Servidor DNS (bind9) em Debian Linux

Este tutorial aborda a instalação e configuração de um servidor DNS usando o Bind9 em Debian Linux.

[ Hits: 158.593 ]

Por: Richard Andrade em 26/11/2008


O que é?



Servidor DNS tem função de resolver nomes. Como assim? Toda vez que você acessa a internet, como por exemplo o Viva o Linux, você não está acessando www.vivaolinux.com.br, está acessando um endereço IP formado por 4 octetos (76.74.236.7). Imagine você ter que gravar números ao invés de nomes toda vez que você quiser acessar a internet, seria complicado... pra isso você configura o DNS indicando algum servidor DNS para resolver isso pra você.

Instalar um servidor DNS é fácil, basta você utilizar o apt-get:

# apt-get install bind9 dnsutils -y

Vamos começar a configurar o nosso servidor DNS.

Primeiramente edite o arquivo /etc/bind/named.conf.options. Na linha 2 vamos ter a seguinte opção:

directory "/var/cache/bind";

Vamos modificá-la e adicionar a linha abaixo para:

directory "/etc/bind";
version "não disponível";

Vocês entenderão por quê eu modifiquei o directory daqui a pouco.

Se você colocar a opção version, seu texto será mostrado caso alguém dê um dig no seu servidor DNS.

A linha 10 será para caso você queira usar alguma porta privilegiada.

Tire o comentário das linhas 17 à 19 e troque o 0.0.0.0 pelo seu gateway, por exemplo:

forwarders {
   192.168.1.1;
};


Linha 21:

auth-nxdomain no;

Deixe como está, ela indica se você é um root server ou não.

Linha 22:

listen-on-v6 { any; };

caso você utilize ipv6, troque o "any" pelo IP da interface que você quer que o seu servidor DNS fique escutando, caso não utilize modifique para o seguinte:

listen-on {
   127.0.0.1;
   192.168.1.2;
};

Essa opção listen-on é para ipv4, eu coloquei como se meu servidor DNS tivesse IP 192.168.1.2.

Abaixo do listen-on adiciona-se a seguinte opção:

allow-query {
   127.0.0.0/8;
   192.168.1.0/24;
};

Essa opção será quem eu vou permitir que faça a consulta no meu servidor DNS.

Saia salvando o arquivo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é?
   2. named.conf.local
   3. Arquivo de zonas
   4. Arquivo de zona reverso
   5. Testando o servidor DNS
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Agendando tarefas em Linux/Unix usando o cron

Instalação e configuração do Apache2 com SSL e MOD_JK no Solaris

Problema resolvido: VMware Server 1.0.7 rodando no Debian Lenny Linux

Servidor de backup Bacula 7 + Webacula 5.5 no Debian Wheezy

Zenwalk Core: Para quem só quer o essencial

  
Comentários
[1] Comentário enviado por adakopke em 26/11/2008 - 18:32h

Muito bem,

o artigo ficou legal.

[2] Comentário enviado por dtux em 26/11/2008 - 20:04h

Muito bom, bacaninha
Flow

[3] Comentário enviado por chacau19 em 27/01/2009 - 12:47h

bom dia meu nome e wenderson e estou tentando estalar s se server de dns mas ta dando o seguinte errro

wenderson:/# /etc/init.d/bind9 restart
Stopping domain name service...: bindrndc: connect failed: 127.0.0.1#953: connection refused
failed!
Starting domain name service...: bind failed!
wenderson:/# mcedit /etc/bind/named.conf.local


sera q vc pode me ajudar desde ja obrigada

[4] Comentário enviado por richardandrade em 28/01/2009 - 09:15h

Chacau19, olha só cria um tópico sobre a pergunta colocando seu named.conf.options. Eu sempre estou respondendo perguntas do tipo, aqui eu normalmente nunca olho.

[5] Comentário enviado por marcoslima82 em 28/01/2009 - 17:08h

execelente tutorial cara, vlw

[6] Comentário enviado por robsonwinfo em 29/01/2009 - 09:42h

richardandrade

Bom dia. Estou tentando também instalar um servidor DNS no UBUNTU ou FEDORA. Mas primeiro estou fazendo os testes no meu notebook que tem o UBUNTU 8.10 Desktop e esta aparecendo o mesmo erro que o "chacau19" lhe informou:

wenderson:/# /etc/init.d/bind9 restart
Stopping domain name service...: bindrndc: connect failed: 127.0.0.1#953: connection refused
failed!
Starting domain name service...: bind failed!
wenderson:/# mcedit /etc/bind/named.conf.local

Gostaria de uma ajuda sua se possível ou de alguém na comunidade. Desde já obrigado e tenha um bom dia.

[7] Comentário enviado por richardandrade em 31/01/2009 - 09:52h

O seu erro era no named.conf.options na opção forwarders o dele provavelmente deve ter sido parecido, ou seja, erro de configuração

valeu e abraço

[8] Comentário enviado por ranieriviana em 19/02/2009 - 14:17h

Richard,
muito obrigado mesmo pelo seu artigo, eu estava quebrando a cabeça para conseguir configurar um servidor de intranet no debian. Não tinha conseguido encontrar uma explicação tão completa, eu queria te fazer uma pergunta: no meu servidor de intranet existirão diversos domnínios, para cadastrar os outros eu preciso de um arquivo reverso para cada um? Como funciona?

Atenciosamente


Ranieri Viana

[9] Comentário enviado por richardandrade em 27/02/2009 - 11:53h

sim ranierviviana, você irá precisar de um arquivo reverso para cada um.

[10] Comentário enviado por duzangi em 31/03/2009 - 09:58h

Bom dia,
Ainda estou com duvidas sobre essa configuração de DNS... fiz o que vc passou e mesmo assim o registro.br não identifica meu servidor. Em que vc pode me ajudar

[11] Comentário enviado por doldan em 27/07/2010 - 13:51h

Boa tarde, iniciando a conf do bind.
Seguinte, com essa conf posso colocar o end que queira, www.empresa.com.br, empresa.com.br.... ou teria que ser um endereço sem o .com.br?
Desde ja muito bom o artigo, iniciando a configuração por aqui.

[12] Comentário enviado por richardandrade em 27/07/2010 - 13:57h

Desde que você registre o domínio e indique o seu servidor dns, sim.

Obrigado pelo elogio.

[13] Comentário enviado por danfmsouza em 09/09/2010 - 01:11h

Irmão parabéns pelo Tutorial, muito bem explicado e minuciado adorei a forma que tratou a configuração das zonas.. Nota 10+

[14] Comentário enviado por jeff.jno em 01/11/2011 - 09:25h



#host 10.8.0.254
#Host 254.0.8.10.in-addr.arpa not found: 2(SERVFAIL)

Como podem ver aí em cima quando eu rodo o comando da essa mensagem. Segui passo a passo o tutorial e não intendi o motivo desse erro. chequei várias vezes e todos os arquivos estão certos.
Seria alguma coisa a ver com o dono do arquivo, caminho etc...?

[15] Comentário enviado por gusttavolima em 14/11/2012 - 11:37h

no exemplo copiado nessa mensagem, na segunda linha, por exemplo @ in soa viva...br. é necessario coloca ponto final apos vivaolinux.com.br e hostmaster.vivalinux.com.br e assim nos outros abaixo e em todo tutorial?

Obrigado pela ajuda

TTL 3600
@ IN SOA vivaolinux.com.br. hostmaster.vivaolinux.com.br. (
2008111800
900
400
3600000
3600
)
@ IN NS vivaolinux.com.br.
2 IN PTR vivaolinux.com.br.
@ IN MX 10 mail.vivaolinux.com.br.
3 IN PTR mail.vivaolinux.com.br


[16] Comentário enviado por gusttavolima em 14/11/2012 - 14:45h

mais uma duvida, apos um erro igual ao postado abaixo, eu percorri toda a configuração revisando-a, e corrigi alguns erros, porem continua o erro, pode ser por excesso de espaço nas configuraçoes?


erro:
#host 192.168.1.2

Host 2.1.168.192.in-addr.arpa. not found: 3(NXDOMAIN)

obrigado desde ja


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts