Servidor de logs em Debian Linux

Esse artigo tem como objetivo demonstrar a configuração de um servidor de logs em Debian Linux e seus clientes, que podem ser máquinas Linux, Windows, roteadores, dentre outros dispositivos de rede.

[ Hits: 72.384 ]

Por: Mauricio Vieira Gomes da Silva em 09/10/2008


Visualizando os arquivos de log



Se configurarmos o nosso /etc/syslog.conf para escrever tudo no mesmo arquivo, teremos que todos os dispositivos clientes terão tudo registrado em apenas um arquivo de log. Ao invés de termos que ir ao servidor cada vez que quisermos olhar o log central, você pode torná-lo acessível a qualquer um em sua rede via browser, bastando para isso instalar o Apache no servidor de logs. Adicionalmente, você deve configurar o servidor SSI (ServerSide Includes).

Uma vez que tenha o Apache configurado, precisaremos criar uma página web que mostrará o log. Começaremos renomeando a homepage fornecida usando o seguinte comando:

# mv /var/www/index.html /var/www/index.org

Então crie uma nova home page com o comando:

# vim /var/www/index.shtml

(note que o "s" na extensão do arquivo é requerida pelo SSI) e insira as seguintes linhas no arquivo:

<html>
<head>
<title>Enterprise Syslog Log File</title>
</head>
<body>
<center>
<h2>
MyCorp Enterprise Syslog Log
</h2>
</center>
<!#
include file="enterprise.log" >
<br>
</body>
</html>

Saia do editor salvando o arquivo. file é referenciado no SSI na diretiva include relativa ao "Document Root" do Apache. Em outras palavras, o arquivo enterprise.log não reside no diretório /var/www com o arquivo index.shtml que contém a diretiva. Criar um arquivo de log enterprise no Document Root do web server normalmente não é a melhor idéia.

Como mencionado acima, se você está configurando um servidor de logs sério você provavelmente criou uma partição grande separada com o ponto de montagem em /var/log para armazenar os arquivos de log. Talvez a maneira mais fácil de visualizar o arquivo de log enterprise como uma página web é mudando o Document Root do seu Apache, fazendo-o apontar para o ponto de montagem de sua partição de logs.

Para mudar a configuração do Document Root abra o arquivo de configuração do Apache com o seguinte comando:

# vim /etc/apache2/httpd.conf

e altere a linha (na Section 2):

DocumentRoot /var/www

Para:

DocumentRoot /var/log

e saia do editor salvando o arquivo. Certifique-se de mover o arquivo index.shtml para a pasta onde a partição /var/log foi montada e de mudar o seu arquivo /etc/syslog.conf para que o arquivo de log enterprise também seja salvo na partição /var/log. Para propósitos de testes faça isso:

*.* /var/log/enterprise.log

Após as modificações serem concluídas, devemos reiniciar os serviços syslog e Apache ou simplesmente reiniciar o computador.

Agora vá a um outro computador na rede, abra um browser qualquer e digite o endereço IP do servidor de logs, como no exemplo abaixo:

http://<ipdoservidordelogs>

Uma página listando o conteúdo do arquivo "enterprise.log" deverá aparecer. Se não aparecer, clique no menu Exibir / Código Fonte e veja se a linha da diretiva SSI é exibida junto com o código HTML. Em caso negativo, significa que o Apache não está devidamente configurado para processar diretivas SSI (ou você não usou a letra s na extensão do nome da página). Os arquivos /var/log/apache.log e /var/log/apache.err irão lhe ajudar a resolver os problemas de SSI.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O servidor Syslog
   3. Clientes do servidor "syslog"
   4. Visualizando os arquivos de log
   5. Conclusão
Outros artigos deste autor

iTALC 2.0 - Instalação e Configuração no Ubuntu

Vodafone Mobile Connect Card driver - Um excelente software para modems 3G

Leitura recomendada

Jails em SSH: Montando sistema de Shell Seguro

Chroot + Bind sem stress

MaraDNS: Simples - Seguro - Robusto (parte 3)

Escrevendo em discos sem sistemas de arquivos

Ferramentas de administração remota

  
Comentários
[1] Comentário enviado por renato.leite em 09/10/2008 - 15:09h

muito bom o artigo, tá de parabéns....

[2] Comentário enviado por reng.unip em 09/10/2008 - 15:27h

Dandelion parabéns, ótimo artigo, vou implementá-lo. Até mais.

[3] Comentário enviado por assuero em 09/10/2008 - 16:37h

Ótimo artigo, um servidor Linux de logs em um ambiente de rede é uma mão na roda para o administrador.
Esse será um dos artigos que terei na mão quando começar a fazer meus testes de rede com linux, em casa.
Obrigado por mais este conhecimento.

[4] Comentário enviado por comfaa em 10/10/2008 - 07:42h

ótimo artigo !!!
parabés

[5] Comentário enviado por removido em 12/10/2008 - 10:35h

dandelion

Muito Bom mesmo !!!

[6] Comentário enviado por removido em 13/10/2008 - 18:22h

Maurício,
ótimo artigo. parabéns.
foi o melhor q já li sobre syslog.

só ficou faltando uma informação. como faz para mudar a porta na qual o syslog vai receber as mensagens?

[7] Comentário enviado por comfaa em 14/10/2008 - 09:01h

Muito Bom Artigo !!!

Abraços

[8] Comentário enviado por jucaetico em 14/10/2008 - 10:49h

Cara, era tudo que eu precisava. Valeu mesmo!

Abraços

[9] Comentário enviado por crildo em 14/10/2008 - 14:20h

Muito Bom! Parabéns!

[10] Comentário enviado por jucaetico em 22/10/2008 - 09:51h

Amigo, testei e não funcionou na primeira vez, depois que vi o artigo em inglês. Notei a seguinte diferença:

Seu artigo:
SYSLOGD="r m0"

Artigo original:
SYSLOGD="-r -m0"


Pelo menos no meu caso essa alteração fiz no seguinte arquivo: /etc/default/syslogd

Agora funcionou blz.

ps. utilizei o Debian 4.0 etch

abraços

[11] Comentário enviado por smkbarbosa em 12/03/2009 - 09:27h

Muito bom, ajudou bastante.....


[12] Comentário enviado por jcbarrios em 18/03/2009 - 00:05h

Olá Parabéns pelo artigo!

Apenas uma dúvida, por exemplo é possível implementar essa técnica de enviar os logs para o servidor de log das estações de trabalho dos colaboradores com SO em windows (XP) por exemplo. Caso sim, como seria o procedimento.

Abs,

Obrigado.
Jcbarrios

[13] Comentário enviado por dandelion em 18/03/2009 - 10:11h

Olá jcbarrios!!!

Não fiz o teste com estações Windows XP, mas penso que o procedimento adotado pra Windows 2003 funcione também no XP.

Abraços!

[14] Comentário enviado por julioagostini em 26/06/2009 - 16:58h

Muito bom o artigo!

[15] Comentário enviado por magnolinux em 13/10/2009 - 10:46h

otimo artigo parabens..

[16] Comentário enviado por kurtz01 em 22/12/2011 - 02:38h

Muito bom vou testar em casa.

[17] Comentário enviado por MarceloHudson em 12/04/2012 - 10:52h

Estava à procura de um servidor SYSLOG,seu artigo vai me ser muito útil.Obrigado .

[18] Comentário enviado por augustodmdries em 09/08/2016 - 18:19h


[6] Comentário enviado por removido em 13/10/2008 - 18:22h

Maurício,
ótimo artigo. parabéns.
foi o melhor q já li sobre syslog.

só ficou faltando uma informação. como faz para mudar a porta na qual o syslog vai receber as mensagens?


Amigo fiz da seguinte forma

source "nome da sua source" {
network (port (514) transport("udp"));
};
coloque o nome que sua preferencia em sua source ex, "s_mikrotik"
e no lugar de 514 o numero da porta que deseja
e não se esqueça de informar nos dispositivos a porta


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts