Suporte a impressão e escâner em multifuncionais da HP (configuração completa)

Este artigo visa demonstrar, de forma simples e completa, como estabelecer um ambiente adequado que permita iniciar trabalhos de impressão e "scanning" em plataforma Linux para impressoras e multifuncionais da marca HP, figurinhas tarimbadas em quaisquer lojas de varejo no Brasil e no mundo.

[ Hits: 22.724 ]

Por: Talvanes Ferreira de Sousa em 26/08/2011


Configuração do escâner e Conclusão



Configuração do escâner

Agora é a vez do escâner. Para isso, instale o SANE e, se você ainda não tiver o HPLIP, instale-o também:

sudo pacman -S sane hplip

Obs.: Se só agora você acabou de instalar o HPLIP, você deverá seguir os passos do item anterior (Configurando a impressão) para configurar o suporte a impressão, caso contrário, acompanhe os passos seguintes. Adicione o seu usuário ao grupo scanner, caso você ainda não esteja nesse grupo, a fim de habilitar suporte ao escâner. Para isso, rode:

sudo gpasswd -a SEU_USUARIO scanner

Obs.: SEU_USUARIO é o usuário com o qual você acessa o sistema operacional.

Antes de mexer em quaisquer arquivos de configuração do sane, faça o favor de consultar qual é o backend (uma espécie de ponte entre o software e o firmware) de seu equipamento. Para isso, acesse o site http://www.sane-project.org/sane-supported-devices.html para saber se seu escâner é suportado.

Mas, por conveniência, a instalação do pacote hplip em Archlinux sempre nos diz que o backend correspondente a seus equipamentos é hpaio. Assim, descomente ou adicione "hpaio" (sem as aspas) ao final do arquivo "/etc/sane.d/dll.conf":

echo "hpaio" >> /etc/sane.d/dll.conf

Crie, então, um diretório hplip em "/usr/share/sane":

sudo mkdir -pv /usr/share/sane/hplip

Agora, insira o CD de instalação da multifuncional, monte a mídia e vá até os diretórios drivers -> scanner -> x32 ou x64, dependendo da arquitetura de seu processador. É onde estão os firmwares de seu equipamento. Sem eles, sua multifuncional não será reconhecida de jeito nenhum:

mount /media/cdrom

Obs.: Supondo que a mídia é montada no diretório acima.

cd /media/cdrom

Em 32-bits:

cd drivers/scanner/x32

Em 64-bits:

cd drivers/scanner/x64

Copie todo o conteúdo para a pasta recém-criada "/usr/share/sane/hplip":

sudo cp -v * /usr/share/sane/hplip

Saia do diretório e desmonte o CD:

cd && umount /media/cdrom && eject

Segundo o nome do backend (hpaio, para multifuncionais hp), crie o arquivo hpaio.conf em "/etc/sane.d":

sudo nano /etc/sane.d/hpaio.conf

E insira o seguinte conteúdo:

#
# Configuration file for hpaio
#
usb 03f0 5c11
firmware /usr/share/sane/hplip


Salve e feche o arquivo.

Explicando:

A chave "usb" se refere ao identificador do dispositivo conectado, ou seja, sua localização no barramento USB. É próprio do equipamento.

Sabe onde você consegue estes números (03f0 e 5c11)? Através do comando lsusb:

lsusb

Bus 001 Device 001: ID 1d6b:0002 Linux Foundation 2.0 root hub
Bus 002 Device 001: ID 1d6b:0001 Linux Foundation 1.1 root hub
Bus 003 Device 001: ID 1d6b:0001 Linux Foundation 1.1 root hub
Bus 004 Device 001: ID 1d6b:0001 Linux Foundation 1.1 root hub
Bus 001 Device 002: ID 03f0:5c11 Hewlett-Packard PhotoSmart C4200 Printer series

No meu caso, esses números eram "03f0" e "5c11", conforme indicado no ID do dispositivo para multifuncionais da marca HP Photosmart série C4200 (ID 03f0:5c11), mas tais números podem variar.

Já a chave "firmware" significa onde os firmwares se localizam no sistema de arquivos.

Último, mas não menos importante: adicione o seu usuário ao grupo lp, senão haverá problemas de permissão quanto a mandar sinal pelo conector USB da multifuncional.

sudo gpasswd -a SEU_USUARIO lp

Agora, faça o teste:

scanimage -L

Se a saída for algo do tipo:

device `hpaio:/usb/Photosmart_C4200_series?serial=BR7ARGH0DB04VP' is a Hewlett-Packard Photosmart_C4200_series all-in-one

Parabéns! Seu escâner já foi configurado com sucesso e agora você poderá digitalizar quantas imagens quiser!

Por fim, instale alguns frontends (ou interfaces gráficas):

sudo pacman -S sane-frontends # do próprio projeto sane, bastante simples
sudo pacman -S xsane # padrão do sane
sudo pacman -S kdegraphics-kooka# para quem usa KDE
sudo pacman -S xsane-gimp# plugin do sane para o Gimp

Conclusão

Pode-se perceber, portanto, que configurar multifuncionais em Linux não é mais aquele bicho de sete cabeças, pois os fabricantes de equipamentos de impressão estão a cada dia percebendo que o Linux, como sistema operacional, está se popularizando mais a cada dia por dar a nós usuários uma alternativa a mais no mercado de sistemas operacionais, mesmo no contexto em que o domínio absoluto no mundo tecnológico ainda continua sendo das práticas de mercado, desde a época em que o software começou a se tornar a entidade principal de vendas em detrimento do hardware.

Por isso mesmo, muitos desses fabricantes passaram a desenvolver versões de seus drivers, firmware e utilitários específicos para o Linux. Isso se deve ao fato de que muitos usuários e empresas estão migrando em massa para este sistema operacional e, temendo uma "possível" perda de clientes com tal mudança, fabricantes que antes desenvolviam somente para Windows ou Mac (ao menos a maioria deles) decidiram apostar justamente em soluções para o sistema operacional aberto, desde drivers e firmwares, como eu falei anteriormente, até utilitários de configuração completos. E foi o que aconteceu desde então.

Entretanto, se também não fosse a "pressão popular", nada disso seria possível. Tanto que, nas palavras de pedemesa (um dos nossos colegas do site), foi assim que a HP criou o HPLIP, e, se o fabricante de sua impressora, multifuncional ou escâner ainda não desenvolveu um driver ou firmware para o seu sistema operacional, entre em contato no site, mobilize o máximo de gente possível em um abaixo-assinado e proteste o que for a fim de que o fabricante passe a desenvolver a versão de seu driver para o Linux, ou senão, use o Ndiswrapper (mas aí é só um quebra-galho!).

Muito obrigado!
"Saúde e paz, que o resto a gente corre atrás." (Fantástico, o show da vida).
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução e Configuração da impressão
   2. Configuração do escâner e Conclusão
Outros artigos deste autor

Extensões imperdíveis para quem usa o Git (e o GitHub) no Brackets

Como utilizar o repositório SlackBuilds

Leitura recomendada

Minix 3.2.0 no ESXi 5.0 - Instalação usando o vSphere Client 5.0

Instalando e configurando modem SpeedTouch 330 USB no Slackware 10

Xubuntu Retrô (ao estilo Space Invaders)

Tema com cores vivas para Xfce no Xubuntu 12.04

PuTTY - Release 0.66 - Parte IV

  
Comentários
[1] Comentário enviado por nicolo em 26/08/2011 - 13:55h

O autor escreveu
Abraspas
Pode-se perceber, portanto, que configurar multifuncionais em Linux não é mais aquele bicho de sete cabeças,...
Fechaspas

A HP tem suportado o Linux com drivers para a maioria dos modelos. No entando esse suporte não tem tido a mesma extensão para todos os fabricantes. Convém, antes de comprar verificar a base de dados
http://www.openprinting.org/printers

Atenção especial para a parte de scanner, até hoje o hardware de menor suporte para linux.
Há sempre a possibilidade de colocar um quebra galho numa máuina virtual, ms não é algo perfeito.

[2] Comentário enviado por talbas em 26/08/2011 - 18:20h

Mais do que útil o seu comentário, bakunin, porém, para as marcas e modelos que ainda não têm um driver nativo para o Linux, convém também uitlizar o ndiswrapper (http://sourceforge.net/apps/mediawiki/ndiswrapper/index.php?title=Main_Page), um utilitário que emula um driver nativo do Windows (qualquer driver, não apenas os de rede e impressão, se bem que esses são usos típicos) no sistema do pinguim, mas isso é só um quebra-galho a ser usado em casos extremos.

[3] Comentário enviado por emersonmagni em 14/09/2011 - 12:45h

Opa,

Instalei o 11.04 na minha máquina, eu tenho uma impressora HP M1132 MFP, multifuncional. Baixei o arquivo hplip-3.11.7.run, faço tudo correto, toda a instalação, mas quando chega na parte do Setup, não funciona da erro. Na janela de DRIVER PLUG-IN INSTALLATION, tem três alternativas, a primeira é:
*Download and install the plug-in from an HP. (recommended), MAS DA ERRO.
*Select and install an existing local, EU PROCURO O ARQUIVO . RUN SELECIONA, MAS O BOTÃO NEXT NÃO FICA ATIVO.

Já fui pelo http://localhost:631/, mas também da erro....já troquei de porta USB...e nada...

Se alguém tiver uma luz, agradeço.

Valeu,

Emerson.

[4] Comentário enviado por talbas em 14/09/2011 - 16:26h

Amigo, para poder usar a impressora, no mínimo, é necessário configurá-la antes. E para que isso seja possível, é necessário, antes de tudo, iniciar o serviço de impressão, não importa se for pela interface web, pelo gnome-cups-manager ou pelo hp-setup. Assim:

No Ubuntu, faça antes de qualquer coisa:
$ sudo /etc/init.d/cups start

Basta prestar um pouco mais de atenção no artigo que escrevi:
"Para instalar o CUPS e o HPLIP:
$ sudo pacman -S cups hplip
Em seguida, inicie o serviço do cups:
$ sudo /etc/rc.d/cups start"

Abraços,
Talbas.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts