Traduzindo software com qualidade

A tradução de softwares é uma atividade interessante e que pode ser feita por qualquer um com um pouco de conhecimento de outros idiomas. Mas além disso, algumas regras são importantes nesta área. Veja aqui como traduzir softwares com qualidade.

[ Hits: 16.268 ]

Por: Paulino Michelazzo em 26/09/2007 | Blog: http://www.michelazzo.com.br


Introdução



Venho traduzindo softwares e documentação técnica há pelo menos dez anos, seja do inglês ou do espanhol para o Português do Brasil. É uma atividade interessante e ao mesmo tempo ambígua ao meu dia-a-dia, pois não uso em meu laptop nenhum software em português; todos em inglês. Coisas do vício creio eu.

Neste período tive o prazer de traduzir grandes softwares como dotProject, TikiWiki, Mambo, Joomla!, pequenos softwares ou componentes e também vários outros softwares de clientes. Posso afirmar que é uma área que me dá muito prazer, seja pelo trabalho em si ou ainda pela contribuição que esta atividade carrega em seu bojo pois, com a tradução de um software, mais pessoas podem usá-lo e novas oportunidades se abrem. Uma verdadeira bola de neve com resultados expressivos tanto para o desenvolvedor quanto para seus usuários.

Como não sou desenvolvedor na maioria das linguagens usadas em aplicações para desktop, esta é uma das formas que encontro para colaborar com projetos que me permitem andar na linha sem a utilização de software pirata e também de economizar uma boa soma de dinheiro. Como exemplo, podem ser citadas as suítes de escritório que custam cerca de US$ 300 dólares, os quais são economizados e direcionados para uma viagem ou ainda para a cervejinha do final de semana.

Mas traduzir software (e documentação) não é somente trocar "and" por "e". Vai muito além disso e possui como qualquer área, algumas regras, criatividade, pensamento lógico e claro, muito trabalho. E aqui vou mostrar um pouco do que é este trabalho em formato de um guia utilizável por aqueles que, como eu, desejam colaborar com os desenvolvedores de software mas não são programadores. Acredite, a tradução pode ser uma ótima oportunidade para ambos.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Guia
   3. Dicas / fim
Outros artigos deste autor

O software livre e as novas oportunidades

O que você vai ser quando crescer?

Liberte seus documentos

Um níquel de volta

Rsync sem senha

Leitura recomendada

Livestation - Assista TV no seu GNU/Linux

Como instalar o Novo SGA - Sistema de Gerenciamento de Atendimento

Baixando ISOs-Linux em altíssima velocidade

Controlando projetos com o Subversion

Monitorando processos no Linux com o Htop

  
Comentários
[1] Comentário enviado por galmeida07 em 26/09/2007 - 08:04h

Obrigado pelas dicas, agora creio que ficará mais facil começar a traduzir...Otimo artigo, parabéns.

[2] Comentário enviado por fulllinux em 26/09/2007 - 08:10h

Muito bom... Não sou tradutor mas posso lhe garantir que agora posso me responder o porque de várias coisas que me endago. Sempre me perguntei sobre traduções de softwares e agora tenho uma base para isso. Vc explicando parece fácil, mas sei que não é bem assim...

Parabéns pelo belo artigo.

Rafael Santana.

[3] Comentário enviado por eliz em 26/09/2007 - 11:22h

Vou começar a dar aulas sobre linux e pretendo entrar no ramo de tradução de documentação. Adorei o seu artigo, assim que puder vou manter contato com vc :)

[4] Comentário enviado por borisam em 26/09/2007 - 16:43h

Gostei, da matéria embora não tenha muita habilidade para traduções. Mas respeito muito os profissionais que trabalham nesta área pois já economizei muito tempo e esforço por traduções bem feitas assim como já tive muito trabalho por não ter encontrado.

Parabéns.

[5] Comentário enviado por AKYRA em 27/09/2007 - 21:02h

Issa é o tipo de materia super massa ...
Tipo acho que é o estilo de coisa que eu faria ja que nao sei programar....
Alias estou super interesado em pegar alguns pacotes tratusidos....
KEm sabi um dia tenhamos documentações talmente em Pt_Br

[6] Comentário enviado por etori em 28/09/2007 - 07:57h

Parabéns Michelazzo. Tenho uma vontade imensa de traduzir programas para nossa língua. Contudo, ainda estou estudando o inglês. Com este seu artigo percebi que não basta fazer um curso e sair traduzindo. Posso até colaborar com um outro tradutor, mas assumir um projeto precisa conhecer a língua nativa do programa muito bem.

Nota 10 pelo artigo!


[7] Comentário enviado por f_Candido em 30/09/2007 - 21:36h

Muito Bom. Deve ser bem gratificante. Parabéns.
Abraços

[8] Comentário enviado por tuxSoares em 01/10/2007 - 11:08h

Olá, gostei do seu artigo, é uma boa orientação para quem está começando a fazer esse tipo de tarefa, também é otimo para quem somente quer ter uma noção de como é feito.

Parabens!

[9] Comentário enviado por luan tavares em 01/10/2007 - 12:48h

Otimo artigo pra tirar a ideia de que so quem entende muito de programação pode traduzir um software com qualidade.

[10] Comentário enviado por madrigal em 23/11/2008 - 15:41h


Estou fazendo uma pós pós em Software Livre, e o tema de meu projeto final é:

Tradução de Softwares Livres: Técnicas e Automação em
Diferentes Realidades Lingüísticas.

O seu artigo fui muito útil! Valeu


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts