Slackware Current redondo com XFCE

Instruções de configuração para usuários do Slackware que acham o KDE pesado e preferem usar o XFCE. O artigo abordará o processo de configuração do sistema, atualização para a versão Current e configuração do XFCE. O objetivo é deixar o Slackware "redondo", ou seja, muito mais usável que o padrão.

[ Hits: 39.066 ]

Por: Xerxes em 05/06/2009 | Blog: https://static.vivaolinux.com.br/imagens/dicas/comunidade/300.jpg


Configuração do XFCE



Ajustes no XFCE

Você realmente precisa de quatro áreas de trabalho? No meu caso só preciso de duas e olhe lá! Se você deseja alterar a quantidade de áreas de trabalho vá em Menu -> Configurações -> Espaços de trabalho.

A velocidade de repetição do teclado no XFCE 4.6 é um pouco lenta na minha opinião. Para resolver isso, acesse Menu -> Configurações -> Teclado. Em "Velocidade de repetição" mude o valor de 20 para 40.

Talvez você queira suavizar as fontes. Eu gosto e procedo da seguinte forma: Menu -> Configurações -> Aparência -> Fontes. Escolho Sans 10, habilito suavização, hiting Completo, ordem de subpixel: RGB, ativo DPI personalizada com valor 90. Isso também evita que as sombras que circundam os nomes dos diretórios da área de trabalho sejam "cortadas".

Se você já instalou o driver da sua placa de vídeo, recomendo habilitar os efeitos dos gerenciador de janelas. Menu -> Configurações -> Ajustes do Gerenciador de Janelas -> Compositor. Em marco tudo nessa aba.

O relógio padrão do XFCE não é muito prático. Quando se clica nele, não surge calendário. Para aumentar a usabilidade, faça o seguinte: clique sobre o relógio com o botão direito, escolha "Adicionar novos itens..." escolha o plugin "Relógio do Orage". Agora você terá dois relógios. Clique no antigo com o botão direito e escolha "Remover". O novo relógio possui calendário. Para configurar esse relógio clique sobre o mesmo com o botão direito e em seguida em "Propriedades". Configure como desejar. Uma sugestão é ativar a linha 1 e colocar o seguinte: %a %d %B %Y, %R, assim você terá uma informação no seguinte formato: Ter 02 junho 2009, 12:51.

Seria bom que o Numlock fosse ativado automaticamente. Para isso, instale o aplicativo Numlockx:

# sbopkg -i numlockx

Agora vá em Menu -> Configurações -> Sessão e Inicialização -> Início automático de Aplicativos -> Adicionar -> Nome: Numlockx, Descrição: Ativa o Numlock, Comando: numlockx on. Clique em "OK" e depois em "Fechar". Feito isso, na próxima vez que o XFCE for iniciado, o Numlock será ativado.

Quer facilidade para descompactar arquivos? Então instale o Squeeze e o Unrar:

# sbopkg -i "squeeze unrar"

O Slackware já tem suporte nativo aos outros formatos. Você só precisa instalar esses dois pacotes. Então, quando se deparar com algum arquivo compactado, basta clicar sobre ele com o botão direito e escolher "Abrir com Squeeze".

Por último, mas não menos importante, iremos configurar o prompt. Como deve ter notado, ele está sem configuração alguma. Faça o seguinte:

mousepad ~/.bashrc

E cole o seguinte conteúdo:

export PS1='\[\033[01;32m\]\u \[\033[01;34m\]\W \[\e[1;32m\]\$ \[\033[00m\]'
alias lll="ls -al --color"
alias ll="ls -a --color"
alias l="ls --color"
alias search="find . -name"

Salve e feche esse arquivo. Reabra o terminal para ver a diferença. Além de colorido, você disporá de quatro comandos:
  • l - Lista os arquivos destacando-os com cores.
  • ll - Lista os arquivos incluindo os ocultos destacando-os com cores.
  • lll - Lista os arquivos e suas respectivas permissões destacando-os com cores.
  • search - Faz uma busca no diretório atual pela palavra chave. Exemplo: search *.txt

Torne-se root:

su

Agora como root execute o comando:

# mousepad ~/.bashrc

E cole o seguinte:

export PS1='\[\033[01;31m\]\u \[\033[01;34m\]\W \[\e[1;31m\]\$ \[\033[00m\]'
alias lll="ls -al --color"
alias ll="ls -a --color"
alias l="ls --color"
alias search="find . -name"

Esse último código é semelhante ao que foi usado anteriormente, mas com uma diferença na cor do prompt. Salve e feche o arquivo. Reabra o Terminal, logue-se como root novamente para ver a diferença. Enquanto um é verde, o outro é vermelho para lembrá-lo de forma mais enfática de que está com o usuário root.

Configuração dos atalhos

O ideal é que tarefas rotineiras possam ser feitas de forma rápida. Para isso é que servem os atalhos. Para configurar os atalhos acesse: Menu -> Configurações -> Teclado -> Atalho de Aplicativos. Além dos atalhos já pré-configurados, abaixo eu listo alguns atalhos que eu adiciono:
Comando               Atalho

firefox               Alt+f
thunar                Alt+a
terminal              Alt+F1
geany                 Alt+g
xfce4-screenshooter   print
xkill                 Ctrl+Alt+Escape

Ativando som no Pidgin

Se o seu Pidgin estiver sem som (aqueles sons que acompanham os eventos), faça o seguinte: abra o Pidgin, vá no menu Ferramentas -> Preferências -> Sons. Agora configure conforme o esquema seguinte.

Método: Comando
Comando do Som: aplay %s

Conclusão

Se você fez uma instalação Full do Slackware e atualizou para a versão Current, você tem Xine e Mplayer para assistir seus filmes; XMMS e Audacious para ouvir música; XChat para conectar-se ao IRC; Gimp para manipular imagens etc. O conjunto de aplicações que vem por padrão, embora não seja completo, satisfaz muitas necessidades dos usuários e creio que seguindo esse artigo, o usuário conseguirá dar os primeiros passos na configuração do XFCE de forma que esse ambiente seja suficiente para as suas atividades rotineiras.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Configuração e atualização do sistema
   2. Aplicativos e ferramentas
   3. Configuração do XFCE
Outros artigos deste autor

Instalação do Archlinux por outro sistema já instalado

Três distros inspiradas no Mac OS

A Maldição de Patrick Volkerding

Mamãe, quero Slack! (parte 3 - final)

Slackbuilds para leigos

Leitura recomendada

Sabayon Linux: Migrando KDE4 para KDE5

Um pouco sobre otimização

Balanceamento e alta disponibilidade com Bonding

Ubuntu - configurando dois monitores numa mesma placa de vídeo

Como fazer: Chroot Dosemu (Clipper no Linux)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Diadema em 06/06/2009 - 21:46h

Parabéns Xerxes, como sempre traz grandes contribuições aos usuários.
Abs, Diadema

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 06/06/2009 - 21:53h

Valeu Diadema =]

[3] Comentário enviado por Lu1z N3tt0 em 15/06/2009 - 01:51h

cara...muito boa suas tutos.....instalei aki o slack vendo elas.....ja at[e decorei d tanto q instalei aki rsrsrs.......so falta agora configura meu xorg, pois tenho uma placa on-board aki....uma via vn800..... :S
mas muito bem.....vc salvo a vida de muito usuario iniciante como eu rsrsrs

abrasss

[4] Comentário enviado por ltbplinux em 19/08/2009 - 17:32h

Poxa meu velho, venho agradecer por esta ótima contribuição. Realmente foi de muita valia para mim. Espero que seja para todos os outros "slackware users" :)


[5] Comentário enviado por eduams em 24/08/2009 - 22:06h

Muito obrigado! Salvou minha vida! Hehehe...
Parabéns pelos seus artigos!

[6] Comentário enviado por removido em 09/04/2010 - 14:11h

Amigo muito obrigado por ter feito esse artigo,segui perfeitamente os procedimentos e o resultado foi muito bom,parabens.


[7] Comentário enviado por removido em 27/05/2010 - 01:41h

Cara, não posso deixar de te parabenizar pelo seu trabalho aqui no vol.

Estás de parabens! Sua ajuda vale ouro para nós que estamos começando no mundo do linux.

[8] Comentário enviado por douglas.giorgio em 09/12/2010 - 09:26h

eita.. vou fazer tudo isso agr msm xD

o unico problema que tenho que me incomoda msm é que não aparece os discos removiveis no painel, nem o som "para aumentar e abaixar o volume" e quando excluo algum arquivo do pendrive, só consigo remover se excluir o arquivo da lixeira

tbm os acentos no teclado

[9] Comentário enviado por removido em 22/02/2011 - 10:18h

Boa dica.
Gosto do slack e do xfce.

[10] Comentário enviado por izaias em 09/11/2013 - 20:58h

Estou com o Slack 14 Current Xfce, aqui instalado.

Artigo direto e eficiente.


Obrigado, Xerxes.

[11] Comentário enviado por xerxeslins em 10/11/2013 - 20:42h


[10] Comentário enviado por izaias em 09/11/2013 - 20:58h:

Estou com o Slack 14 Current Xfce, aqui instalado.

Artigo direto e eficiente.


Obrigado, Xerxes.


Valeu, Izaias!

Só avisando: estou finalizando um artigo aqui sobre Slackware... acho que hoje eu envio.


Contribuir com comentário