Usando o start-stop-daemon no Slackware

Nesse artigo veremos como utilizar o start-stop-daemon, um utilitário do Debian para controle de processos, no Slackware, permitindo que utilizemos os scripts de inicialização de serviços para Debian no Slackware.

[ Hits: 31.886 ]

Por: Davidson Rodrigues Paulo em 10/04/2006 | Blog: http://davidsonpaulo.com/


Concluindo



Considerações finais


O mesmo procedimento pode ser feito com qualquer outro script de inicialização. Basta pegar o pacote Debian correspondente, extrair o arquivo de inicialização, testar e, se funcionar, colocá-lo em /etc/rc.d/, e acabaram-se os problemas com scripts de inicialização. Afinal, pra que perder tempo fazendo scripts se a galera do Debian já fez o trabalho sujo pra gente? :P

Espero que esse texto seja de utilidade para os amigos Slackers.

Abraços,

Davidson Paulo

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. start-stop o quê?
   2. Baixado e instalando
   3. Concluindo
Outros artigos deste autor

Fundamentos do sistema Linux - comandos do Linux

Grip, the GNOME Ripper

Atualize rapidamente os PC's da sua LAN com Debian

hdparm: Tire o máximo do seu HD

Fundamentos do sistema Linux - hardware

Leitura recomendada

Filesystem do Nokia 6225 no Linux

Trabalhando com RPM

TensorFlow no Kali Linux (Rolling Base) CPU Mode

Softmodem em Linux com dois kernels

Instalação do Docker no CentOS 7

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 10/04/2006 - 19:10h

Arrrrrggghhhhhhhhhhhhhhhhhhhh....
Uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu....
Blaaaaaaaaaaaaaarrrrrrrrrrrrrgh.....
(estou contorcendo-me de admiração)

NOta 10!!!!!!!!!

;-P

[2] Comentário enviado por internero em 10/04/2006 - 21:56h

clap clap clap clap!!!

Parabéns Bozo!

de extrema utilidade esse artigo! :)

[3] Comentário enviado por gnomo_dead em 11/04/2006 - 08:39h

Parabens pelo artigo, muito bem estruturado simples e direto ;)
Mas particularmente nao gosto de misturar as coisas hehe, se eu quisesse coisas do debian eu usuaria o debian, mas jah q uso slack, faço tudo a moda slack mesmo =)

[4] Comentário enviado por fernandoamador em 12/04/2006 - 18:26h

Parabéns pelo artigo...

[5] Comentário enviado por davidsonpaulo em 12/04/2006 - 19:33h

gnomo_dead,

Valeu. Mas devo dizer que discordo de sua opinião. Nós que defendemos o uso do Software Livre devemos lembrar que o principal objetivo da liberdade de software é exatamente que os recursos de um possam ser utilizados em outro livremente.

A principal vantagem de usar Slackware é que, nessa distribuição, nós podemos fazer as coisas exatamente do jeito que queremos, incluindo aí usar scripts de inicialização de outras distros, desde que devidamente adaptados, o que vai economizar trabalho. Lembre-se: ter o sistema sob total controle não significa obrigatoriedade de fazer as coisas do jeito mais difícil.

A propósito, para quem quiser instalar o start-stop-daemon, eu fiz um pacote para Slackware que pode ser baixado em http://www.apareci.com/packageit/i386. Quem quiser testar pode também baixar o pacote para Squid que utiliza o start-stop-daemon no seu rc.squid. Baixe-o em http://www.apareci.com/packageit/i686.

Abraços,

Davidson

[6] Comentário enviado por lucastavarestga em 13/04/2006 - 09:39h

nota 10...

[7] Comentário enviado por slacker_ddsckt em 14/04/2006 - 00:40h

na boa cara, debian fede! fuck debian! viva slackware!

SOU SLACKER, COM MUITO ORGULHO E COM MUITO AMOR!

[8] Comentário enviado por jllitvay em 17/04/2006 - 08:23h

mas peraí... no slack normal se voce executar algo tipo:
/etc/rc.d/rc.nfsd stop (pode ser start ou restart) ele vaz a mesma coisa...

não entendi porque instalar isso?

[9] Comentário enviado por davidsonpaulo em 17/04/2006 - 11:11h

jllitvay,

No Slackware "normal" você pode rodar /etc/rc.d/rc.nfsd stop (por ser start ou restart) porque o script rc.nfsd existe! O rc.squid não existe, e você vai precisar fazer um ou pegar pronto de algum lugar (eu particularmente prefiro pegar pronto). Você só vai precisar do start-stop-daemon se quiser pegar o script (para o Squid, por exemplo) do Debian e rodar no Slackware. Se o seu Slackware já tem um script para o rc.samba, por exemplo, e está funcionando perfeitamente, pra que você vai pegar scripts de outras distros? Essa dica só vale para aqueles serviços que NÃO possuem script rc.* correspondente no Slackware.

Vale lembrar que nem todos os scripts do Debian usam o start-stop-daemon, de modo que vários deles podem ser utilizados no Slackware sem precisar instalar esse utilitário.

A dica também vale para outras distros. Nada impede que usem um script de inicialização do Fedora, por exemplo, mas daí eu já não sei que dependências haveriam para o correto funcionamento dos scripts.

Abraços


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts