Slax no pendrive - é viável e também útil

Este artigo procura descrever o Slax e mostrar a vantagem de utilizar uma distro instalada em um pendrive ao invés de usar em um CD. Descrevo alguns pontos como instalação, adição de programas, salvar configurações. Coisas que tornam possível dar uma utilidade para a distro "portátil".

[ Hits: 61.148 ]

Por: Gabriel Menezes em 11/05/2007 | Blog: http://comunidade-linux-brasil.info


Adicionar e remover programas



Uma das coisas mais interessantes do Slax é a possibilidade de adicionar e remover programas e salvar as configurações (processos semelhantes, de certo modo).

Primeiro vamos falar sobre o tipo de "pacote" que o Slax trabalha para os seus programas.

O Slax oferece uma funcionalidade chamada "modularidade". Você pode baixar esses "módulos" da internet e adicionar ao pendrive para aprimorar sua versão do Slax de acordo com suas necessidades. Esses módulos também podem ser criados com um procedimento que será explicado.

Softwares adicionais para o Slax são disponibilizados através desses módulos (pacotes .mo). A "instalação" dos programas no Slax é feita de forma simples também, basta adicionar o arquivo.mo do programa na pasta /modules do pendrive, assim o programa será carregado automaticamente no boot. Caso você não queira que o programa seja carregado automaticamente., grave-o em outro lugar e utilize o comando:

# uselivemod /diretório/arquivo.mo

Libs também podem ser "instaladas" da mesma forma.

Módulos podem ser baixados no site:
Lembrando que os módulos são criados por usuários, ou seja, são "não-oficiais".

Existe um módulo para carregar os drivers da Nvidia que funciona uma beleza, além do da ATI e muitos outros.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Slax no pendrive? Como?!
   2. Versões do Slax
   3. Adicionar e remover programas
   4. "Criando" seus próprios módulos
   5. Salvando suas configurações
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

O que fazer após instalação do elementary OS Luna

Criando um Ubuntu (6.10/7.04) personalizado

Fazendo RSH sem senha

Criando servidor de arquivos GNU/Linux com RAID virtual e DFS em rede Windows

Autenticação de cliente 802.1x WPA utilizando EAP-TTLS FreeRADIUS + Samba + LDAP

  
Comentários
[1] Comentário enviado por calaff2 em 11/05/2007 - 09:14h

Massa man!! Esse eh o Gabriel que conheço hehehe Eng. eletrico que ama a liberdade ama o linux!!! Eh isso man tudo de bom!! vlw pelo artigo!!

[2] Comentário enviado por marcrock em 11/05/2007 - 14:42h


Muito bom seu artigo!!!

Parabéns !!!!

Valew.

[3] Comentário enviado por dark_slack em 13/05/2007 - 16:12h

inves de usar o dir2mo poderiamos usar o mksquashfs que da no mesmo.

[4] Comentário enviado por GilsonDeElt em 17/05/2007 - 15:33h

Gostei do artigo.
Pena que não tenho um pendrive pra testar.
Vlw!

[5] Comentário enviado por portugars em 18/05/2007 - 16:49h

Linux numa PEN USB em 5 min, via Windows.

podem dar uma olhada em:

http://www.pplware.com/?p=4966


[6] Comentário enviado por luancfalquetto em 23/08/2007 - 18:28h

funciona se eu colocar os mesmos arquivos em um hd ?
ou instalar diretamente no hd?
obrigado

[7] Comentário enviado por gomenezes em 06/09/2007 - 12:04h

Como assim "instalar diretamente no hd"?


Para instalar no HD é só seguir o procedimento de instalação normal para qualquer distribuição...

[8] Comentário enviado por fredmaia em 23/02/2008 - 20:22h

Esse procedimento também funciona no CD? Se não, existe algum outro comando que eu possa usar pra salvar arquivos usando o Slax pelo CD? Vlw...


Contribuir com comentário