion, Bluescreen, RSS/Atom feeds.

Filtros de áudio:

Visualization effects, Equalizer.

Interfaces:

Qt4 (padrão), Skins, Web, Telnet, Command line, Infrared.

Outros:

SAP/SDP announces, Bonjour protocol, Mozilla/Firefox plugin, SVCD Menus, Localization, CD-Text, CDDB CD info, IGMPv3, IPv6, MLDv2, CPU acceleration.

O que o VLC pode fazer

Compact Disc (CD):

Pode reproduzir imagens de CD-DA (CD de áudio), VCD e SVCD sem a necessidade de montar ou extrair as imagens (libcdio).

Suporta CDRWIN's BIN/CUE, cdrdao's TOC e um conjunto limitado de formatos NRG (Nero)

Legendas:

Suporta DVD, Text files (MicroDVD, SubRIP, SubViwer, SSA 1-5, SAMI, VPlayer), Closed captions, Vobsub, Universal Subtitle Format (USF), SVCD/CVD, DVB, OGM, CMML, Kate.

Windows media files:

O VLC suporta áudio e vídeo versão 1 e 2, mas não suporta as novas versões e arquivos DRM.

Usabilidade:

O VLC pode controlar brilho, cores, contraste, taxa de aspecto e pode ser controlado remotamente.

Fluxo de mídia - cliente:

Pode reproduzir rádios online.

Fluxo de mídia - servidor:

O VLC Media Player pode ser usado com cliente e servidor de fluxos de mídia.

Pode servir fluxos de mídia de arquivos MPEG-1, MPEG-2 e MPEG-4, DVDs, canais de televisão e vídeos ao vivo na internet em ponto-a-ponto ou multicast. A maior parte da funcionalidade do VLS (VideoLAN Server) pode ser agora encontrada no VLC Media Player. Usar o VLC Media Player ao invés do VLS é altamente recomendado.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Características do VLC
   3. !laniF
Outros artigos deste autor

Tratamento de exceções na linguagem C

A história do hardware

GNU Emacs, o primeiro GNU

Mupen64plus, o melhor emulador de Nintendo 64 disponível para GNU/Linux

VLC Media Player (parte 2)

Leitura recomendada

Instalando e usando o GNUstep no Linux

Atualizando o Slackware com SlackGrade

Instalando antivírus LinuxShield no SuSE e OpenSuSE

CentOS 5 - Utilizando como desktop com o Fluxbox

Elaborando vídeo-aula no Linux com Gtk-recordMydesktop

  
Comentários
[1] Comentário enviado por pinduvoz em 10/04/2009 - 03:52h

Eu testei uma versão beta do 1.0 no OpenSuse e consegui reproduzir vídeo rmvb (mas com algumas pausas).

Isso quer dizer que a versão 1.0 final não vai ter a única limitação que me impede de adotar o VLC como player padrão.

Estou aguardando ansioso.

[2] Comentário enviado por removido em 10/04/2009 - 11:18h

já testei e digo :
não é um player ruim mais ainda perde feio para o mplayer,
essa é minha opinião !!!!!

[3] Comentário enviado por renato.leite em 11/04/2009 - 08:46h

eu uso ele aqui, aqui no slackware 12.1 ele tem um melhor desempenho, do que o mplayer, alem de rodar varios tipos de videos. Pra min sem duvida um dos melhores players...

[4] Comentário enviado por helloworldbr em 11/04/2009 - 13:49h

A grande vantagem do VLC é que ele dispensa a necessidade de baixar codecs proprietários para executar determinados arquivos multimídia. No Windows Media Player não posso ver/ouvir ogg/theora ou Real Audio. O Totem não toca Windows Media, Real Audio ou arquivos .MOV. sem codecs proprietários adicionais. O RealPlayer no Windows tem problemas para tocar OGG Vorbis. O Helix Player não toca arquivos Real Audio e Windows Media. A solução que eu encontrei foi usar o VLC e o RealPlayer 11 for Linux, e assim eu tenho acesso a todos os formatos multimídia.

[5] Comentário enviado por vinipsmaker em 11/04/2009 - 19:28h

O único defeito do VLC Media Player para mim é que ele não tem nenhuma interface gráfica escrita em GTK+ suportada oficialmente. Antes tinha o defeito de não suportar RealMedia 3 e 4, mas a versão 0.9.9 do VLC já suporta estes formatos.

[6] Comentário enviado por astdarkness em 11/04/2009 - 23:31h

Parabéns pelo artigo!!!!
O VLC é uma ótima opção de player no Linux!

[7] Comentário enviado por vinipsmaker em 14/04/2009 - 10:09h

Eu cometi um erro escrevendo o artigo: "... o SongBird (utiliza GStreamer) foi baseado no VLC e é mantido pelo time Mozilla ...".

O SongBird é mantido por um time no qual alguns desenvolvedores são ex-funcionários da Mozilla. O SongBird utiliza várias tecnologias da Mozilla e só as versões não-unix utilizam o VLC, as versões unix utilizam o GStreamer. Também não tenho certeza se o SongBird foi baseado no VLC, pois esta informação foi encontrada em uma das páginas wiki do VLC, mas não consegui encontrar a mesma informação no site oficial do SongBird.

É isso, desculpem-me pelo erro, mas acho que não é tão grave, afinal o tema do artigo é o VLC Media Player e não o SongBird.

[8] Comentário enviado por pinduvoz em 16/04/2009 - 23:33h

Alguém aí testou RMVB na última versão do VLC?

Só falta isso para que eu use o VLC.

[9] Comentário enviado por pinduvoz em 17/04/2009 - 02:59h

Já que vc mencionou o Songbird, cabe lembrar que ele está em desenvolvimento acelerado, tendo lançado duas atualizações nos últimos 45 dias.

O SB atual passou a usar o Firefox 3 para navegar na web e está bem mais rápido na inicialização e no carregamento de músicas e de páginas web e até mesmo

Quem não testou deve testar (dica minha de instalação aqui no VOL).

[10] Comentário enviado por vinipsmaker em 17/04/2009 - 14:37h

De acordo com o site oficial do VLC Media Player o mesmo suporta todos os arquivos real media, porém não pude instalar e testar a última versão do VLC Media Player, pois o Debian tem um problema de dependências/conflitos que me impede de instalar a última versão. Eu irei testar a última versão provavelmente no dia 23 de abril, provável dia de lançamento do ubuntu 9.04.

[11] Comentário enviado por vinipsmaker em 21/07/2009 - 17:16h

Consegui a informação: A versão windows do SongBird realmente é baseada em VLC, porém versões futuras poderão ser baseadas em GStreamer para todas as plataformas:
http://blog.songbirdnest.com/2008/01/30/gstreamer-for-all-all-for-gstreamer/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts