Recuperando e/ou adaptando o GRUB do Sabayon Linux

Este artigo descreve como recuperar o GRUB do Sabayon, de uma maneira simples e gráfica, ou adaptar o GRUB de outra distribuição, para dar boot em Sabayon, de maneira correta.

[ Hits: 9.479 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 28/08/2013 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Adaptando o GRUB de outra distribuição



* Para restaurar o GRUB original do Sabayon, veja a página 1.

Várias distribuições têm editores e corretores gráficos de GRUB. Porém, isso não funciona no Sabayon e nas distribuições baseadas no Gentoo, porque a estrutura do GRUB e do boot é diferente.

Por exemplo, KGRUBEditor:
Não pode ser usado em Sabayon.

Por outro lado, sabe-se que quando se instala uma distribuição, o último GRUB é o que fica, o GRUB da distribuição instalada por último.

Suponha que você tenha Sabayon, e depois de instalar outra distribuição, o GRUB não funcionou para acessar o Sabayon ou ele acessou "errado", com opções que você não queria, etc.

Você pode adaptar, o GRUB da outra distribuição, para dar boot no Sabayon.

Com cuidado, este método pode ser usado por iniciantes, embora o arquivo em questão, "/etc/grub/grub.cfg" não deva ser editado:
Suponha que você instalou a outra distribuição, ela abre, mas o Sabayon não abre mais ou abre errado, diferente! Vamos ver a razão disso.

No nosso exemplo prático, a distribuição russa Calculate foi instalada e o Sabayon abria errado, com resolução diferente, funcionamento anômalo.

Como fazer

1. Dê boot na distribuição nova (no exemplo, o Calculate Xfce).

Agora, abra o gerenciador de arquivos em modo root. No Calculate Linux, é o Thunar:

gksu thunar

2. Navegue até o arquivo "/boot/grub/grub.cfg" e clique nele, com o botão direito do mouse, e escolha "Abrir" ou "Editar".

Olhe dentro do arquivo, procurando onde está o boot "do Sabayon", e verá estas linhas (ARQUIVO A):

submenu ' Gentoo Base System release 2.2' $menuentry_id_option 'osprober-gnulinux-024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896' {
menuentry 'Sabayon GNU/Linux'\'' --class sabayon --class gnu-linux --class gnu --class os $menuentry_id_option '\''gnulinux-simple-024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896 (on /dev/sda5)' --class gnu-linux --class gnu --class os $menuentry_id_option 'osprober-gnulinux-/boot/kernel-genkernel-x86_64-3.10.0-sabayon--024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896' {
insmod part_msdos
insmod reiserfs
set root='hd0,msdos5'
if [ x$feature_platform_search_hint = xy ]; then
search --no-floppy --fs-uuid --set=root --hint-bios=hd0,msdos5 --hint-efi=hd0,msdos5 --hint-baremetal=ahci0,msdos5 --hint='hd0,msdos5' 024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896
else
search --no-floppy --fs-uuid --set=root 024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896
fi
linux /boot/kernel-genkernel-x86_64-3.10.0-sabayon ro init=/linuxrc splash=silent,theme:sabayon vga=791 gfxpayload=1024x768x16 console=tty1 quiet domdadm resume=swap:UUID=42d28857-66f7-4dc4-9f5a-b0acc6d93d65
initrd /boot/initramfs-genkernel-x86_64-3.10.0-sabayon
}

Veja, seu Sabayon não inicia mais corretamente, porque o GRUB do Calculate, transformou o boot do Sabayon, num boot "Gentoo +- Genérico"!

Note a presença de "cheat-codes" modificados, como "docrypt", ausência de "nomodeset" (necessário para as ATI), ausência de mapa de teclado, etc.

3. E agora?

Se quiser continuar usando o GRUB da distribuição nova (no caso o Calculate), precisa adaptar, "colocar" as linhas de boot corretas do Sabayon nele.

O que fazer? Copie o arquivo original para protegê-lo e abra novamente o gerenciador de arquivos:

cd /
$ cd /boot/grub
$ sudo cp grub.cfg grub.cfg.copia
$ thunar


Se tiver prática, pode fazer tudo com comandos, sem gerenciador de arquivos, mas eu acho prático e mais seguro para iniciantes.

4. Usando o gerenciador de arquivos, monte a outra partição, onde está o Sabayon, e navegue até o diretório "/boot/grub" DELE.

5. Abra um terminal na pasta e abra o arquivo "grub.cfg" DO SABAYON, como root, no editor de texto. Veja na figura abaixo:
6. Procure as linhas corretas do boot principal de Sabayon (ARQUIVO B):

menuentry 'Sabayon GNU/Linux' --class sabayon --class gnu-linux --class gnu --class os
$menuentry_id_option 'gnulinux-simple-024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896' {
load_video
insmod gzio
insmod part_msdos
insmod reiserfs
set root='hd0,msdos5'
if [ x$feature_platform_search_hint = xy ]; then
search --no-floppy --fs-uuid --set=root --hint-bios=hd0,msdos5 --hint-efi=hd0,msdos5 -
-hint-baremetal=ahci0,msdos5 024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896
else
search --no-floppy --fs-uuid --set=root 024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896
fi
echo 'Loading Linux x86_64-3.10.0-sabayon ...'
linux /boot/kernel-genkernel-x86_64-3.10.0-sabayon ro init=/linuxrc
splash=silent,theme:sabayon video=vesafb:ywrap,mtrr:3 vga=791 nomodeset
gfxpayload=1024x768x16 console=tty1 quiet dokeymap keymap=br-a
resume=swap:UUID=42d28857-66f7-4dc4-9f5a-b0acc6d93d65 real_resume=UUID=42d28857-
66f7-4dc4-9f5a-b0acc6d93d65 root=UUID=024579f5-42ad-4bd1-8f0f-23da56a4c896
echo 'Loading initial ramdisk ...'
initrd /boot/initramfs-genkernel-x86_64-3.10.0-sabayon
}

7. E as copie (veja item 2, acima), NO COMEÇO do arquivo "/boot/grub/grub.cfg DO CALCULATE", ou NO LUGAR das linhas do ARQUIVO 1.

Se estiver no começo, o boot default (Calculate), será trocado pelo do Sabayon. Caso contrário, o kernel do Calculate continuará a ser o que entra, e indo para linha do Sabayon, você escolhe dar boot nele.

No meu caso, escolhi copiar no lugar, substituir, e depois também mover para o começo do arquivo. Deste modo, o boot do Sabayon é o primeiro (que entra default) e o do Calculate na segunda linha, ambos funcionando.

Com outras distribuições, que não o Calculate, ou com boot múltiplo, o procedimento é semelhante.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Recuperando o GRUB original de Sabayon
   2. Adaptando o GRUB de outra distribuição
Outros artigos deste autor

Sabayon completo, personalizado e portátil, em pendrive de boot

Emmi Linux - Uma Revisão, Primeiras Impressões e Testes

Alternativas ao Google - Sites de busca e motores de procura

openSUSE - As várias formas de atualizá-lo e de instalar pacotes

Cansou do Konsole e GNOME-Terminal? Existem outros terminais, escolha o seu!

Leitura recomendada

Configurando modems ADSL (Speedy - Velox - BrTurbo) no FeniX Extreme Linux

Remasterizando o Ubuntu

Configurando 2 (dois) links ADSL no mesmo servidor

Preparando o Debian Etch para programação Palm

Como fazer: Chroot Dosemu (Clipper no Linux)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 28/08/2013 - 16:47h

Mais um ponto pro Sabayon, Alberto.

O Ubuntu, como outras grandes distribuições, deveria seguir o exemplo para oferecer essa opção no CD/DVD de instalação também.

[2] Comentário enviado por Buckminster em 03/09/2013 - 09:25h

De tanto tu falar dele, vou acabar instalando o Sabayon.
Parabéns pelo artigo.

[3] Comentário enviado por lcavalheiro em 04/09/2013 - 13:45h

Grande artigo, Alberto. A segunda página me lembra a dor-de-cabeça que é pra fazer o Slackware ser reconhecido pelo próprio GRUB. Para quem não sabe, o Slack traz o GRUB entre os pacotes extras, mas o GRUB do Slackware não reconhece o próprio Slackware sem uma pá de gambiarras...

[4] Comentário enviado por albfneto em 20/09/2013 - 14:35h

ATUALIZAÇÃO e COMPLEMENTOS:

Atualizado em 5 de Junho de 2015:

A parte de recuperação de Boot é obsoleta.

Infelizmente, as novas versões de Sabayon não tem mais o recuperador de Grub.

PARA USAR A DICA, mesmo obsoleta e ela funcionar, baixe alguma versão antiga de Sabayon, queime o CD e guarde:

http://www.pinguimteajuda.com.br/node/282

Descobrí recentemente que em boots múltiplos e duplos, mesmo que o Grub principal não seja o do Sabayon, você pode gerá-lo com este Recuperador, e esse novo Grub de Sabayon "achará" todos os outros.

No meu exemplo prático, uma das minhas instalações tem Sabayon, Calculate Linux e OpenSUSE.

O Grub principal era o do OpenSUSE, porém houve um problema e ele se perdeu e não havia mais boot em nenhum Kernel.

Com esse recuperador, gerei um novo Grub de Sabayon na MBR, e ele "achou" o openSUSE, o Calculate e o Windows.

Está funcionando perfeitamente.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts